27 de janeiro de 2012

UM FIM DO MUNDO DO QUAL ESQUECEMOS – PREPARE-SE PARA RELEMBRAR


D
Você está preparado para muita exposição de luz?
E MODO algum queremos – e nem vamos fazer – se adiantar às ciências responsáveis por estudá-lo e o trazer ao conhecimento público mundial. Mas cabe a nós, cristãos dirigidos pelo “espírito dos deuses santos”, divulgá-lo mesmo antes dos estudos demonstrativos factuais. E isso faremos aqui. Do que estamos falando? De um fim de um mundo do qual estivemos, mesmo que de modo relativo, envolvidos, mas que, dele, nada lembramos. Não! Não estamos falando de nenhum fim do mundo do qual até mesmo as criancinhas ouviram falar, enquanto olhavam ilustrações de uma família construindo uma arca para a salvação dela. Deste fim do mundo do qual relataremos ninguém sobreviveu. Mas é através dele que encontraremos a chave que abre as portas da compreensão sobre de onde verdadeiramente viemos e quem somos nós. Você está preparado e ‘capaz de suportar’ a mais uma rajada lampejante de luz espiritual? Temos razões de sobra para crer que sois capazes! Visto que nós portamos as mesmas qualidades dos Deuses, por termos sido ‘feitos à imagem e semelhança’ Deles, estamos habilitados! - Daniel 4:8, 9, 18; joão 16:12; Gênesis 1:26.

   Assim, solicite a revista da verdade e das revelações sobre as ‘coisas’ anteriormente ‘cuidadosamente ocultas em Cristo’ e se lembre desse fim do mundo. Referimo-nos à revista A Continela – Anunciando o Reino dos Deuses Santos de fevereiro de 2012. - Colossenses 2:3.

   Garanta já a sua e livre-se das trevas espirituais de modo completos







10 comentários:

Anônimo disse...

boa tarde wandrey , como que você faz pra continuar ativo como tj da organização se você não compartilha das mesmas crenças do cg , e como você faz para ensinar a doutrina do cg no campo ou no pulpito nos discursos que proferes , e nos estudos que ministras ? por favor fala pra mim como ocorre.

estudante
-------------

Anônimo disse...

boa tarde wandrey , como que você faz pra continuar ativo como tj da organização se você não compartilha das mesmas crenças do cg , e como você faz para ensinar a doutrina do cg no campo ou no pulpito nos discursos que proferes , e nos estudos que ministras ? por favor fala pra mim como ocorre.

estudante
-------------

Wandrey Suárez disse...

basta que o irmão saiba que não é fácil, mas é possível.

Wandrey
Apóstolo para as Redes Sociais e Blogs da Internet

Anônimo disse...

Wandrey Suárez
Te conheço. Tu és desassociado. Tu e o TJ7 (que até da mesma congregação minha foi).
.
Vai negar porque não tem o que dizer. Mas tu sabe que eu te conheço. Desassociado. E mentindo para todos que é TJ.

Anônimo disse...

Diodoro de Sicília (90-21 a.C.), 45 anos antes da era cristã, escreveu grande número de livros sobre os diversos povos do mundo; em seus escritos, designa claramente a América com o nome de ilha, porque ignorava a sua extensão e configuração. Essa expressão de ilha é muitas vezes empregada por escritores da antigüidade para designarem um território qualquer. Assim vimos que Sileno chama ilhas a Europa, Ásia e África. Na narração de Diodoro, não é possível o engano quando descreve a ilha de que falamos: ‘Está distante da Líbia (ou seja, da África) muitos dias de navegação, e situada ao ocidente. Seu solo é fértil, de grande beleza e regado de rios navegáveis. Esta circunstância de rios navegáveis não se pode aplicar senão a um continente, pois nenhuma ilha do oceano tem rios navegáveis.

