11 de fevereiro de 2013

O CORPO GOVERNANTE DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ ‘SOFRERÁ PERDAS’ !


“Se não formos fiéis, sofreremos perda” — A Sentinela 15dez_12, p. 12; § 16.

A
 PÓS dois anos de profetizar ininterruptos, nós, as Testemunhas de Jeová/Testemunhas dos Deuses Santos (TJ/TDS), temos notado os efeitos que esse trabalho bem dirigido tem causado. (2Sam 23:2; 2Pe 1:21) Nosso trabalho tem sido considerado fiel e discreto pelo nosso Amo, Jesus. (Mt 24:45) Por conta disso ele nos tem dado maiores responsabilidades. (Mt 25:21) Diametralmente oposto às nossas bênçãos, os do Corpo dos Governantes das Testemunhas de Jeová, têm sido levados cada vez mais para longe das verdades verdadeiramente bíblicas  Estes homens, por deixarem de ensinar as verdades puras da Bíblia e, em vez disso,  ensinarem, junto com verdades bíblicas, muitos ensinos particulares inventados por eles próprios, têm agido de modo infiel com o Amo. (Mt 24:48) A revista A Sentinela de 15 de dezembro de 2012 disse, na página 12 e parágrafo 16: “Se formos fiéis, seremos recompensados; isso é certo. Se não formos fiéis, sofreremos perda.” A quem se deve ‘ser fiel’ e por quê? Obviamente é ao nosso Senhor Jesus  e, por extensão, a todos os demais Deuses santos. São todos Eles que nos recompensará pela fidelidade! O diametralmente oposto também é verdadeiro: Se formos infiéis, eles não nos abençoarão  mas “sofreremos perda”. E como é que se pode ser infiel com nossos Amos, Jesus e todos os demais Deuses santos, e o que é que se ‘perde’ com isso?
   Jesus disse: “Quem é fiel no mínimo, é também fiel no muito, e quem é injusto no mínimo, é também injusto no muito.” (Lucas 16:10, TNM) Os do Corpo dos Governantes das Testemunhas de Jeová, por décadas à fio, têm se gabado de ter uma ‘fidelidade’ e ‘justeza’ diante dos Deuses. Ademais, há alguns dias atrás, numa reunião só entre eles e alguns gatos-pingados, decretaram que só eles é que compõem o “escravo fiel e discreto”, de Mateus 24:45. Antes disso diziam que este ‘escravo composto’ estendia-se a todos os ‘ungidos pelo espírito’ que, para eles, são apenas uns 8 mil humanos hoje vivos. Embora que tomaram essa decisão a sós, até o dado momento não avisaram aos demais “ungidos”  e nem a nós, as leigas Testemunhas de Jeová  sobre esta decisão. Só soubemos da reunião e dessa decisão usurpadora graças a um vazamento de informação através de uma ação de uns irmãos WikiLeaks.
   É claro que, para todos os do ‘restante ungido’, essa decisão constitui uma enorme perda para si em termos de prestígio diante dos demais membros da “Grande Multidão”. (João 7:49) Entretanto, no que tange aos ensinos verdadeiramente bíblicos  às verdades verdadeiramente bíblicas  tanto no “mínimo” quanto no “muito” eles têm sido infiéis.
   Muitas de suas crenças, alegadamente bíblicas, como já dissemos acima, não passam de erros religionistas prejudiciais, inventados por eles mesmos no decorrer da governança deles. Nós, as Testemunhas de Jeová/Testemunhas dos Deuses Santos, de modo corajoso e fiel aos Deuses, temos evidenciado que estas coisas são mesmo assim. (veja abaixo a lista de algumas ex-verdades cridas por estes homens mas que não passam de equívocos inventados) Por obrigarem a todos nós leigas Testemunhas de Jeová a também crermos nessas invencionices religionistas, cumpre-se hoje uma velha profecia proferida a muito tempo por Salomão: “Tenho visto tudo isto, e houve um empenho do meu coração em todo o trabalho que se tem feito sob o sol, durante o tempo em que homem tem dominado homem para seu [próprio] prejuízo.”  Eclesiastes 8:9, TNM.
As diversas categorias de luzes e a perda de força de algumas delas
   Os Deuses Jeová, são, na Bíblia, comparados ao Sol e à sua luz incandescente. Lemos assim: “Porque Jeová, os Deuses, são [o] sol.” (Salmo 84:11; Leia também Isaías 60:19) Jesus, que antes de ser um humano, era um dos grandiosos Deuses nos céus, certamente tinha a glória da luz do sol. (Isaías 9:6; João 1:18; Filipenses 2:5) Entretanto, quando ‘deixou essa condição’, mesmo que temporariamente, vindo a ser um mero humano, foi, na Bíblia, comparado à Lua e à sua luz. (Filipenses 1:5-7; Salmo 89:36, 37) Seguindo a ordem decrescente em luminosidade, ou “glória”, a quem a Bíblia apresenta como sendo as estrelas?* (Lucas 9:28-31) Embora muitos textos indiquem que nós, humanos crentes, ‘somos a luz do mundo’ e que ‘temos de deixar brilhar nossa luz’, é primariamente aos anjos que as Escrituras comparam às estrelas. Sabemos que temos de ‘brilhar como iluminadores deste mundo’, porém, os anjos já ‘brilham’ quais estrelas por eras a fio. (Mateus 5:14-16; Filipenses 2:15) Revelação (Apocalipse) 1:20 diz: “As . . . estrelas representam os anjos”. Somos também representados pelas estrelas? Sim. Vejam: “Os perspicazes raiarão como o resplendor da expansão; e os que levam muitos à justiça, como as estrelas por tempo indefinido, para todo o sempre.” (Daniel 12:3) A quem mais a Escritura nos representa?
   A Bíblia indica, também, que, como cristãos fiéis, “refletimos como espelhos a glória de Jeová”. (2 Coríntios 3:18) Sobre Jesus, nosso Senhor, ela diz: “Ele é o reflexo da [glória dos Deuses] e a representação exata do . . . próprio ser [Deles].” (Hebreus 1:3) Quais cristãos fiéis, portanto, podemos ‘refletir’, assim como o Senhor Jesus, a glória  ou luz  divinas. Sendo que é a Lua quem reflete a luz solar, é bem apropriado que a Bíblia atribua, tanto ao Senhor Jesus quanto a nós, a capacidade de refletir a luz dos ‘Grandiosos Sóis’, os Deuses supremos.# Sendo como é, quais Luas, temos de ‘refletir a glória dos Deuses’ tanto quanto o Senhor Jesus a refletiu; Temos de atingir o ‘pleno desenvolvimento na capacidade de entendimento’, ou ‘perfeição’ espiritual, para que possamos sermos ‘iluminadores do mundo’ tanto como ‘refletores' lunares como de luz própria, as estrelas. (Mateus 5:48; Filipenses 2:15) Assim como ele, também fomos feitos “Filhos dos Deuses” e herdeiros das mesmas promessas. (João 1:12; Romanos 8:16; 2 Coríntios 6:18; Efésios 1:5; 3:6; 1 João 3:1; Gálatas 3:29; 4:28) Entretanto, o que acontecerá com alguns cristãos que deixarem de ‘refletir a luz’ dos Deuses quais Luas ou que se apaguem quais estrelas moribundas, por abandonarem o conhecimento exato da verdade em troca de seus próprios conceitos do que é a verdade?
Jesus - a grande luz que veio ao mundo
   Os que deixam de ‘refletir a luz’ sofrerá perda. Assim como a Lua exibe várias de suas fases  revezando entre luz e escuridão, mas sempre tornando a refletir a luz solar  há cristãos que ‘se apagam’ completamente; Se negam a ‘reacenderem-se’. Estes, infelizmente, sofrerão perdas irreparáveis. Os do Corpo dos Governantes, como a Lua em uma de suas fases, estão em contínua e desenfreada Fase Minguante. Eles têm ‘trocado de veredas’. (Joel 2:7) Conforme podem constatar: todas as crenças apresentadas no quadro acima e que foram inventadas por estes homensΔ são crenças conflitantes com a verdade expressa na pura Palavra dos Deuses. Essas invencionices religionistas não passam de ‘trevas’ espirituais e que, por aderirem a elas, os do Corpo dos Governantes não está ‘refletindo a luz’ qual ‘Lua’ espiritual. Também, quais estrelas que esgota seu combustível nuclear, o hidrogênio, estes homens estão se apagando, deixando de imitar aquele a quem chamam de ‘Irmão’: Jesus.
Quando os “luzeiros” deixam de iluminar
   A Bíblia, portanto, compara os cristãos a “luzeiros” celestiais que servem quais ‘iluminadores da terra’. (Gênesis 1:15) Ela também mostra o que acontece quando cristãos deixam de iluminar. O caminho dos sem-luz são puras “trevas” e nem mesmo sabem “em que têm tropeçado”. (Provérbios 4:19) Diferentemente deles, no entanto, “a vereda dos justos é como a luz clara que clareia mais e mais até o dia estar firmemente estabelecido”. (Provérbios 4:14-18) Torna-se óbvio que os que preferem as trevas sofrerão perdas irreparáveis. Sobre os que deviam deixar brilhar ininterruptamente sua luz, mas não o fazem, Jesus profetizou: “Imediatamente após a tribulação daqueles dias o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu, e os poderes celestes serão abalados”. (Mateus 24:29, NVI) O que o Mestre queria transmitir com estas palavras proféticas? Ora, quem é o “Sol”; quem é a “Lua” e quem são as “estrelas” aqui? O que é a “tribulação” e quando seria o “depois daqueles dias”? O que são os “poderes dos céus”, que seriam “abalados” e por quê?
   O profeta Isaías já havia dito algo parecido, quando profetizou: “Pois as próprias estrelas dos céus e suas constelações de Quesil não deixarão brilhar a sua luz; o sol realmente escurecerá na sua saída e a própria lua não deixará resplandecer a sua luz.” (Isaías 13:10) Embora parecidas, note a sutil mudança de natureza em ambas as profecias. Ao passo que Isaías afirmou que ‘as estrelas não deixariam brilhar a luz’, Jesus indicou que elas ‘cairiam dos céus’ e que os poderes destes céus ‘seriam abalados’. Enquanto que Isaías indicava que, com a vinda da destruição de Jerusalém pelos Babilônios, os portadores de luz da época ‘não mais profetizariam com a aproximação da destruição’, pois os próprios Deuses não ‘raiariam’ sobre os refletores da luz, Jesus profetizou contra as estrelas ‘rebeldes’. Ele disse que elas ‘cairiam do céu’! Sobre a destruição de Jerusalém pelos babilônios, portanto, sobreviria “escuridão, e não luz” exatamente pelo fato de que o “Sol” deixaria de raiar. Já acerca da “tribulação” à nossa frente, conforme profetizado pelo Senhor Jesus, ‘as estrelas cairiam do céu’ por ter deixado de “[brilhar] como iluminadores do mundo”. Estas estrelas, portanto, estariam sendo abandonadas e jogadas para baixo por ser estrelas imprestáveis. A suposta posição de "únicos ungidos"  e "únicos 'Filhos dos Deuses'"  os "céus" destes homens afoitos  serão abalados.
   Quem seriam as estrelas que ‘cairiam dos céus’? Jesus indicou que, em sua recém-formada congregação, não deveria existir líderes ou governantes sobre os demais crentes  cristãos que agiriam como superiores; como se estivessem acima dos demais. Ele disse: “Sabeis que os governantes das nações dominam sobre elas e que os grandes homens exercem autoridade sobre elas. Não é assim entre vós; mas, quem quiser tornar-se grande entre vós tem de ser o vosso ministro, e quem quiser ser o primeiro entre vós tem de ser o vosso escravo. Assim como o Filho do homem não veio para que se lhe ministrasse, mas para ministrar e dar a sua alma como resgate em troca de muitos.” (Mateus 20:25-28) Jesus nunca concordou com a existência e manutenção de homens governando, ou exercendo autoridade, sobre os demais crentes. Assim, serão estes homens que ‘cairão dos céus’ logo que a ‘tribulação daqueles dias’ à frente lhes sobrevier. Será o julgamento dos Deuses ‘principiando pela própria casa Deles’ — 1 Pedro 4:17.
As “estrelas desgovernadas” arrepender-se-ão?
   Todas as “estrelas desgovernadas” (“errantes”, NVI; “sem rumo fixo”, TNM) estão sendo hoje convidadas a se arrependerem e voltarem a deixar brilhar a luz, por ensinar somente a verdade, abandonando as falsidades religionistas. (Judas 13) Será que eles acatarão os avisos e reacenderão o ‘amor que tinham no princípio’, conforme dados por nós, Testemunhas dos Deuses Santos? (Revelação [Apocalipse] 2:4) Que cada cristão, de suas respectivas religiões cristãs, possam dá o devido aviso aos líderes estelares que lhes governam. Quanto aos do Corpo dos Governantes; os líderes estelares de minha própria religião, têm recebido os devidos avisos. Temos notado que eles têm uma forma meio que esquisita de se manifestar. Ocorre que, enquanto declararam recentemente, às portas-fechada, que só eles é que são o “Escravo Fiel e Discreto” de Mateus 24:45, publicaram um estudo inteiro indicando que todos nós, Testemunhas de Jeová leigas, compomos o “Mordomo fiel, o Discreto”, de Lucas 12:42. (Veja o artigo “Você é um mordomo de confiança!” em A Sentinela de 15dez_12 p. 9) Acontece que o que disse Lucas é o paralelo do que disse Mateus em seu evangelho. Isto é: o “escravo fiel e discreto” é o mesmo que o “mordomo fiel, o discreto”, conforme descrito por Lucas. Como explicar esse paradoxo, que, uma vez que os do Corpo dos Governantes se apossam do título “Escravo Fiel e Discreto”, promovem os da “Grande Multidão” de cristãos leigos à função de “Mordomos”?
As estrelas 'sem rumo
fixo cairão para a terra'
   As motivações desta declaração são dúplices. De acordo com o espírito, aqueles homens maus estão querendo dá o famoso jeitinho deles para que possam, futuramente e discretamente, se harmonizarem com as Escrituras da verdade. Num outro estudo, daqui a uns cinco anos, dirão: “as Escrituras parecem indicar que os das outras ovelhas fazem um trabalho bem próximo de um ‘escravo fiel e discreto’ . . .” e, depois de uns 15 anos: “pensava-se antes que só alguns compunham o composto grupo do ‘escravo fiel e discreto’, mas que, não é de agora, vê-se o quão correto é chamar também os da ‘grande multidão’ de queridos e amados irmãos, de ‘escravos fiéis e discretos’.” Finalmente, depois de uns 25 anos, dirão: Jeová tem nos agraciado com muita perspicácia espiritual. Todos nós, da classe dos ungidos ou não, somos felizes de Jeová nos considerar seu ‘escravo fiel e discreto (Mateus 24:45)”. É assim que, sutilmente, agem os do Corpo dos Governantes no decorrer dos tempos quando ‘dão uma impressão de bonzinhos’. A verdade será plenamente revelada. Caso não se arrependam plenamente enquanto podem, sofrerão perdas permanentes ao “[caírem] para a terra, como quando a figueira, sacudida por forte vento, deixa cair os seus figos verdes”. — Revelação 6:13, TNM.

