26 de dezembro de 2014

O EXEMPLO DE VIRTUDE NO REINO ANIMAL

É
Como podemos imitar as características das
serpentes e das pombas?
 INTERESSANTE que “O Primogênito de toda criação”* apontou as pombas e as serpentes como sendo dignas de imitação, dizendo: “Eis que eu vos envio como ovelhas no meio de lobos; portanto, mostrai-vos cautelosos como as serpentes,  contudo, inocentes como as pombas.” (Mat.10:16, TNM) Concernente ao tratamento hospitaleiro que deve ser dado aos merecedores#, o Deus Poderoso ¤ separou as ovelhas dos cabritos na seguinte promessa de julgamento:

   "Quando o Filho do homem chegar na sua glória, e com ele todos os anjos, então se assentará no seu trono glorioso. E diante deles serão ajuntadas todas as nações, e ele separará uns dos outros assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. E porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos à sua esquerda.
   “O rei dirá então aos à sua direita: ‘Vinde, vós os que tendes sido abençoados por meu Pai, herdai o reino preparado para vós desde a fundação do mundo. Pois fiquei com fome, e vós me destes algo para comer;  fiquei com sede, e vós me destes algo para beber. Eu era estranho, e vós me recebestes hospitaleiramente; [estava] nu, e vós me vestistes. Fiquei doente, e vós cuidastes de mim. Eu estava na prisão, e vós me visitastes.’ Então, os justos lhe responderão com as palavras: ‘Senhor, quando te vimos com fome, e te alimentamos, ou com sede, e te demos algo para beber?  Quando te vimos como estranho, e te recebemos hospitaleiramente, ou nu, e te vestimos? Quando te vimos doente, ou na prisão, e te fomos visitar?’ E o rei lhes dirá, em resposta: ‘Deveras, eu vos digo: Ao ponto que o fizestes a um dos mínimos destes meus irmãos, a mim o fizestes.’ Então dirá, por sua vez, aos à sua esquerda: ‘Afastai-vos de mim,  vós os que tendes sido amaldiçoados, para o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus anjos…'”  ̶  Mat. 25:31-46, TNM.

O CONCEITO DE VIRTUDE É FENOMENAL
   Virtude é uma qualidade moral particular e vem do grego e latim.  Virtude é a disposição de um indivíduo de praticar o bem; e não é apenas uma característica, trata-se de uma verdadeira inclinação. Virtudes são todos os hábitos constantes que levam o homem para o caminho do bem. Há de fato diferentes usos do termo que, em conjunto, estão relacionados com a força, a coragem, o poder de agir, a eficácia de um ou a integridade da mente. Virtude é um conceito que remete para a conduta do ser humano, quando existe uma adaptação perfeita entre os princípios morais e a vontade humana. Há virtudes intelectuais, que são ligadas à inteligência e as virtudes morais, que são relacionadas com o bem. A virtude intelectual consiste na capacidade de aprender com o diálogo e a reflexão em busca do verdadeiro conhecimento. A virtude moral, por sua vez, é a ação ou comportamento moral, é o hábito que é considerado bom de acordo com a ética. Virtude foi um tema bastante abordado pelo filósofo Aristóteles, que fez a diferenciação entre virtudes intelectuais e virtudes éticas (ou morais), sendo que o estado ideal é a moderação, o que se encontra no meio do defeito e do excesso.

Virtude Intelectual. Virtude intelectual é aquela que nasce e progride graças aos resultados da aprendizagem e da educação, e a virtude moral não é gerada em nós por natureza, é o resultado do hábito que nos torna capazes de praticar atos justos. Para Aristóteles, não existem virtudes inatas, todas se adquirem pela repetição dos atos, que gera o costume, e esses atos, para gerarem as virtudes, não devem desviar-se nem por falta, nem por excesso, pois a virtude consiste na justa medida, longe dos dois extremos. Segundo Platão, cada segmento da alma deve atuar de acordo com a virtude que lhe corresponde. Desta forma, a ação do homem é determinada. Em geral, na linguagem cotidiana, a virtude é usado para nomear as qualidades gerais de qualquer pessoa. No âmbito da religião cristã, as virtudes são catalogadas como virtudes teologais, teológicas ou sobrenaturais como a fé, esperança e caridade e ascardeais, ou seja, a prudência, temperança, fortaleza e justiça. De acordo com a doutrina cristã, Deus dá ao homem algumas virtudes para agir como seu Filho e para viver uma vida abundante. http://www.significados.com.br/virtude/

A VIRTUDE CONSTANTE NO PROGRAMA DE VIDA TRANSCENDENTAL
   Mohandas Karamchaud Gandhi, designado o Mahatma, é visto como obreiro da independência da Índia, preconizando e seguindo a ação baseada no principio da não-violência. Como que exaltando toda virtude que há, é referenciado como tendo dito os sete (7) perigos para a virtude humana: 1. Riqueza sem trabalho; 2. Prazer sem consciência; 3. Conhecimento sem carácter; 4. Negócios sem ética; 5. Ciência sem humanidade; 6 Religião se sacrifício e 7. Politica sem princípios. “Uma mudança em geral requer uma mudança em particular.”