Diodoro continua dizendo: ‘Ali se vêem casas suntuosamente construídas; ’ ora, sabemos que a América possui belos edifícios em ruínas e da mais alta antigüidade. ‘A região montanhosa é coberta de arvoredos espessos e de árvores frutíferas de toda espécie. A caça fornece aos habitantes números de vários animais; enfim, o ar é de tal modo temperado que as frutas das árvores e outros produtos ali brotam em abundância durante quase todo o ano.’Esta pintura do país e do clima por Diodoro se refere de todo o ponto à América equatorial. Este historiador conta depois como os Fenícios descobriram aquela região:

‘Os Fenícios tinham-se feito à vela para explorarem o litoral situado além das Colunas de Hércules; e, enquanto costeavam a margem da Líbia, foram lançados por ventos violentos mui longe no oceano. Batidos pela tempestade por muitos dias abordaram enfim na ilha de que falamos. Tendo conhecimento da riqueza do solo, comunicaram sua descoberta a todo o mundo. Portanto os Tyrrhenios (outra tradução os chama de Tyrios, a mesma origem que a da cidade de Tiro do rei Hiram ou das tribos nômades Tiberenes), poderosos no mar, quiseram também mandar uma colônia; porém foram impedidos pelos Cartagineses, que receavam que um demasiado número de seus concidadãos, atraídos pelas belezas desta ilha, desertasse da praia. [8.]

O Historiador

Anônimo disse...

Esta descrição, como vemos, coincide com os relatos do que ocorreu com a frota de Cabral 2500 anos depois, desviada pelas mesmas correntes até o continente do Brasil. Na descrição mais completa do texto do historiador romano vemos com exatidão a descrição do continente americano há dois mil anos atrás:

"No mais profundo da Líbia, há uma ilha de considerável tamanho que, situada como está no oceano, se acha há vários dias de viagem à oeste da Líbia. Seu solo é fértil, pois, ainda que montanhosa conta com uma grande planície. Percorrem-na rios navegáveis que se utilizam para a irrigação, e possuem muitas plantações de árvores de todos os tipos e jardins em abundância, atravessados por correntes de água doce. Também há mansões particulares de dispendiosa construção, e nos jardins construíram-se refeitórios entre as flores. Ali passam o tempo seus habitantes durante o verão, já que a terra proporciona em abundância tudo quanto contribui para a felicidade e o luxo. A parte montanhosa da ilha está coberta de densos matagais de grande extensão e de árvores frutíferas de todas as classes, e para convidar os homens a viverem entre as montanhas há grande número de acolhedores vales e fontes. Em poucas palavras, esta ilha está bem provida de poços de água doce que não só a convertem num deleite para quem ali reside senão também para a saúde e vigor de seu corpo. Há igualmente excelente caça de animais ferozes e selvagens de todo o tipo e os habitantes, com toda essa caça para as suas festas, não carecem de nenhum luxo nem extravagância. Pois o mar que banha as costas da ilha contém uma multidão de peixes, e o caráter do oceano é tal que tem em toda sua extensão peixes em abundância, de todas as classes. Falando em geral, o clima desta ilha é tão benigno que produz grande quantidade de frutos nas árvores e todos os demais frutos da estação durante a maior parte do ano, de modo que parece que a ilha, dada sua condição excepcional, é um lugar para uma raça divina, não humana". (observação em alertar para os povos ‘GIGANTES’ citados na Bíblia e os povos Formorianos das lendas célticas tem também uma conotação de similaridade entre si)

Na antigüidade, esta ilha não estava descoberta devido à sua distância do mundo habitado, mas foi descoberta mais tarde pela seguinte razão: os fenícios comerciaram desde muito tempo com toda a Líbia, e muitos o fizeram também com a parte ocidental da Europa. E como suas aventuras resultaram exatamente de acordo com suas esperanças, acumularam uma grande fortuna e planejaram viajar além das Colunas de Hércules, para o mar que os homens chamam Oceano. E, em primeiro lugar, à saída do Estreito, junto às Colunas, fundaram uma cidade nas costas da Europa, e como a terra formava uma península chamaram à cidade Gadeira (Cádiz). Nelas construíram muitas obras adequadas à natureza da região, entre as quais se destacava um rico templo de Hércules (Melkarth), e ofereceram magníficos sacrifícios que eram conduzidos segundo o ritual fenício.