 ___________
 * Embora saibamos hoje que as estrelas são muito maiores em glória do que nossa Lua – e, dependendo da estrela, muito maior que a luz do nosso Sol, a Bíblia, que nada sabia de astronomia, atribui maior glória à luz da Lua do que todas as estrelas. Concordemente, os escritores das Escrituras nada sabiam do que hoje se sabe — mesmo tendo estado sob inspiração divinas ao elaborarem seus textos.       
# Após seu retorno aos domínios celestes, o ressuscitado Senhor Jesus voltou à sua condição de um dos Deuses e, como prêmio por sua fidelidade, ‘ganhou um nome que está acima de todos os nomes’  mesmo sobre os anjos mais grandiosos. Ele fora condecorado, inclusive, com o nome/título dos Deuses Supremos. Sim, Jesus é hoje um dos Deuses Jeová! — Mateus 28:18; Efésios 1:19-23; Filipenses 2:5-11; Revelação (Apocalipse) 3:12. 

209 comentários:

1 – 200 de 209   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

Solange disse :

Gostaria de perguntar-lhes algo escrutinador , referente á sacrifícios á Moloque.
Como O FILHO disse que se soubessem o que significa misericórdia quero e não sacrifício , não teriam condenado os inocentes.
Respondam-me:

Quem aqui se deixaria morrer , ou deixaria seus filhos morrerem devido a negar-se á receber sangue?

Sabemos que o uso de sangue é arriscado , e devemos pocurar as melhores opções , mas no caso de se sacrificar em prol deste entendimento ultimamente cheira a ocultismo....
Qual a opinião de vocês?

Abraços ,

Solange

Anônimo disse...

Solange disse :

Visto que o livro de Enoque foi preservado em etíope, seria lógico
pensar que o eunuco etíope , amigo de felipe tenha levado a verdade para aquele lugar ?
felipe nunca mais foi visto não é mesmo ?

O livro de Enoque foi caçado e destruído e apenas algumas pessoas guardaram esta reliquia?

Me desculpe o mal jeito , é que sou leiga.

Solange

Anônimo disse...

Solange disse:

O que significa a interrogação sobre o que a bíblia diz sobre 1914 ?

Solange

Apóstolo TDS disse...

Irmã Solange:

"Quem aqui se deixaria morrer , ou deixaria seus filhos morrerem devido a negar-se á receber sangue?"

Irmã, aparentemente a exortação do apóstolo era no sentido de não darem 'razão para falatórios'. Ou seja: os crentes judeus já por milênios liam a Lei de Moisés e, ali nas ordenanças dele, consta que os israelitas não deviam, em hipótese alguma, comer, ou se alimentar de sangue de animais. Se os cristãos fizessem isso, estariam dando brecha para a existência de 'pedras de tropeço' e, desta forma, os judeus ficariam receosos de 'se voltarem para os Deuses' por se tornarem cristãos. Os apóstolo queriam que os judeus pudessem 'se arrepender' e, para que isso fosse possível, no que fosse possível, não 'pusessem diante deles uma pedra de tropeço' desta sorte, isto é: comer sangue nas refeições. Os cristãos, estando agora debaixo da 'lei dum povo livre', não precisariam mais observar muitas das coisas da Lei antiga, que 'consiste em decretos e mandamentos escravizadores'. Mas, para atrair os judeus à verdade, Paulo deu a seguinte exortação:

'Escrevo-vos [para que] que se abstenham das coisas poluídas por ídolos, e da fornicação, e do estrangulado, e do sangue. Pois, desde os tempos antigos, [a Lei de] Moisés tem tido em cidade após cidade os que o pregam, porque ele [Moisés, isto é: sua Lei] está sendo lido em voz alta nas sinagogas, cada sábado."

Percebeu, irmã Solange? A Lei de Moisés era lida diariamente e o povo estava familiarizado com os decretos ali constante. Entre estes, as leis concernentes ao sangue e seu manuseio. Então, caso os cristãos, que eram livres para comer sangue, fossem observados fazendo isso, causariam que os judeus se afastassem deles. As 'portas do reino', portanto, seriam fechadas para estas pessoas pelo 'mau uso do sangue'.

Observou que, junto com essa questão, a do sangue, o apóstolo também mencionou outras coisas? "Coisas poluídas por ídolos"; "fornicação" e o animal "estrangulado". Sobre as 'coisas poluídas por ídolos', ou seja; animais que haviam sido mortos e oferecidos a ídolos mas que, depois destas coisas, eram vendidos para consumo, Paulo comia isso sem nenhuma dor de consciência - ele era um cristão livre. - Leia sobre isso em A Continela de dezembro, página 9 (clique no símbolo: ctP12_dez12)

Acerca da "fornicação", gostaria que a irmã pudesse ler um artigo novo acerca da palavra e conceito bíblico mais correto, dado pelo "espírito dos Deuses santos" a um profeta de nome Eduardo Júnior. (Clique aqui)

Já sobre o animal "estrangulado", cai na mesma coisa de comer o sangue ou de animal oferecido. Um animal estrangulado é aquele animal que foi abatido para consumo, porém não lhe deixaram o sangue escorrer. O sangue do animal, portanto, está na carne do animal - não escorreu 'para a terra', como indica a Lei de Moisés. Os cristãos deviam observar todas estas regrinhas para não 'dá margem ao diabo', por assim dizer, causando 'tropeço aos que se achegavam' ao cristianismo.

Agora, acerca da crença atual dos do Corpo dos Governantes, sobre estender a questão do sangue aos procedimentos médicos modernos - às transfusões de sangue - tenha essa 'lei' como apenas uma 'compreensão particular' e não como um mandado cristão. Fica, portanto, à sua escolha evitar ou aceitar tais procedimentos. Leve em conta os prós e contra esse tratamento. Porém, tenha a mais plena certeza: não é uma lei divinas. Um cristão que se submeter à uma transfusão de sangue num hospital, jamais está 'violando a lei dos Deuses' como aqueles governantes das mentes querem que se entenda.

Espero ter ajudado

Apóstolo TDS

Apóstolo TDS disse...

Ops, o link do artigo do irmão profeta Eduardo Júnior não foi. Vai aqui:

http://porquenaocreio.blogspot.com.br/2011/11/sexo-testemunhas-jeova.html

Apóstolo TDS

Apóstolo TDS disse...

"Visto que o livro de Enoque foi preservado em etíope, seria lógico
pensar que o eunuco etíope , amigo de felipe tenha levado a verdade para aquele lugar ?
felipe nunca mais foi visto não é mesmo ?

O livro de Enoque foi caçado e destruído e apenas algumas pessoas guardaram esta reliquia?

Me desculpe o mal jeito , é que sou leiga."


Uma observação muito perspicaz, irmã Solange. Irmãos, devemos levar essa observação em conta. Sabemos que o livro de Enoque era lido entre os apóstolos e que, alguns deles, citaram livremente trechos do Livro de Enoque. Sendo que o livro foi integralmente preservado na língua etíope, é correto pensar que algum crente etíope o tenha levado ao seu país e o divulgado muito por lá.

Acredito que possa ter sido esse cristão que Filipe batizou. ele tinha acesso ao livro de Isaías, por que não ao de Enoque?

Até que apareça opção melhor, esta fica sendo a verdade. Parabéns, irmã Solange, por ter tido parte em desvendar as verdades que os homens que querem nos 'governar para o nosso e deles prejuízo' não estão dispostos a fazer.

Apóstolo TDS

Apóstolo TDS disse...

"O que significa a interrogação sobre o que a bíblia diz sobre 1914?"

Irmã, embora que um de nossos irmãos TDS, o irmão Paulo vicentini, tenha discorrido alguns textos no sentido de desacreditar a data de 1914, ainda não se pode dizer que o que o irmão descobriu é mesmo seguro. Assim, a data dada pelos do Corpo dos Governantes, 1914, ainda constitui uma mistério a ser bem pesquisado. Sendo assim, não sejamos dogmáticos quanto a se ela é ou não bíblica.

Acredito que, não muito tempo depois daqui, o espírito dará toda a verdade acerca desta data e, então, a verdade brilhará tão claramente como o sol em toda sua potência.

Apóstolo TDS

Anônimo disse...

Solange disse :
Oi amigos irmãos,
Atos dos Apóstolos 1:7 , já não é o bastante para corromper a misteriosa , piramidal e adventista data de 1914, na humildade perguntando ?

Solange

Apóstolo TDS disse...

Irmã Solange.

Aparentemente o texto de Atos 1:7 já responde tudo: "Disse-lhes [Jesus]: 'Não vos cabe obter conhecimento dos tempos ou das épocas que os Pais têm colocado sob própria jurisdição deles." Ao lermos este texto ficamos pensativos sobre várias datas dadas, não só pelos do Corpo dos Governantes, mas por vários outros pastores ou líderes religiosos. Porém, atente para o seguinte texto:

"No primeiro ano de Dario, filho de Assuero, da descendência dos medos, que fora constituído rei sobre o reino dos caldeus, no primeiro ano do seu reinado, eu, Daniel, compreendi pelos livros o número de anos a respeito dos quais viera a haver a palavra de Jeová para Jeremias, o profeta, para se cumprirem as devastações de Jerusalém, a saber, setenta anos. E passei a pôr a minha face para Jeová, os verdadeiros Deuses, para os procurar com oração e com rogos, com jejum e com serapilheira e cinzas. E comecei a orar a Jeová, meus Deuses, e a fazer confissão." - Daniel 9:1-4.