   Dezoito séculos antes de Gandhi ter existido, o autor da segunda carta de Pedro, tendo autoridade para ensinar quem quer que fosse, sobre a virtude constante no programa de vida cristã (em jeito de conselho pertinente), ele escreveu o seguinte: "Benignidade imerecida e paz vos sejam aumentadas pelo conhecimento exato de Deus e de Jesus,  nosso Senhor,  visto que o seu divino poder nos tem dado gratuitamente todas as coisas que se referem à vida e à devoção piedosa,  por intermédio do conhecimento exato daquele que nos chamou pela glória e virtude. Por intermédio destas coisas ele nos tem dado gratuitamente as promessas preciosas e mui grandiosas,  para que, por intermédio delas, vos tornásseis parceiros na natureza divina,  tendo escapado da corrupção que há no mundo pela concupiscência.  ̶  2 Ped. 1:2-4 TNM.


Consequentemente, como que resumindo as implicações dos dizeres e promessas da boca do Messias, o conselho elogioso do apóstolo Pedro (á todos que se sentem tocados com o exemplo de virtude no reino animal) é o seguinte:  “Sim, por esta mesma razão, por contribuirdes em resposta todo esforço sério,  supri à vossa fé a virtude,  à [vossa] virtude, o conhecimento,  ao [vosso] conhecimento, o autodomínio, ao [vosso] autodomínio,  a perseverança, à [vossa] perseverança, a devoção piedosa,  à [vossa] devoção piedosa, a afeição fraternal, à [vossa] afeição fraternal, o amor.  Pois, se estas coisas existirem em vós e transbordarem, impedirão que sejais quer inactivos quer infrutíferos no que se refere ao conhecimento exacto de nosso Senhor Jesus Cristo. ̶  2 Ped. 1:5-8, TNM.

Em sintonia com o programa de vida transcendental, o apóstolo Paulo faz a seguinte conclusão edificante: “Por fim, irmãos, todas as coisas que são verdadeiras, todas as que são de séria preocupação, todas as que são justas, todas as que são castas,  todas as que são amáveis,  todas as coisas de que se fala bem, toda virtude que há e toda coisa louvável que há, continuai a considerar tais coisas.  As coisas que aprendestes bem como aceitastes, e ouvistes, e vistes, em conexão comigo, estas praticai; e o Deus de paz estará convosco.”  ̶  Fil. 4:8,9, TNM.

____________ 
Estes textos abaixo são da (T)radução do (N)ovo (M)undo, eis o link: http://www.jw.org/pt/publicacoes/biblia/nwt/livros/

* Col.1:15; Rev.3:14
#Mat.10:11
¤Isa.9:6
†João 1:41


E para motivo de comparação com outras traduções da Bíblia, visite os sites: http://biblia.com.br/joao-ferreira-almeida-atualizada/    http://www.abiblia.org/recursos.php?a=1a









Um comentário:

Izabel Correa disse...

"A mente intuitiva é um dom Sagrado ,e a mente racional é um servo fiel. Criamos uma sociedade que cultua o servo fiel e esquece o dom" Albert Einstein
Dentro de cada um de nós existe uma CONSCIÊNCIA profunda, colocada ali Pelo Supremo Criador. Está velada a espera que possamos desvela-la. Esse é o proposito de Deus que aprendamos a buscar nossa verdadeira Consciência e treina-la de acordo com seus princípios, que já estão gravados nela Esse é o verdadeiro presente Do Criador. Por meio dessa CONSCIÊNCIA PERFEITA E PROFUNDA, é que trazemos para fora o CONHECIMENTO profundo que esta além do domínio e do alcance do nosso intelecto. Essa é nossa natureza, a verdadeira natureza Divina, que representa o que éramos antes de vir para esse mundo, e o que seremos quando partirmos do mesmo.
E somente depois de esvaziarmos nossa alma, nossa identidade pessoal e social, é que entenderemos, pois está além de nossa compreensão humana e além de especulações e comparações.
A vontade de Deus é que possamos por nós mesmos, discernir e aceitar a nossa CONSCIÊNCIA divina e assim poder segui-la e deixar que ela seja o nosso alicerce em nossa trajetória de vida.
Temos em nossa mente muitas vozes, principalmente de religiosos, crenças etc. Mas só existe uma VOZ, verdadeira, e Ela esta dentro de cada um de nós, não em templos ou religiões. Esse é o mistério que terá que ser desvelado individualmente por casa filho de Deus. Essa é nossa responsabilidade, responsabilidade individual, cada um deve buscar a sua própria restauração. A restauração de nossos olhos para ver, e dos nossos ouvidos para ouvir, e o poder e a confiança para seguir em frente para o que é verdadeiro, expressando também o que é verdadeiro nas formas mais construtivas e benéficas , que possamos ser instrumentos para inspirar outros nessa busca maravilhosa, de se lembrarem que dentro de cada um habita uma CONSCIÊNCIA DIVINA, velada ,esperando por nós. Somente nessa esfera saberemos com certeza o quão perto nosso CRIADOR SUPREMO Tem estado perto de nós. A ESFERA DO ESPIRITO.