Quanto ao porte dos navios para semelhantes viagens nesta época, as trirremes fenícias em nada deviam às caravelas de 25 séculos mais tarde. Seu comprimento podia atingir de 60 a 70 metros, comportando até 180 remadores e uma tripulação de 200 a 300 soldados. Pouco se comenta do esplendor das naus gregas ou romanas, mas não se pode negar que Erik, o Vermelho, e seu filho, Leif Erikson, seguiram estes antigos passos até mesmo no estilo de seus knerrir (transatlânticos) e knorr (navios menores que comportavam as colônias), no século X d.C., vencendo mares tão perigosos como os do Atlântico Norte para atingir a Vinland, na América.


O Historiador

Apóstolo TDS disse...

Irmão Historiador, em que este texto contribui para a explicação e abordagem da postagem ou dos assuntos abordados neste blogue?

Apóstolo TDS

Anônimo disse...

Me desculpe a demora em retornar.
A questão é que o Brasil , segue uma agenda que é ditada por superiores , note a subliminaridades á sua volta ,note o que a novela das oito retrata ; a ação do exercito brasileiro ,já tentaram isto antes , lembra do período pré copa de 1950 ,pois é provável que um grande período de terrível tribulação maior do que já houve algum dia ocorra á partir de logo adiante no vindouro período de expiação , e o Brasil acredita-se seria o refúgio de reis , devido as suas terras serem destroçadas conforme a profecia bíblica , e essa parte de cá acreditam que terá uma grande parte poupada , embora haarp e chemtrails tenham sua ação comprovadas no Brasil , recentemente aconteceu onde moro uma catástrofe ambiental na qual eu com quase 35 anos nunca tinha visto , muito gelo muito gelo mesmo após um dia de terrível calor , muitos ventos carregavam tampas de caixas d'água , telhas, antenas , e tudo o mais , foi terrível , é o comentário aqui até hoje , eu moro na zona leste de são paulo , itaim paulista , mas voltando ao assunto; como já dizia Orlando Villas Boas , os indios estão estudando lá nos estados unidos para tomar o Brasil e assim foi feito , neste período pré tribulacional o Brasil está nas mãos dos Yankees que compraram esta terra com empréstimos que tiveram como garantia a Amazonia por Juscelino Kubtscheck.

Prepare-se

O Historiador

Apóstolo TDS disse...

Acho que agora consegui entender um pouco sobre o irmão, embora que sobre o que ele diz não faz sentido - não para este planeta e para esta humanidade. Irmão, tu fala da copa de 1950. O irmão estava vivo naquele tempo, logo o irmão é daquele tempo o que nos leva à conclusão certa: o irmão é um senil e por isso fala de coisas que não existe no mundo real, mas só na sua imaginação. Okay, entendi tudo.

Mas irmão, se essas coisas floreiam na sua mente senil, fica só com você mesmo. Se pelo menos fizesse algum sentido ou nexo . . .

Olha só, sobre 'assistir novelas' - das oito ou de qualquer horário. Irmão, vivo noutro mundo que os de novelas. Meu Senhor, o Cristo, ordenou-me que 'fosse pregar as boas novas em toda a terra habitada, em testemunho a todas as nações'. Um coadorador, o apóstolo Paulo, falou sobre 'comprar o tempo oportuno' para executar essa obra toda importante. Então, irmão. Acha mesmo que trocaria meu precioso tempo que 'comprei' para as boas novas em assistir novelas! Francamente, irmão. Se bem que de vez enquanto assisto "Carrocel" com meus filhos, que não a perdem por nada.

Irmão, essa de que 'yankes comprou o Brasil' só na sua cabeça senil! Pára e reflita, irmão. Controle-se e respire. Agora entre no mundo real. Leia a Palavra dos Deuses e inteire-se somente sobre o que ela diz e evite dá interpretações pessoais - muito menos interpretações pessoais senis.

Vamos lá, convido o irmão a recuperar a sanidade e retornar das loucuras capelobais. Torne-se um homem iluminado espiritualmente por ler e entender a Palavra dos Deuses - só ela. Não leia sobre 'yankes', 'amigos imaginários', 'alienígenas de varginhas' e por ai afora. Leia somente a Bíblia e, como complemento a ela e forma de 'provar os espíritos', leia também publicações que ajudam ao entendimento Delas.

Fazendo assim, tenha a certeza que ganhará minha atenção respeitosa.

Apóstolo TDS

Anônimo disse...

Obrigado pela atenção fique com os seus Deuses , me desculpe se não agradei , adeus.

Historiador