Observou, irmã Solange. Embora que 'os tempos e as épocas pertencem somente aos Deuses', Daniel, por pesquisar as Escrituras, pode compreender certos eventos na corrente do tempo e isso lhe beneficiou em muito. Ademais, a irmã sabe acerca dos judeus do tempo do nascimento do Cristo aqui na terra, de como o povo já o aguardava? Aqueles judeus haviam discernido, através das mesmas Escrituras, que era 'chegada a hora da vinda do Messias'. Essa fora a razão de os sacerdotes terem ido até João Batista, indagar 'se ele era o Cristo'. João 1:19-28.

Acontece que, mesmo que as datas e certos eventos não nos cabe saber direito, podemos, através de do estudo pessoal das Escrituras e nos deixando mover pelo espírito, entender e obter a compreensão dos eventos e das datas. No caso de 1914, por décadas os do Corpo dos Governantes das Testemunhas de Jeová, têm dito que seus cálculos levam a este ano como fundamental no cumprimento de profecias bíblicas. Porém, bem recente, um irmão ungido, o profeta Paulo Vicentini, discursou acerca destas coisas e viu falhas na datação. No entanto, nem todos nós, TDS, concluímos que o estudo do irmão esteja 100% livre de erros, motivo que nos leva a tratar o assunto com mais cautela. Acreditamos que tão logo o espírito dará o verdadeiro entendimento acerca destas coisas.

Até lá, continuaremos com uma interrogação nas nossas mentes.

Apóstolo TDS

Ednilson Sacramento Silva disse...

1 - A "VERDADE" MUDA COM O TEMPO??
2 - DE ACORDO COM A QUANTIDADE E A QUALIDADE DA "INFORMAÇÃO" RECEBIDA, "A PESSOA" PASSA A VER A "VERDADE" COM DIFERENTES OLHOS??
3 - QUEM NÃO TEM CERTAS INFORMAÇÕES INERENTES ÀQUELA VERDADE, AINDA CONSEGUE VER E DEFENDER UMA "VERDADE"??
4 - O QUE É ESTA VERDADE QUE ELE TANTO DEFENDE??
5 - TRATA-SE DE UMA "VERDADE INCOMPLETA" OU DE UMA "MENTIRA"??
6 - FALAR "MENTIRA" É UM PECADO, NÃO É??
7 - QUEM FALA MENTIRA É UM INÍQUO, NÃO É??
++++++++++++++

Os saduceus eram estudiosos das "Escrituras". Em face de um círculo vicioso para eles, e que nenhum dos outros estudiosos da "Escrituras" conseguiam romper, eles afirmavam não acreditar em uma ressurreição global (de toda a nação de Israel, pois os incircuncisos, sendo iníquos, não seriam ressuscitados).

O que faltava a estes homens para poderem acreditar na ressurreição??

Faltava uma "informação".
Todos os humanos careciam desta "informação".

Poderia esta informação vir de qualquer lugar??

Óbvio que não.

QUEM É QUE ESTABELE AS REGRAS??
QUEM TEM AS VERDADEIRAS INFORMAÇÕES??
QUEM SÃO OS IGNORANTES (que não sabem as regras ou que não entende as regras)??

Ednilson Sacramento Silva disse...

SER "LUZ" - QUEM DEVERIA SER "LUZ"?? PARA QUEM ESTES SERIAM "LUZ"??
ATRAVÉS DE QUE SERIAM IDENTIFICADOS COMO "LUZ"??

Jesus afirmou para TODOS os seus ouvintes no sermão do monte:

Assim verte a Tradução Almeida – (Mateus 5:14-16) 14 VÓS SOIS A LUZ DO MUNDO. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte; 15 nem os que acendem uma candeia a colocam debaixo do alqueire, mas no velador, e assim ilumina a todos que estão na casa. 16 Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.

Os demais humanos deveriam ver tais pessoas como "luz".

Eu vejo a Jesus como "Luz".
Em face "de que" eu vejo Jesus como "Luz"??
As obras (ações) de Jesus eram 100% diferentes das ações dos demais homens.

Foi previsto em relação a Jesus:
(Mateus 12:18-21) 18 “Eis o meu servo a quem tenho escolhido, meu amado, a quem a minha alma tem aprovado! Porei sobre ele o meu espírito e ele esclarecerá às nações O QUE É JUSTIÇA. 19 Não altercará, nem gritará, nem ouvirá alguém a sua voz nas ruas largas. 20 Não esmagará nenhuma cana machucada, tampouco extinguirá qualquer mecha fumegante, até enviar a justiça com bom êxito. 21 Deveras, em seu nome esperarão as nações.”

O QUE DEVERIAM FAZER OS DISCÍPULOS DA LUZ??

Deviam agir exatamente iguais à Luz.

As ações do dia a dia destes discípulos da "Luz" deviam ser idênticas às ações da "Luz".

Jesus falou em serem reconhecidos através de ações: "para que vejam as vossas boas obras".

Que espécie de obras deviam ser?
Jesus falou em obras que gerassem admiração: "para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus".

As obras praticadas por Jesus, obras da luz, foram rejeitadas como obras da luz para aquele sistema composto de sacerdotes, estudiosos das "Escrituras" e seguidores.
Apenas um pegueno grupo dava glória a Deus em face das obras realizadas por Jesus.

Os sacerdotes, os estudiosos e os seguidores condenavam as obras de perdão praticadas por Jesus, pois segundo eles, eram costumes diferentes dos costumes dados por Moisés.

No entanto, um grupo de samaritanos deu glória a Deus.

ExatoVerdade disse...

Olá,
A Solange disse que havia uma "discussão" sobre 1914 aqui...

Bom, "está escrito em sua própria Lei":

Jesus , após ressureição, se tornou um dos Deuses Jeová

Não percebeis ainda e não compreendeis o significado? Estão os vossos corações obtusos no entendimento? (Marcos 8:17)

Quando Jah disse ao seu Filho Amado, "Senta aqui no meu TRONO", Jah OFICIALIZOU Jesus como REI REINANTE do Reino do Céu (Entronizado - sentado no TRONO) - (Atos 2:33-36, Revelação 3:21, Lucas 22:69, Efésios 1:20-21, Filipenses 2:9-11, 1 Pedro 3:22 )

Rev 3:21 eu venci e me assentei com o meu Pai no seu trono.

Esse foi um "Ato Solene" que evidenciou que Jah fez de Jesus: Senhor - com "S"

"Jesus , após ressureição, se tornou um dos Deuses Jeová"

O próprio Jah, ao assentar o Seu Filho "nas maiores alturas" confirmou que Jesus não é mentiroso:

João 16:15 Todas as coisas que meu Pai tem [O REINO DOS céus] são minhas.

João 17:10
10 e todas as minhas coisas são tuas e as tuas são minhas, e eu tenho sido glorificado entre eles.

Realmente, não é entre todos que Jesus Cristo "tem sido" glorificado... apenas "entre eles" - suas ovelhas...

Em meu blog há vários detalhes das inconsistências do dogma de 1914,recomendo que (re)leiam com atenção.... apenas , com todo respeito, passe unguento para os olhos..para que vejas...(Rev 3:18)

Abs
Paulo
As inconsistências de 1914

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Paulo, como estás?? Percebo que deves estar bem de saúde?? Continuas cumprimentando e amando àqueles que te desprezam e que te expulsaram da "sinagoga"??
Se continuas, estás obedecendo ao nosso Mestre.

POr favor reponda a estas perguntas:

PARA SER REI JESUS PRECISOU SENTAR-SE EM UM TRONO??

ELE JÁ ERA UM REI DESDE O MOMENTO EM QUE FOI UNGIDO, ou não??
QUANDO ELE FOI UNGIDO?? Ano 29 EC não foi??

"O espírito do Senhor Jeová está sobre mim. Ele me ungiu".......

Neste momento ele já era rei ou ainda não era rei??

A pessoa pode não ver Jesus como seu Senhor, não pode??

Ter a Jesus como "Senhor" não é uma ação individual promovida pelo livre-arbítrio??

Haverá imposição para se ter a Jesus como "Senhor"??

Quando haverá tal IMPOSIÇÃO??

"Rev 3:21 eu venci e me assentei com o meu Pai no seu trono."

Esta informação foi dada por Jesus para quem??
Quando foi dada esta informação??

Jesus estava enviando informações para as congregações, não estava???

Estas coisas diz aquele que assentou-se no trono...... (passado)

Ou será que a informação foi: Estas coisas diz aquele que se assentará no trono??? (futuro)

"O tempo de verbo indica uma ação já acontecida em relação ao momento em que Jesus dava esta informação para João repassar para as congregações......

O irmão já havia levado este pequeno detalhe em consideração??????

ExatoVerdade disse...

Olá, estou bem - obrigado, amando amigos e amando inimigos (que é fundamental)...cumprimentando amigos e cumprimentando inimigos...afinal de contas, andemos como "vivos" dentre os "demais mortos que não passaram a viver" (Rev 20:5, João 5:24)
Jesus: É Rei desde 29 EC e esse Rei Vivo passou a ocupar o Seu Trono, pois foi o Pai que o mandou Sentar à Destra!!! (Atos 2:33-36)

Col 3:1 Deus ressuscitou o Cristo e o assentou a sua Destra...
onde o Cristo está sentado à direita de Deus.

Digo em toda verdade: Da mesma foram que não foi Moisés que vos deu "o pão do céu", tampouco Salomão sentou-se no trono de Jeová - no Verdadeiro- no Céu:

1Cronicas 29:23 E Salomão começou a sentar-se no trono de Jeová como rei em lugar de Davi,

Lucas 22: 69 No entanto, doravante o Filho do homem estará sentado à destra poderosa de Deus.”

E Jesus Cristo começou a sentar-se no trono de Jeová como rei em lugar de Davi - No VErdadeiro TRONO - No céu. (Mateus 5:34)

É óbvio que ele fez isso antes de se Revelar à João (Rev 3:21), quer dizer , Jesus sentou no trono à Destra de Jah nos céus antes de ~ 90 a.D

E é óbvio que Jesus sentou no trono ( foi entronizado) Antes de 1914 a.D

E é óbvio que qualquer "israelita de verdade" reconhece o Senhor Rei, Filho de Deus: Jesus Cristo, mesmo antes dele sentar no trono celestial!!!

João 1:.” 49 Natanael respondeu-lhe: “Rabi, tu és o Filho de Deus,+ tu és Rei de Israel.”

Basta que sejamos "Israelitas de Verdade" - Romanos 2:28.29

Ednilson Sacramento Silva disse...

Amado irmão Paulo --

Veja as palavras de Jesus segundo a versão paulus:

(Apocalipse 3:31-22) 21 Ao vencedor, darei um prêmio: vai sentar-se comigo no meu trono, como também eu venci, e ESTOU SENTADO com meu Pai no trono dele. 22 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.»


O ano 96 EC foi o provável ano de conclusão da escrita deste livro.
Neste ano Jesus já estava sentado no trono com o Pai.

A visão foi dada a João um pouco antes deste ano.

Neste ano Jesus afirmou: Estou sentado no trono junto com meu Pai.

Ou ainda, como verte a Tradução do Novo Mundo:
"Rev 3:21 eu venci e me assentei com o meu Pai no seu trono."

Ora, isto está muito longe de 1914, não está????

Jesus sentou-se no trono antes de João começar a receber a visão.

Aqueles que apontam o ano de 1914 como o ano em que Jesus foi entronizado qual rei precisam explicar-se, não é verdade??

Afinal, são mais de 1800 anos de diferença.

Ele já havia recebido "autoridade" e já agia qual rei mesmo quando estava humano no ano de 33 EC.
Ele "venceu" no ano 33 EC.

Assim, entre 33 EC e 96 EC Jesus foi convidado a sentar-se e sentou-se no trono do Seu Pai, estando junto com Ele.

Anônimo disse...

Oi !
Who knows english is invited to read here:

http://reslight.net/forum/index.php/topic,862.0.html

Saludos !

Anônimo2 disse...

Realmente,que assunto intrigante!
Não contesto quem tem dúvidas sobre isso,como o tds se expressou, é seu direito e eu o respeito.
No entanto,vejo o inexato usando expressoões tipo:"vocês ESTÃO OBTUSOS"(Querendo dizer:igual as testemunhas de Jeová)
Ou: "Não é entre todos que Jesus tem sido glorificado..somente entre eles,as ovelhas.(Querendo dizer que as testemunhas não receberam esse exclarecimento,pois não são das ovelhas de Jesus e por isso não entendem)

De modo que mais uma vez irei expor aqui que o único exato verdade é Jesus e que falar ou se expressar "como jesus se expressava" e assumir um ar superior apenas leva a humilhações.
"pois quem se enaltecer será humilhado",é o que diz a bíblia.

"VEJAM O QUE ELE DIZ: "QUANDO JAH DISSE A JESUS:-SENTA AQUI NO MEU TRONO. ELE "OFICIALIZOU" O REINADO DE JESUS"

Resposta: Ensino inexato!

Essa bobagem contradiz o que disse Daniel.

(vamos ver se as testemunhas são realmente obtusas no entendimento das escrituras,como tenta parecer mister inexatoinverdade)

ExatoVerdade disse...

A2, bom dia
Primeiramente note que eu nunca disse que eu sou o Exato Verdade (Algumas pessoas decidiram me chamar disso).
Eu sempre me identifiquei pelo meu nome: Paulo Vicentini. Qual o Seu nome?

ExatoVerdade é o nome do meu site, e nesse site, está escrito em letras garrafais :

Em busca do conhecimento Exato da Verdade

Assim, note que estou em busca de Jesus Cristo, uma vez que ele não se encontra entre as Testemunhas da Watchtower (percebe-se isso pelos frutos que se produz nos associados dessa organização religiosa que, deveras, não difere das demais)

Pra entender a verdade , precisamos ter olhos desvelados, na minha experiência de unção inclusive meus olhos se velaram contra a minha vontade e depois se abriram enquanto "ouvia o som dele, mas não sabia donde vinha e para onde ia." (João 3:8)

É por isso que todos "tendes de nascer de novo". Para retirar o véu.

Quanto ao Rei Celestial que recebeu um reino para que todos os grupo nacionais o servissem...isso se tem dados...

Acompanhe o que tenho escrito aqui:

E foi lhe dado um reino...para que grupos nacionais o servissem

Anônimo2 disse...

Um site com a nomenclatura "EXATO VERDADE" diz o que sobre a única pessoa que tem domínio sobre esse site?
Se o meu site se chama "ex testemunha de jeová'
O que eu estou dizendo?

"se a bíblia diz:"mostarei ser o que eu mostRar ser"

O que lhe vem à mente quando lê o nome: "Jeová"?

É sua identificação e pronto,você,o Paulo,É O EXATO VERDADE",ou será que seu site tem raciocínio próprio,sentimentos negativos e altivos? será que ele fala por si mesmo,é um ser à parte de ti?Mas que raciocínio enganoso esse seu!
VOCÊ TEM UM CRACHÁ QUE DIZ: EXATO DA VERDADE.
É COM ESTE CRACHÁ QUE VOCÊ ENTRA NOS SITES PARA COMENTAR.
É um nome altivo e hipocrita para alguém que diz ser errado a nomenclatura "corpo governante",mesmo que tais homens assinem suas identidades com outros nomes.

Gostaria ressaltar aqui que você diz sobre "os frutos" produzidos por nós,no entanto,em pouqíssimas,muito poucas mesmas,coisas escritas por ti você fala sobre qualidades divinas a não ser quando o quesito "conhecimento exato",conhecimento exato no caso é o que você escreve,traz algo a respeito.

Ao passo que você se preocupa apenas em ensinar isso nós nos preocupamos muito mais do que isso.
De modo que,visto que você não menciona os tais "frutos ruins",irei considerar como mais um comentário recalcado de sua parte.mesmo porque,sua opinião sobre nós não interessa.A questão aqui é que:o ensino 1914 não tem base.

De modo que mais uma vez você não respondeu sobre que base você diz que o convite de Jeová para Jesus se assentar ao seu lado é uma "oficialização" da entronização de cristo.

Não indique sites e nem links,você fala excessivamente e enrola muito e é muito repetitivo.Sejamos simples e claros,usemos a bíblia,só nós dois.
A verdade não precisa dessa enrolação toda.

Além da pergunta acima que aguardo sua resposta,
medite na visão que estevão teve do ressucitado Jesus:

Atos 7:49 e 55-"O céu é o meu trono..mas ele,cheio de espírito santo,fitou os olhos nos céus(o trono de Deus)e avistou a glória de Deus e Jesus em pé,à direita de Deus,e disse: "Eis que observo o céu aberto e o filho do homem em pé à direita de Deus." Já que os céus se "abriram" para você também responda-nos de que modo Jesus se sentou no mesmo trono que Jeová-"se assentou no trono de Deus". duas pessoas não podem ocupar um mesmo lugar,concorda?

Eu estou lhe mostrando a verdade de um modo simples e objetivo,sem raciocínio humano e estou apenas começando.
então vamos lá,avante,sr exatoverdade,aquele que não é obtuso no entendimento das escrituras em separação dos demais que o são!

ExatoVerdade disse...

Sim, um site com os dizeres: "Em busca do conhecimento Exato da Verdade".

Quanto à minha identidade, jamais escondi o meu nome, Paulo Vicentini, desde o primeiro dia que o site entrou no ar
E essa foi uma das causas que a "amorosa organização" demolidora da liberdade de raciocínio e expressão me expulsou dentre os seus suprimidos ativistas associados.

Quanto ao tema: Jesus é Rei.
Bom, de fato, a história apenas se repete:

João 19:12 Por esta razão, Pilatos procurava um modo de livrá-lo. Mas os judeus gritavam, dizendo: “Se livrares este [homem], não és amigo de César. Todo homem que se faz rei fala contra César.”

Qualquer um que admitir publicamente sem rodeios que Jesus é o Rei Celestial desde que ele sentou no trono de Seu Pai, tal pessoa sofrerá preconceito e expulsão da sinagoga:

É analogo:

Mas os testemunhas de Jeová gritavam, dizendo: “Se não expulsardes este [homem], não és amigo de César [Corpo Governante]. Todo homem que diz que Jesus é o Rei Celestial antes de 1914 fala contra César [ o Corpo Governante].”

Atos 17:7(b) E todos estes [homens] agem em oposição aos decretos de César [Corpo Governante], dizendo que há outro rei, Jesus.” (sim Jesus é Rei, desde que esse texto foi escrito no primeiro século EC)


A Realidade de Jesus assumir o Reino Celestial, as Escrituras realmente não poderiam ser mais claras :

1)Jesus Cristo recebeu toda a autoridade no céu (Mateus 28:18)

2)Jesus Cristo recebeu autoridade sobre as miríades de anjos (e não somente sobre a congregação dos filhos de Deus na terra ). Os anjos no céu devem dobrar os joelhos no nome de Jesus (1 Pedro 3:22, Filipenses 2:9-11, Colossenses 2:10)

3)Jesus Cristo se tornou o Rei da Salém (Jerusalém) Celestial, Rei da Paz - Hebreus 6:20 – 7:1,2, Hebreus 12:22, Isa 9:6

4)Jesus foi entronizado como Rei (assentou-se no trono – oficializado Rei) no céu (Atos 2:34-36, Atos 7:49, Hebreus 12:2, Colossenses 3:1, Efésios 1:20-23, Daniel 7:13,14, Isa 9:6 )

5)Jesus se tornou o Rei dos reis e Senhor dos senhores. (1 Timóteo 6:15 )

6)O trono de Davi ou casa de Davi foi restabelecido (reerguido) no primeiro século (Atos 15:14-18)

7)O próprio Jeová é quem exaltou Jesus como o Rei Celestial – Atos 3:13, Fil 2:9-11, Atos 2:34-36

Amigos, quem vencer, vai se sentar com Jesus Cristo em seu Trono assim como ele venceu e se assentou com o Seu Pai em seu trono: Deus Glorificou/Enalteceu/Exaltou o Seu Filho - lhe deu TUDO. Deu-lhe o Reino dos céus. Também lhe dará o reino do mundo no futuro (Rev 11:15)

Rev 3: 21 Àquele que vencer, concederei assentar-se comigo no meu trono, assim como eu venci e me assentei com o meu Pai no seu trono.

Quanto à preocupação se caberá tanta gente no trono...Jesus disse para seus seguidores não se preocuparem quanto a isso:


João 14:14 “Não se aflijam os vossos corações. Exercei fé em Deus, exercei fé também em mim. 2 Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se não, eu vos teria dito, porque vou embora para vos preparar um lugar.

Rev 3: 21 Àquele que vencer, concederei assentar-se comigo no meu trono, assim como eu venci e me assentei com o meu Pai no seu trono.


Portanto que "toda casa de Israel" saiba de uma vez por todas que:

O Deus de Abraão, e de Isaque, e de Jacó, o Deus de nossos antepassados, glorificou o seu Servo, Jesus - Atos 3:13

E Jesus passou a assentar-se no trono de Jeová seu Pai.....1 Cron 29:23

Testemunha de Jesus Cristo,
Paulo Vicentini

Servidor Publico disse...

A proposito de "... Ocorre que, enquanto declararam recentemente, às portas-fechada, que só eles é que são o “Escravo Fiel e Discreto” de Mateus 24:45, publicaram um estudo inteiro indicando que todos nós, Testemunhas de Jeová leigas, compomos o “Mordomo fiel, o Discreto”,* de Lucas 12:42. (Veja o artigo “Você é um mordomo de confiança!” em A Sentinela de 15dez_12 p. 9) Acontece que o que disse Lucas é o paralelo do que disse Mateus em seu evangelho. Isto é: o “escravo fiel e discreto” é o mesmo que o “mordomo fiel, o discreto”, conforme descrito por Lucas. Como explicar esse paradoxo, uma vez que os do Corpo dos Governantes se apossam do título “Escravo Fiel e Discreto”, promovem os da “Grande Multidão” de cristãos leigos à função de “Mordomos”?"

Agradeço imenso que o A2, comenta-se essa questão. Porque todos nós TJ/TDS temos de nos certificar de todas as coisas, (1Tess.5:21) afinal “Se não formos fiéis, sofreremos perda” — A Sentinela 15dez_12, p. 12; § 16.

Abs,
Kianba Uingui
---------------

*Com +/- nebulosidade em 22 de maio de 2012, eu escrevi o seguinte: Escravo fiel e discreto ― representa o colectivo, de todos os ministros cristãos que tomam a dianteira nos assuntos doutrinários e organizacionais... (Luc.12:42; Mat.24:45; 1Cor.4:2; 1Ped4:10; Deu.1:13; Luc.19:17)

Ednilson Sacramento Silva disse...

UMA COISA INTERESSANTE -

O "escravo fiel" afirma intermediar a ligação entre Jesus e os demais discípulos de Jesus.

1 - Quando Jesus passou informações para as congregações, porque ele não pediu a João que as levasse para um corpo governante??

2 - As mensagens de Jesus eram individualizadas para cada congregação.

+++++++++++++++++

O que Jesus afirmou sobre uma das decisões tomada pelo corpo governante??

(Revelação 2:24-25) 24 “‘No entanto, digo aos demais de vós, os que estais em Tiatira, a todos os que não têm este ensino, aos mesmos que não chegaram a conhecer as “coisas profundas de Satanás”, conforme eles dizem: NÃO PONHO SOBRE VÓS NENHUM OUTRO FARDO. 25 Assim mesmo, apegai-vos ao que tendes até que eu venha.

Quem havia estabelecido regras para os discípulos de Jesus??

(Atos 15:28-29) 28 Pois, pareceu bem ao espírito santo e a nós mesmos não vos acrescentar nenhum fardo adicional, exceto as seguintes coisas necessárias: 29 de persistirdes em abster-vos de coisas sacrificadas a ídolos, e de sangue, e de coisas estranguladas, e de fornicação. Se vos guardardes cuidadosamente destas coisas, prosperareis. Boa saúde para vós!”

O "corpo governante" estava em plena atividade, criando regras e costumes para os discípulos de Jesus.

+++++++++++++++++++++

Os discípulos reunidos decidiram que Judas Iscariotes havia deixado de ser um dos apóstolos de Jesus.

Ora, ora. Quem havia escolhido Judas?? Jesus.
Judas havia pecado contra Jesus?? Sim, havia.
Quem havia sido vítima de Judas??
Jesus.
Que mandamento Jesus obedecia??
(Mateus 5:39) 39 No entanto, eu vos digo: Não resistais àquele que é iníquo; mas, a quem te esbofetear a face direita, oferece-lhe também a outra.


A quem Jesus deixou de perdoar??

O que afirmou Jesus para aqueles que o matavam??

(Lucas 23:33-34) . . .. 34 [[Mas Jesus estava dizendo: “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo.”]] Outrossim, para distribuírem as roupas dele, lançaram sortes.

PERDOAR, PERDOAR E PERDOAR - isto foi o que o Mestre daqueles homens fazia e pedia para que também o fizessem.

Estes homens também foram perdoados por Jesus por o abandonarem naquele dia, embora tivessem afirmado que morreriam por Jesus.

Com esta ação deles, será que estavam afirmando que Jesus não perdoou Judas Iscariotes??

Estavam afirmando que Jesus guardou ressentimento de Judas em face de sua ofensa a ele??

Ora, ora. SOMENTE A VÍTIMA É QUEM TEM O DIREITO DE PERDOAR.

Se eu decido perdoar a minha adúltera esposa, trata-se de uma decisão minha de OFENDIDO.

Qualquer pessoa que resolver interferir não passa de uma INTROMETIDA em um assunto que não lhe diz respeito.

O ofendido, isto é, a vítima, é a única que deve tomar a decisão de perdoar ou não perdoar.

Em face disto, Jeová resolveu curar primeiro as vítimas, dando-lhes o mandamento:

(Levítico 19:18) 18 “‘Não deves tomar vingança nem ter ressentimento contra os filhos do teu povo; e tens de amar o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou Jeová.

Jeová nos diz: Este é o mandamento deve ser obedecido quando você se tornar uma vítima.

O corpo de discípulos decidiu excluir Judas do seu grupo em face do pecado daquele.
No entanto, a decisão de perdoar ou não perdoar, só deveria ser tomada por Jesus, a vítima.

O que faria Jesus??
Aquele que conhece Jesus sabe exatamente o que ele fez neste caso.
Ele continuou fazendo o que ele sempre fazia, isto é, PERDOAR.

Que outras decisões passaram a tomar aqueles que deveriam copiar as ações de Jesus????

(Revelação 2:26) 26 E àquele que vencer e observar as MINHAS ações até o fim, eu darei autoridade sobre as nações,

As ações de quem observavam estes homens??
As ações de quem eu devo copiar??

Ednilson Sacramento Silva disse...

OUTRA COISA INTERESSANTE -

O "escravo fiel" afirma intermediar a ligação entre Jesus e os demais discípulos de Jesus.

NESTE CASO, ELE COLOCA-SE ACIMA DOS DEMAIS.

Seria o "escravo", o elo entre Jesus e os demais discípulos???

"AS PESSOAS COPIAM (IMITAM) O ESCRAVO FIEL".
As pessoas se interligam ao escravo, logo, havendo mais de um escravo formam-se grupos distintos.

Vejamos estas palavras de Jesus:

(João 15:1-5) 15 “Eu sou a verdadeira videira e meu Pai é o lavrador. 2 Todo ramo em mim que não dá fruto, ele tira, e todo o que dá fruto, ele limpa, para que dê mais fruto. 3 Vós já estais limpos, por causa da palavra que vos falei. 4 Permanecei em união comigo, e eu em união convosco. Assim como o ramo não pode dar fruto de si mesmo, a menos que permaneça na videira, do mesmo modo tampouco vós podeis, a menos que permaneçais em união comigo. 5 Eu sou a videira, vós sois os ramos. Quem permanece em união comigo, e eu em união com ele, este dá muito fruto; porque separados de mim não podeis fazer nada.

Se interligar a Jesus é uma ação individual e com base no livre-arbítrio.
A qualquer momento você pode decidir ligar-se ou desligar-se da verdadeira videira.

Os apóstolos, cada apóstolo devia se interligar a quem??
A Jesus.
Cada apóstolo seria um ramo.

Os discípulos, cada discípulo,devia se interligar a quem??
A Jesus.
Cada discípulo seria um ramo.

Quem é o intermediário??

Ninguém.

Aquele que já aprendeu de Jesus deve "conduzir" a outra pessoa a que ela tome a iniciativa em se interligar a Jesus.

Aquele que se interliga a verdadeira videira (ramo) deve "ser um" com a verdadeira videira.

Por permanecer em união com o Pai, Jesus podia afirmar: Eu e o Pai somos um.

O discípulo, cada discípulo, deve permamecer em união com Jesus.
Estando em união com Jesus, o discípulo, qualquer discípulo, deverá buscar ser igual a Jesus, tanto nas suas palavras como nas suas ações..

o discípulo de Jesus não deve apontar as palavras e as ações de outros discípulos de Jesus como base para suas decisões em como se comportar no dia a dia, ao relacionar-se com outros humanos.

o discípulo poderá dizer: Esta ação foi praticada pelo discípulo "ABVCV". Como Jesus não falou nada contra, devemos seguir o seu exemplo.

Não podemos esquecer que Jesus apresentou os mandamentos e ao mesmo tempo mostrou como obedecer a estes mandamentos.

o discípulo de Jesus deve ser a imagem e semelhança de Jesus e não do "ABVCV".

Anônimo2 disse...



Eis-me aqui de novo.
A princípio vou desconsiderar as infantilidades bíblicas suas no início de sua réplica,sobre a história se repetir,até nessas brincadeirinhas de profetizar vc erra biblicamente,ô bobagem!

Então suas bases são:

1-Jesus recebeu toda a autoridade no céu e na terra(mateus 28:18)

Resposta: INEXATO!

Você aqui erra feio ao usar isso como base para dizer que Jesus foi "oficializado" rei em 33ec(estou falando "Reino" e não autoridade)
Primeiro que a palavra grega usada aqui para autoridade não tem muito a ver com a palavra grega para Reino.Embora as vezes esteja associada à Reino aqui Jesus a usou no sentido comum e-xou sia e não basiléia(Reino)
Se fosse a mesma coisa não faria sentido os textos que são mais
exatos e que seguem:

Efésios 1:21-"Muito acima de todo GOVERNO,E AUTORIDADE,e poder,e senhorio,e todo nome dado,não só neste sistema de coisas,mas também no que há de vir"

Revelação 12:10-"E ouvi uma voz alta no céu dizer: "Agora se realizou a salvação,e o poder,e O REINO de nosso Deus,E A AUTORIDADE do seu cristo".
Esta autoridade se realizou mais plenamente com a expulsão de satanás dos céus.No entanto ela já tinha sido dada a Jesus antes de ascender aos céus.
Mateus 11:27-
"TODAS AS COISAS ME FORAM ENTREGUES POR MEU PAI"

Colossenses 1:16-
"Porque mediante ele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra,as coisas visíveis e as coisas invisíveis,quer sejam tronos,quer senhorios,quer governos,quer autoridades,todas as coisas foram criados por intermédio dele E PARA ELE".

Se queres ser verdade exato jogue no lixo esse argumento xulo n° 1.

Isto que eu expus aqui de modo simples responde também o argumento xulo n°2.

Ou seja,receber Jesus toda a autoridade não quer dizer que tenha sido empossado,não no sentido do Reino que estamos tratando aqui.


<<<<<>>>>>>

Anônimo2 disse...



Eis-me aqui de novo.
A princípio vou desconsiderar as infantilidades bíblicas suas no início de sua réplica,sobre a história se repetir,até nessas brincadeirinhas de profetizar vc erra biblicamente,ô bobagem!

Então suas bases são:

1-Jesus recebeu toda a autoridade no céu e na terra(mateus 28:18)

Resposta: INEXATO!

Você aqui erra feio ao usar isso como base para dizer que Jesus foi "oficializado" rei em 33ec(estou falando "Reino" e não autoridade)
Primeiro que a palavra grega usada aqui para autoridade não tem muito a ver com a palavra grega para Reino.Embora as vezes esteja associada à Reino aqui Jesus a usou no sentido comum e-xou sia e não basiléia(Reino)
Se fosse a mesma coisa não faria sentido os textos que são mais
exatos e que seguem:

Efésios 1:21-"Muito acima de todo GOVERNO,E AUTORIDADE,e poder,e senhorio,e todo nome dado,não só neste sistema de coisas,mas também no que há de vir"

Revelação 12:10-"E ouvi uma voz alta no céu dizer: "Agora se realizou a salvação,e o poder,e O REINO de nosso Deus,E A AUTORIDADE do seu cristo".
Esta autoridade se realizou mais plenamente com a expulsão de satanás dos céus.No entanto ela já tinha sido dada a Jesus antes de ascender aos céus.
Mateus 11:27-
"TODAS AS COISAS ME FORAM ENTREGUES POR MEU PAI"

Colossenses 1:16-
"Porque mediante ele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra,as coisas visíveis e as coisas invisíveis,quer sejam tronos,quer senhorios,quer governos,quer autoridades,todas as coisas foram criados por intermédio dele E PARA ELE".

Se queres ser verdade exato jogue no lixo esse argumento xulo n° 1.

Isto que eu expus aqui de modo simples responde também o argumento xulo n°2.

Ou seja,receber Jesus toda a autoridade não quer dizer que tenha sido empossado,não no sentido do Reino que estamos tratando aqui.


<<<<<>>>>>>

Anônimo2 disse...

3-Jesus cristo se tornou o rei de salém(jerusalém)celestial,rei da paz.

Aqui você distorce o raciocínio do apóstolo Paulo numa dogmática interpretação pessoal,ou seja,muda o sentido do texto para ter uma base,apenas isso.

Quando se falava de Jesus como "Rei" os apóstolos sempre o identificavam com Davi.

Aqui na carta aos Hebreus Paulo o identifica com "Arão"-5:4-5.

Embora Jesus seja tanto rei como sacerdote,à maneira de Melquizedeque,ELE AO ASCENDER AO CÉU FOI OFICIALIZADO PRIMEIRAMENTE E SIMPLESMENTE COMO SACERDOTE EM 33 EC.
Hebreus 10:19-20-" ..o caminho de entrada no lugar santo,pelo sangue de Jesus,que Ele inaugurou para nós como caminho novo..temos um grande sacerdote SOBRE A CASA DE DEUS".

Em parte alguma Paulo diz em hebreus sobre a entronização de Jesus mas sim "que ele compareceu por nós perante a pessoa de Deus"9:23-24.

A entronização foi depois,este texto jamis deveria ser usado nem para falar sobre 1914 e nem sobre Jesus ser Rei em 33EC

<<<<>>>>>>>>>>>

Anônimo2 disse...

Você também confunde a glorificação e exaltação de Jesus com ele assumir o reino.
Mas veja o que ele diz:

João 17:4-"Glorifica-me junto de ti,com a glória que tive junto de ti,ANTES DE HAVER MUNDO."

Dizer que ser glorificado e exaltado é assumir o reino então,segundo as palavras de Jesus,no seu raciocínio,ele já era Rei antes de haver mundo.

Em todos os textos onde se diz que Jesus sentou-se à direita de Deus não se encontra nenhum dizendo que ele assumiu o reino nessa ocasião.

Alguns deles mostram Jesus "à direita do trono" de Deus ou "à direita da majestade" etc..

No entanto,se diz claramente que ele sentaria à direita e aguardaria o tempo para assumir tal reino.

Quando se diz que ele se assentou no "trono do seu pai" é evidente que é uma figura de linguagem.
Quer dizer simplesmente que ele assumiu sua posição à direita de Jeová nos céus.

Mateus 5:34-35 "Não jureis absolutamente pelos céus porque é o trono de de Deus;nem pela terra,porque é seu escabelo".

Isaías 66:1 "Os céus são o meu trono e a terra é o meu escabelo."

Daniel 7:13 mostra quando ele toma posse do Reino(recebe o reino)Leia mil vezes e me dê pelo menos um indício de que essa oficialização ali se deu em 33 Ec.No entanto,te darei mil indícios de que isso se daria no tempo do fim.

Revelação 1:1 mostra que a visão de Revelação seria para o tempo do fim.

Revelação 6:12 "Eis um cavalo branco e o que estava sentado nele tinha um arco;e foi-lhe dado uma coroa e saiu vencendo e para completar sua vitória"

Em 33 Jesus "venceu" o mundo por manter sua integridade até a morte.

Ao receber a coroa ele "sai vencendo rumo a completar sua vitória.

Revelação 12:10 "E..batalhavam com o dragão mas(o dragão) não prevaleceu,nem se achou mais lugar para ele nos céus..Assim foi lançado para baixo o grande dragão..ele foi lançado para baixo à terra.."

Salmo 110:1-4 "SENTA-TE À MINHA DIREITA ATÉ QUE EU PONHA OS INIMIGOS COMO ESCABELO PARA OS TEUS PÉS(A TERRA É O MEU ESCABELO).

Revelação 12:10 "Agora se realizou a salvação e o poder e o Reino de nosso Deus"..(e satanás lançado à terra)tendo grande ira sabendo que tem um curto período de tempo.(Segundo seu entendimento de 33EC este curto período já dura mais de 2000 anos).

Isso sem falar sobre os tempos dos gentios...



Servidor Público disse...

Anonimo 2, parabéns pela réplica! Porém eu quero saber o seu parecer na seguinte questão levantado pelo apóstolo tds:

"... Ocorre que, enquanto declararam recentemente, às portas-fechada, que só eles é que são o “Escravo Fiel e Discreto” de Mateus 24:45, publicaram um estudo inteiro indicando que todos nós, Testemunhas de Jeová leigas, compomos o “Mordomo fiel, o Discreto”,* de Lucas 12:42. (Veja o artigo “Você é um mordomo de confiança!” em A Sentinela de 15dez_12 p. 9) Acontece que o que disse Lucas é o paralelo do que disse Mateus em seu evangelho. Isto é: o “escravo fiel e discreto” é o mesmo que o “mordomo fiel, o discreto”, conforme descrito por Lucas. Como explicar esse paradoxo, uma vez que os do Corpo dos Governantes se apossam do título “Escravo Fiel e Discreto”, promovem os da “Grande Multidão” de cristãos leigos à função de “Mordomos”?"

Atentamente,
Kianba Uingui

Ednilson Sacramento Silva disse...

ARGUMENTO BÍBLICO - Uma consideração interessante.

Qualquer estudante da bíblia consegue apresentar argumentos bíblicos em relação a qualquer assunto.

VEJAMOS UM ARGUMENTO EM RELAÇÃO A SER "JUSTO".

Justo é aquele que:

(Salmos 58:10) 10 O JUSTO SE ALEGRARÁ POR TER OBSERVADO A VINGANÇA. BANHARÁ OS SEUS PASSOS NO SANGUE DO INÍQUO.

Bem, esta afirmação é aceita como aquela que descreve um homem "justo".
Neste caso, a partir desta afirmação bíblica, muitos aguardam anciosamente um dia em que finalmente se alegrarão por verem os iníquos serem mortos.
Trata-se de uma base bíblica para desenvolver e manter um sentimento pelo iníquo.

O homem "justo" guarda ressentimento do iníquo e aguarda anciosamente o dia de vê-lo pagar por suas iniquidades.

Provavelmente, este homem justo dará uma festa e dançará ao som de pandeiros, assim como se fez registrar no histórico do "povo santo".

O homem justo pode afirmar em relação ao homem iníquo:

(Salmos 26:9)  9 Não tires a minha alma junto com os pecadores, Nem a minha vida junto com os homens culpados de sangue,

Óbvio, ele não se sente no mesmo nível do iníquo, afinal, ele fez muitas obras boas enquanto que o iníquo não as fez. O homem justo não admite ser igualado ao homem iníquo.

O homem justo pode afirmar mais em relação ao iníquo:

(Salmos 26:5)  5 Tenho odiado a congregação dos malfeitores E não me sento com os iníquos.

Isto é outra coisa bem óbvia, proveniente de um raciocínio plenamente lógico.

Estas palavras bíblicas eram usadas pelos fariseus e demais judeus em ralação àqueles que eles viam como iníquos. Os iníquos eram odiados e restringidos quanto ao contato com os "justos".

Obviamente, estas palavras bíblicas podem ser usadas por qualquer humano que se considera justo em relação àquele que ele vê como um iníquo. Trata-se de uma REAL base bíblica.

De forma plenamente coerente este humano apresentará uma outra afirmação bíblica em relação aos iníquos:

(Salmos 92:7)  7 Quando os iníquos florescem como a vegetação E estão florindo todos os que praticam o que é prejudicial, É para que sejam aniquilados para todo o sempre.

Esta afirmação está plenamente coerente com todas as outras afirmações acima.

Estas palavras bíblicas são uma consequência do pleno desejo do homem justo de ver os iníquos sendo destruídos, afinal de contas, o iníquo incomoda grandemente ao justo.

Segundo olhar de um homem justo, o que seria um homem iníquo??

(Romanos 9:21-24) . . .? 22 Se Deus, pois, embora tendo vontade de demonstrar o seu furor e de dar a conhecer o seu poder, tolerou com muita longanimidade os vasos do furor, feitos próprios para a destruição, 23 a fim de dar a conhecer as riquezas de sua glória nos vasos de misericórdia, que ele preparou de antemão para glória, 24 a saber, nós, a quem ele chamou não somente dentre os judeus, mas também dentre as nações, [o que tem isso]?

São próprios para a destruição >>> palavras bíblicas plenamente coerentes.
>>>>>>>>>>>>>segue>>>>>>>>>>>>>

Ednilson Sacramento Silva disse...

>>>>>>>>>>>Segue >>>>>>>>>>>>>>
ARGUMENTO BÍBLICO - Uma consideração interessante.

Novamente, justo é aquele que:

(Salmos 37:25-26) 25 Eu era moço, também fiquei velho, E, no entanto, não vi nenhum justo completamente abandonado, Nem a sua descendência procurando pão. 26 O dia inteiro ele mostra favor e empresta, E por isso a sua descendência está para receber uma bênção.

Ora, se uma pessoa é um mendigo, filho de mendigo, esta pessoa deve ser amaldiçoada por Deus. Deus não deixa o justo completamente abandonado, não é verdade??

Do lado oposto ao mendigo está o homem rico. Se for um homem que obedece aos mandamentos desde a juventude, ele é um "justo homem rico" que se encontra em uma relação bem próxima com Deus.
O homem rico que apresentou-se a Jesus, revelando interesse na "vida" era tido por todos, inclusive os apóstolos, como um homem "justo".

A lógica do raciocínio é bem clara, pois os "abençoados" recebem grandes safras e Jeová não abençoaria iníquos.

Inferno de fogo, cruz, imortalidade da alma, trindade e muitos outros assuntos, todos são ferrenhamente defendidos utilizando o mesmíssimo livro, ou seja, a Bíblia.

O Diabo também apresentou uma palavra devidamente registrada nas "Escrituras". Jesus defendeu a sua decisão TAMBÉM utilizando uma palavra devidamente registrada nas "Escrituras" e faladas pelo mesmíssimo profeta.

Ficou plenamente claro que assim como Jesus, os seus discípulos também passariam por situação idêntica em relação a escolher palavras nas "Escrituras".

Jesus conhecia plenamente o Pai, em face disto, ficava bem fácil para ele, saber a origem da palavra devidamente registrada nas "Escrituras".

Outra coisa ficou bem clara. O que foi??
As palavras e as ações de Jesus revelavam ser totalmente opostas a todas aquelas palavras acima a respeito do iníquo.

O que isto significa para mim?????

As palavras acima condenam a forma como Jesus tratava o mesmo iníquo que era desprezado pelos "justos". Tais justos apresentavam uma base bíblica para seus sentimentos e ações em relação aos iníquos.
Eles eram estudiosos das "Escrituras" e afirmavam:
- "SOMENTE QUEM NÃO CONHECE A LEI É QUE SEGUE A ESTE JESUS".
- "JESUS ESTÁ DESENCAMINHADO AS PESSOAS DA LEI".

Devo acreditar nas palavras de Jesus ou devo acreditar em palavras opostas às palavras e ações de Jesus??
Deve ser Jesus o meu único guia ou deverei aceitar palavras e ações opostas às do meu guia???

Ednilson Sacramento Silva disse...

QUANDO E COMO JESUS VENCEU???

Todos os humanos servos do Deus Altíssimo se achavam vencedores quando matavam os seus inimigos.

Trata-se de um raciocínio plenamente lógico.

Estes humanos pediam poder ao Deus Altíssimo para fazerem exatemente o que??
(Salmos 41:10) 10 Tu, porém, ó Jeová, mostra-me favor e faze-me levantar-me, Para que eu lhes RETRIBUA.

O que mais pediam estes humanos ao Deus Altíssimo??

(Salmos 139:19) 19 Oh! que tu, ó Deus, MATASSES ao iníquo . Então certamente se retirariam de mim até mesmo os homens culpados de sangue,
(Salmos 140:10-11) 10 Deixem-se cair sobre eles brasas. FAÇA-SE QUE CAIAM NO FOGO, em poços de água, PARA QUE NÃO SE LEVANTEM. 11 O grande falador — não fique firmemente estabelecido na terra. O homem de violência — CACE-O O PRÓPRIO MAL COM REPETIDOS ASSALTOS.
(Salmos 143:12) 12 E na tua benevolência, que tu silencies os meus inimigos; E tens de DESTRUIR todos os que são hostis à minha alma, Porque sou teu servo.

Este servo do Deus Altíssimo desejava uma vitória sobre os seus inimigos. Esta vitória representava a morte para os inimigos.
Este servo do Deus Altíssimo odiava os inimigos.

Trata-se de um raciocínio plenamente lógico que levava a sentimentos plenamente lógicos, palavras plenamente lógicas e ações plenamente lógicas contra os inimigos.

JESUS MOSTROU SER O OPOSTO DISTO.

Qual foi a vitória de Jesus???

Foi morrer obedecendo ao mandamento de amar o inimigo, isto é, aquele que o matava.

Quando foi que Jesus venceu??
No dia de sua morte. Este foi o seu momento de glória. Isto ocorreu no ano 33 EC.

Estêvão, o seu discípulo, acompanhou a vitória de Jesus. Ele também venceu TAL QUAL Jesus venceu.

Como Estêvão venceu??
Obedecendo ao mandamento de amar o inimigo, mesmo quando este o estava matando.

O que ficou claro??
Que Estêvão amava aqueles que o tratavam como inimigo, embora ele mesmo não os visse como inimigos.

Se Estêvão amava tais iníquos na hora da morte, certamente os amava antes disto.
Ser atacado fisicamente não foi motivo suficientemente válido para Estêvão deixar de amar o seu próximo. Estêvão revelou não guardar ressentimento dos que o tratavam como inimigo.

Estêvão venceu EXATAMENTE assim como Jesus havia vencido...

TRATAVA-SE DE ALGO INÉDITO esta forma de vencer o inimigo, não é verdade??

ExatoVerdade disse...

Como já expus , o ato solene de Deus dar o seu trono ao seu Filho , foi quando ele disse à Jesus: "Senta-te à minha direita"

Compare
(I)
Salmo 110:1
110 A pronunciação de Jeová a meu Senhor é:
“Senta-te à minha direita,
Até que eu ponha os teus inimigos como escabelo para os teus pés.”

(II)
1 Coríntios 15:25
.25 Pois ele tem de reinar até que [Deus] lhe tenha posto todos os inimigos debaixo dos seus pés.

Logo de (I) e (II)
Sentar à Direita de Deus, equivale a Reinar. Sentar no trono é ser entronizado

Apocalipse 3:21(NVI-PT)
21 “Ao vencedor darei o direito de sentar-se comigo em meu trono, assim como eu também venci e sentei-me com meu Pai em seu trono.

Ou "assim como eu venci e assentei-me à Destra de Deus"....
Sentar no trono = ser entronizado = Reinar

Também Hebreus 10:12 e 13:
"Cristo ofereceu pelos pecados um único sacrifício e logo em seguida tomou lugar para sempre à direita de Deus,
onde espera de ora em diante que os seus inimigos sejam postos por escabelo dos seus pés "

O que vai acontecer quando Deus colocar os inimigos debaixo dos pés de Jesus?, Jesus vai começar a Reinar?? ou vai deixar de Reinar?

1 Cor 15: 24 A seguir, o fim, quando ele entregar o reino ao seu Deus e Pai, tendo reduzido a nada todo governo, e toda autoridade e poder. 25 Pois ele tem de reinar até que [Deus]* lhe tenha posto todos os inimigos debaixo dos seus pés. 26 Como último inimigo, a morte há de ser reduzida a nada. 27 Pois [Deus] “lhe sujeitou todas as coisas debaixo dos pés”. Mas, quando diz que ‘todas as coisas foram sujeitas’, é evidente que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas. 28 Mas, quando todas as coisas lhe tiverem sido sujeitas, então o próprio Filho também se sujeitará Àquele que lhe sujeitou todas as coisas, para que Deus seja todas as coisas para com todos.


quando todas as coisas lhe tiverem sido sujeitas, então o próprio Filho também se sujeitará Àquele que lhe sujeitou todas as coisas, para que Deus seja todas as coisas para com todos.


Quando todos os inimigos estiverem por escabelo, debaixo do pés de Jesus, aí Jesus vai deixar de reinar e não começar a reinar!!!
Quando não houver mais inimigos, aí Jesus coloca todas as coisas em sujeição à Deus, Jesus devolve o comando para Deus.

Jesus reina (nos céus) enquanto houver inimigos.
Quando todos os inimigos forem subjugados aos pés dele, é hora de devolver o Reino à Jeová....

Jesus espera Deus lhe sujeitar os inimigos, para que por fim, Jesus se sujeite a Deus
O Pai glorifica o Filho, para que o Filho glorifique o Pai (João 17:1)

A pessoa que glorifica a si mesmo é um diabo...
Assim Jesus espera Deus colocar tudo sob o seu reino, para que Jesus glorifique o Pai
As últimas coisas que ficarão subjugadas ao reino Celestial de Cristo é: o reino do mundo (Rev 11:15), O diabo, o hades, a morte (Rev 20:14). Quando todas as coisas estiverem subjugadas aos pés de Jesus, é hora de Cristo devolver o Reino à Deus...

ExatoVerdade disse...

A entronização do Rei

As Escrituras nos permite “ver” com detalhes a entronização do Rei Jesus no Reino de Deus:

Atos 1: 9 E, depois de dizer estas coisas, enquanto olhavam,[o Filho do Homem - Jesus] foi elevado e uma nuvem o arrebatou para cima, fora da vista deles.
Daniel 7:13-14
13 “Continuei observando nas visões da noite e eis que aconteceu que chegou com as nuvens dos céus alguém semelhante a um filho de homem [Jesus]; e ele obteve acesso ao Antigo de Dias [Jeová], e fizeram-no chegar perto perante Este. 14 E foi-lhe dado domínio, e dignidade, e um reino, para que todos os povos, grupos nacionais e línguas o servissem. Seu domínio é um domínio de duração indefinida, que não passará, e seu reino é um que não será arruinado.


Romanos 1:5 por intermédio de quem recebemos benignidade imerecida e um apostolado, a fim de que houvesse obediência de fé entre todas as nações [para que todos os povos, grupos nacionais e línguas o servissem]

Atos 15:14 Simeão tem relatado cabalmente como Deus, pela primeira vez, voltou a sua atenção para as nações (grupos nacionais, tribos línguas), a fim de tirar delas um povo para o seu nome [para que todos os povos, grupos nacionais e línguas o servissem].+ 15 E com isso concordam as palavras dos Profetas, assim como está escrito: 16 ‘Depois destas coisas voltarei e reconstruirei a barraca* de Davi, que está caída; e reconstruirei as suas ruínas e a erguerei de novo,+ 17 a fim de que os remanescentes dos homens possam buscar seriamente a Jeová, junto com pessoas de todas as nações [para que todos os povos, grupos nacionais e línguas o servissem], pessoas chamadas por meu nome, diz Jeová, que está fazendo estas coisas,+ 18 conhecidas desde a antiguidade.’*+

Efésios 3:4 Em face disso, ao lerdes isso, podeis dar-vos conta da compreensão+ que eu tenho do segredo sagrado+ do Cristo. 5 Em outras gerações, este [segredo]+ não foi dado a conhecer aos filhos dos homens assim como agora tem sido revelado+ aos seus santos apóstolos e profetas,+ por espírito, 6 a saber, que os das nações haviam de ser co-herdeiros e membros associados do corpo,+ e co-participantes conosco da promessa,+ em união com Cristo Jesus, por intermédio das boas novas.

Gálatas 3:14 O propósito foi que a bênção de Abraão, por meio de Jesus Cristo, fosse para as nações,+ a fim de que recebêssemos o espírito prometido, por intermédio da nossa fé.

Jesus, o Filho do Homem, ascende aos céus e viaja até os lugares celestiais e chega na presença do Antigo de Dias – Jeová. Jeová lhe entrega o Reino que foi tirado da nação de Israel e dado a uma nova nação que produza os seus frutos

Mateus 21:43
'É por isso que vos digo: O reino de Deus vos será tirado e será dado a uma nação que produza os seus frutos.'

Pessoas de todos os povos, grupos nacionais e línguas , ou seja, pessoas de todas as nações (Leia Atos 15:14-18) passariam a servir ao Rei, ao Senhor Jesus Cristo. Jesus passa a reinar sobre os anjos nos céus, que devem dobrar os joelhos no nome de Jesus e sobre os cristãos na terra - “Israel de Deus”.

ExatoVerdade disse...

Não é de admirar que quando o assunto é 1914, tal dogma pareça um "msitério", uma interrogação (?)

2 Tess 2 No entanto, irmãos, com respeito à presença de nosso Senhor Jesus Cristo e de sermos ajuntados a ele,+ solicitamo-vos 2 que não sejais depressa demovidos de vossa razão, nem fiqueis provocados, quer por uma expressão inspirada,*+ quer por intermédio duma mensagem verbal,+ quer por uma carta,+ como se fosse da nossa parte, no sentido de que o dia+ de Jeová* está aqui.

7 Verdadeiramente, o mistério daquilo que é contra a lei já está operando; mas apenas até que aquele que agora mesmo age como restrição esteja fora do caminho.

9 Mas a presença daquele que é contra a lei é segundo a operação de Satanás, com toda obra poderosa, e sinais e portentos mentirosos, 10 e com todo engano injusto para com os que estão perecendo, em retribuição por não terem aceito o amor da verdade, para que fossem salvos.+ 11 De modo que é por isso que Deus deixa que vá ter com eles a operação do erro, para que fiquem acreditando na mentira,+ 12 a fim de que todos eles sejam julgados, porque não acreditaram na verdade,+ mas tiveram prazer* na injustiça.


Em vez de confiar na Verdade que Deus fez por seu Filho ao entroniza-lo como rei do céu, sobre os anjos (Fil 2:9-11, 1 Pedro 3:22) e sobre a "nova nação de Israel" ainda no primeiro século após ressuscita-lo….preferem acreditar na doutrina de 1914 baseada "em sinais e portentos mentirosos, e com todo engano injusto"


Se um dia, o vosso corpo governante reconhecer a Verdade, aí vocês a reconhecerão , do contrário, tenho falado ao vento… pois a vossa aceitação depende da deles.

Até lá,
Abraços,
Paulo Vicentini

Anônimo2 disse...

Servidor,que não é o kianba:

Não farei declarações sobre se o escravo é ou não eles.
No entanto,gostaria de ressaltar que das muitas ilustrações que Jesus fez sobre "escravos",no geral se referia à seus discípulos como um todo,ou,aos que se desviariam do caminho(escravos maus)e todos eles deveriam ser fieis


Mas,com respeito ao "escravo fiel e discreto" há uma relação que o diferencia dos demais "domésticos"
o que me parece que trata-se de um grupo que difere dos demais escravos que também deveriam ser fiéis,tal escravo teria uma responsabilidade adicional,se é que podemos dizer assim.

De forma que todos os cristãos devem ser mordomos fiéis
mas nem todos seria do "escravo fiel e discreto".


<>continua...

Anônimo2 disse...

Todo evangélico incubado,ou os que já o foram algum dia,buscam desesperadamente obter posse do espírito de Deus e receber os dons que os fazem ficar inchados,é por isso que,quando se expõe suas tolices escriturísticas ficam nervosos,porque supõe que se seus "olhos se abriram",por espírito santo,se tornam iluminattis.Querem ser o que não são,como se satanás não se fizesse anjo de luz e ungisse também os seus ministros!

PORTANTO,MINHA RESPOSTA A SEU ÚLTIMO COMENTÁRIO É: CONTINUAS A EMBOLAR TUDO NAS ESCRITURAS E ENSINAR BOBAGENS E ASSIM QUE EU TIVER TEMPO LHE RESPÓNDEREI MAIS ESTA.Onde já se viu..o cara associou a palavra "nuvem" para se referir a um único evento..quanta tolice!!desconsiderou todo um livro profético(Daniel) APENAS PARA TER RAZÃO.

ExatoVerdade disse...

"os que já o foram algum dia incubados"

Bom, sim, todos nós já fomos incubados algum dia.

Por exemplo, eu da minha parte desde os 16 anos de idade (hoje com 32) eu estava incubado dentro da masmorra chamada WatchTower.

Fez parte do cativeiro espiritual...mas "se o Filho do Homem o libertar , você será realmente livre"

Agradeço a Jah, que fez o seu Filho "Shekinah"

É dádiva gratuita

Bom, vc sabe qual a relação entre Shekinah e a representação terrestre do Reino de Jah?

Presença de Deus - A representação do Seu Reino

Falando do GLORIFICADO Jesus Cristo, o apóstolo Paulo disse a respeito dele:

o Rei dos que reinam Senhor dos que dominam

1 Timóteo 6:15 Esta [manifestação], o feliz e único Potentado mostrará nos seus próprios tempos designados, [ele,] o Rei dos que reinam Senhor dos que dominam , 16 o único que tem imortalidade, que mora em luz inacessível, a quem nenhum dos homens tem visto nem pode ver

Primeiro século EC:
Jesus - o Rei dos que reinam Senhor dos que dominam

Jesus - o Rei do Céu - Filipenses 2:9-11

a WT, qual organização, qual Fera, quer mudar "tempos e lei" - Daniel 7:25

O que direi a esse monte? "Sê lançado no mar!!!"

Apóstolo TDS disse...

Para desconstruir um dogma - ou ensino - não é tão simples e fácil quanto se pensa ou se pareça. Temos visto aqui um excelente debate em torno de um ensino tido já por séculos como verdade absoluta entre todas as Testemunhas de Jeová. É importante o debate espiritual. O que está acontecendo aqui, diferente de ser interpretado como negativo, é absolutamente positivo e crucial para o entendimento da questão. Assim, creio, o irmão PV tem apresentado muitas variáveis indicativas de que o conhecimento novo, de que o Reino de nosso Senhor realmente se iniciou logo no primeiro século de nossa era comum. Ademais, o irmão A2 não tem conseguido apresentar textos adicionais à manutenção do velho conhecimento.

Entretanto, é de suma importância que ambos possam refutar, biblicamente e sem meias palavras, os textos apresentados por ambas as partes. Exemplo: o A2 tem citado a questão dada pelo profeta Daniel - leia-se profecia dos "sete tempos" - e que o irmão PV em hipótese alguma deu seu parecer acerca desse texto e assunto. É imprescindível que essa questão tenha seu lugar no contexto do conhecimento e do assunto. Afinal, Daniel associa o 'princípio do reinar' do Senhor com o fim dos "sete tempos dos gentios". O que são estes tempos, irmão PV? Quando começam e quando terminam? Qual relação tem eles com 33 EC? A falta de abordagem dessa questão toda importante foi bastante relevante na composição do texto deste artigo e, devido a esta falta de abordagem, colocamos um sinal de interrogação ("?") na questão, conforme questionado pelo irmã Solange.

Por outro lado, irmão A2, seria interessante o irmão também fazer o mesmo. Ou seja: o irmão deve levar em conta todos os textos apresentados pelo irmão PV e tentar dá uma explicação em prol do velho entendimento. Como o irmão conciliaria somente dois textos muito intrigantes com o entendimento antigo, conforme crido por todos nós, Testemunhas de Jeová?* E quais são estes dois textos? Os seguintes:

1 > "A pronunciação de Jeová a meu Senhor é: 'Senta-te à minha direita, Até que eu ponha os teus inimigos como escabelo para os teus pés'.” - Salmo 110:1, TNM; também Mateus 22:44; Atos 2:34, 35.

2 > "A seguir, o fim, quando [depois de ter reinado] ele entregar o reino ao seu Deus e Pai, tendo reduzido a nada todo governo, e toda autoridade e poder. Pois ele tem de reinar até que Deus lhe tenha posto todos os inimigos debaixo dos seus pés. - 1 Coríntios 15:25, TNM. Também Hebreus 10:13.

Se os irmão se disponibilizarem a comentar acerca destas coisas, conforme especifiquei acima, farão bem. Caso contrário, como é que nos enriquecerão nesta reunião cristã, sendo que só vemos um negando os argumentos do outro, mas sem uma abordagem positiva e esclarecedora?

Quando os Deuses estão no nosso meio, tenhamos isso em mente ao tatearmos com responsabilidade a verdadeira verdade acerca dos assuntos que, em meio à escuridão, serão trazidas à luz pelo "espírito dos Deuses santos". - Daniel 4:8, 9.

Apóstolo TDS

__________
* Como prova de que nós, TJ/TDS não mais acreditamos nas Escrituras só porque um Corpo de Governantes nos diz que devemos, permaneceremos com uma interrogação acerca desta crença. De modo que, não é verdade o que o irmão PV disse, que 'só deixamos de crer num ensino se os do Corpo dos Governantes disserem que devemos'. Ficamos aqui imaginando que o irmão tinha apenas o A2 em conta quando falou isso.

ExatoVerdade disse...

Continuando o "concílio"

Os sete tempos reflete a Governança humana sobre os domínios de BAIXO - O MUNDO

Primeiro deve-se saber identificar a crucial diferença:

Domínios de Cima , ou Céu - é onde Jesus recebeu TODO o Governo - de modo a se tornar o Rei Celestial em 33 EC

"Meu reino não faz parte deste mundo" "eu sou dos domínios de cima"

Jesus: Rei dos domínios de cima, do céu (sobre anjos, querubins, e sobre a embaixada do Céu aqui na terra - O Israel de Deus)

O Conceito de Domínio ou Jurisdição é muito importante para analisarmos as Escrituras.
É muito importante entendermos as diferentes jurisdições ou domínios que existem conforme definidos nas Escrituras.

Uma jurisdições ou domínio é a área de atuação ou alçada de um reino (um “realm/domain” em inglês)

O conceito de jurisdição ou domínio é usado em vários ramos da ciência (não só político).
Por exemplo, em informática/Internet, o conceito de domínio é usado extensivamente, são exemplos de domínios: google.com , facebook.com, blogger.com, twitter.com, jw.org , fazenda.gov.br

Cada entidade dona de seu “domínio” pode fazer o que quiser em seu domínio ou jurisdição, mas não pode mandar ou desmandar em domínio dos outros.

Por exemplo, o “rei” do domínio google.com não pode mandar nem desmandar no domínio jw.org, nem no domínio fazenda.gov.br
O rei do “mundo” “fazenda.gov.br” não pode mandar nem desmandar no “mundo” “blogger.com” nem na “jurisdição” “jw.org”


Esse mesmo conceito de “domínios” “jurisdições” é apresentado nas Escrituras:

Jesus quando andou na terra disse qual era os domínios ou jurisdição a que ele pertencia:

João 8:23 De modo que prosseguiu a dizer-lhes: “Vós sois dos domínios de baixo; eu sou dos domínios de cima. Vós sois deste mundo; eu não sou deste mundo.”

Domínio ou Jurisdição de Jesus: “os domínios de cima” ou do céu.

Por outro lado, os seres humanos vivem nos “domínios de baixo” ou “deste mundo”.

Jesus explicou sobre as jurisdições quando estava perante o Governador Pilatos:

João 18:36 Jesus respondeu: “Meu reino não faz parte deste mundo. Se o meu reino fizesse parte deste mundo, meus assistentes teriam lutado para que eu não fosse entregue aos judeus. Mas, assim como é, o meu reino não é desta fonte.” 37 Portanto, Pilatos disse-lhe: “Pois bem, és tu rei?” Jesus respondeu: “Tu mesmo estás dizendo que eu sou rei.”

Jesus disse a respeito de seu já existente Reino: “Meu reino não faz parte deste mundo.” ““Meu reino não é dos domínios de baixo.” “Meu reino é dos domínios de cima”



Foi por isso que Jesus disse: Se o meu reino fizesse parte deste mundo, meus assistentes teriam lutado para que eu não fosse entregue aos judeus. O reino de Jesus não era dessa alçada ou domínio.


Como analisamos extensivamente em vários artigos, Jeová ungiu Jesus como o Rei “dos domínios de cima” , Rei dos domínios do céu.
E Jesus foi entronizado (assentou-se no trono) o Rei “dos domínios de cima” , dos céus, quando ele sentou no Trono à destra de Jeová Deus.
Ser Entronizado é sentar no trono, e Jesus sentou no verdadeiro trono de Deus, nos céus (Mateus 5:34, Atos 2:34-36, Col 3:1, Rev 3:21, Hebreus 12:2)
Jesus se tornou o Rei entronizado da Jerusalém celestial, Reis dos reis, Rei da Justiça, Rei da Paz (Salém) (Hebreus 6:20, 7:1-2, 12:22, 1 Tim 6:15).
As miríades de anjos devem dobrar os joelhos no nome de Jesus, o Rei deles. (1 Pedro 3:21,22 Filipenses 2:9-11, Col 2:10, Mateus 28:18, Efésios 1:20-23, Hebreus 1:3-4)

Assim Jesus foi entronizado Rei do Reino do Céu pelo próprio Pai Jeová à quase 2 mil anos atrás.

Fonte:
Domínios e Jurisdições

Tendo em mente isso, vejamos as profecias das árvores....

ExatoVerdade disse...

Quando os "sete tempos" finalizarem Todas as Soberbas árvores que formam seus "corpo de Governantes" de homens para Governar outros homens serão obrigados a reconhecer que eles perderam o REINO DOS DoMínios de BAIXO - DO MUNDO:

Note que a profecia de Ezequiel é análoga à de Daniel:

A árvore cai
Coração do gênero humano, vira de Animal

Analisemos capítulo 31 de Ezequiel (comentários inline)
Note como o relato é paralelo ao descrito em Daniel capítulo 4 - A Grande Árvore.

Ezequiel 31 E aconteceu mais, naquele décimo primeiro ano, no terceiro [mês], no primeiro [dia] do mês, que veio a haver para mim a palavra de Jeová, dizendo: 2 “Filho do homem, dize a Faraó, rei do Egito [Rei do Sul e os que mantém o povo de Deus como escravos] , e à sua massa de gente:
“‘A quem vieste assemelhar-te na tua grandeza? 3 Eis! Um assírio, cedro do Líbano, bonito de galho, tendo mata que oferece sombra [compare com Daniel 4:12], e de alta estatura, de modo que a sua copa veio a estar entre as nuvens [Daniel 4:20]. 4 Foram as águas [pessoas] que fizeram que se tornasse grande; a água de profundeza fez que crescesse alto [Daniel 4:10-12, 20]. Ela foi com os seus rios em volta do lugar em que estava plantado; e enviou seus canais a todas as árvores do campo. 5 Por isso é que cresceu mais alto [Daniel 4:10-12, 20] na sua estatura do que todas as [outras] árvores [Governos / autoridades / Organizações] do campo.
“‘E seus galhos se multiplicavam e seus ramos continuavam a ficar mais compridos por haver muita água nos seus cursos de água. 6 Todas as criaturas voadoras dos céus faziam seus ninhos nos seus galhos e todos os animais selváticos do campo tinham cria debaixo dos seus ramos, e todas as nações populosas moravam à sua sombra. 7 E veio a ser bonito na sua grandeza, no comprimento da sua folhagem, porque o conjunto das suas raízes mostrou estar sobre muitas águas. 8 Os [outros] cedros não se lhe igualavam no jardim [na Terra] de Deus. Quanto aos juníperos, em nada se assemelhavam com respeito aos seus galhos. E os próprios plátanos não se lhe mostravam iguais em ramos. Nenhuma [outra] árvore [governo] no jardim de Deus [planeta Terra] assemelhava-se a ele na sua lindeza. 9 Bonito foi como o fiz na abundância da sua folhagem, e todas as [outras] árvores do Éden que estavam no jardim do [verdadeiro] Deus o invejavam.’
10 “Portanto, assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘Visto que ficaste alto em estatura, de modo que pôs a sua copa até mesmo entre as nuvens, e seu coração ficou enaltecido por causa da sua altura, 11 eu também o entregarei na mão do déspota das nações [Rei do Norte – Império Babilônico]. Sem falta este agirá contra ele [Daniel 11:40 – Rei do Sul invadido]. Vou expulsá-lo segundo a sua iniqüidade. 12 E estranhos, os tiranos das nações, o cortarão, e o povo o abandonará sobre os montes; e sua folhagem há de cair em todos os vales, e seus ramos serão quebrados entre todos os regos da terra. E todos os povos da terra descerão da sua sombra e o abandonarão. 13 Todas as criaturas voadoras dos céus residirão sobre o seu tronco caído [Daniel 4:15] e certamente virá a haver sobre os seus ramos todos os animais selváticos do campo [Daniel 4:23]; 14 para que nenhumas das árvores regadas fiquem altas na sua estatura, nem ponham suas copas entre as próprias nuvens, e para que nenhumas das que bebem água se ergam contra elas na sua altura, porque todas elas hão de ser entregues à morte, à terra lá embaixo, no meio dos filhos da humanidade, aos que descem ao poço.’

==> Continua

Apóstolo TDS disse...

Irmão PV, todos estes textos que o irmão tem mostrado são verdadeiros e creditados em prol do enino novo, que estou pronto para abraçar. Porém, como eu disse, o irmão precisa abordar o outro lado: os textos que dão crédito ao velho ensino. Deves explanar minuciosamente os "sete tempos dos gentios" - quando se inicia e quando terminam. é simples assim.

Quer ver uma outra questão que surge?: não é verdade que as Escrituras indicam que o reinado do Senhor é de mil anos? (Revelação 20:4, 5; ) Então, se é assim, como podemos estar ainda vivendo sob os 'domínios de baixo' - ou vai dizer que os domínios de baixo foram erradicados a mil anos atrás? Ora, irmão PV, já se passaram dois mil anos desde o início do reinado, de acordo com o novo entendimento. Como ainda a 'morte não foi reduzida a nada'?

Apóstolo TDS

ExatoVerdade disse...

15 “Assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘No dia em que descer ao Seol eu hei de causar luto. Por sua causa vou cobrir a água de profundeza, para reter os seus rios e [para] conter as muitas águas; e por sua causa enegrecerei o Líbano, e por sua causa desmaiarão todas as árvores do campo. 16 Hei de fazer as nações tremer diante do ruído da sua queda [Daniel 11:40-43, queda do Rei do Sul - EUA], quando eu o fizer descer ao Seol com os que descem ao poço, e na terra lá embaixo serão consoladas todas as árvores do Éden, as mais seletas e as melhores do Líbano, todas as que bebem água.

17 Elas mesmas desceram junto com ele ao Seol, aos mortos pela espada, bem como os que como sua descendência têm morado à sua sombra no meio de nações.’
18 “‘A quem vieste a assemelhar-te assim em glória e em grandeza entre as árvores do Éden? Mas, certamente se fará que desças com as árvores do Éden à terra lá embaixo. Deitar-te-ás no meio dos incircuncisos com os que foram mortos pela espada. Este é Faraó e toda a sua massa de gente’, é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová.”

Artigo:
A queda dos que Governam , quais árvores

Espiritualmente falando, Nabucodonosor (líder do império político-religioso) retrata os lideres governantes de nações religiosas que dominam sobre os filhos de Deus.

Fisicamente, todos os que Governam homem sobre homem.

Quando tais árvores dominadoras caírem, (Católica, Torre de Vigia, etc,etc) se dará o cumprimento de Rev 11:15

Leia:
Quem Governa o mundo

O Reino do Mundo

ExatoVerdade disse...

Jesus ainda não começou a governar os domínio de baixo!!!!!

REv 11:15 tem cumprimento futuro.

Jesus se tornou REI CELESTIAL EM 33 EC.

O reino dele virá sobre a terra e ai sim se cumprirá Rev 11:15

ExatoVerdade disse...

O Reino de Cristo não é de 1000 anos!!! É de Tempos indefinidos!!!

Daniel 7:14 E foi-lhe dado domínio (33 EC), e dignidade,+ e um reino,*+ para que todos os povos, grupos nacionais e línguas o servissem [PESSOAS DE TOAS AS NACOES - GENTIOS] . Seu domínio é um domínio de duração indefinida, que não passará, e seu reino é um que não será arruinado.

Quando Rev 11:15 se cumprir, Jesus Governará JUNTO COM OS REIS sacerdotes o MUNDO por mil anos ( O Reino terá vindo e dominado a terra - os domínios de BAIXO)

ExatoVerdade disse...

Os mil anos é quando o Reino, já existente, já operacional, e inclusive com embaixada de Jesus Domina o Mundo - quando se cumprir Rev 11:15 - daí em diante

É por isso que Rev 11:15 ainda está por ser cumprir

Jesus recebeu toda autoridade nos domínios de cima - no Céu, conforme ele disse: "meu reino não faz parte deste mundo".


Jesus recebeu o reino celestial em 33 EC e formou embaixadores (representantes) desse reino aqui na terra.
Esses embaixadores (cristãos) são "a representação terrestre do Reino" (presença de Deus por espírito - shekinah)
2 Coríntios 5:20 Somos, portanto, embaixadores, substituindo a Cristo, como se Deus instasse por nosso intermédio. Rogamos, como substitutos de Cristo: “Sede reconciliados com Deus.”

Um embaixador serve para representar um reino ou nação existente e real em um território estrangeiro. - Não existe embaixador se não houver um reino ou nação a ser representada. É por isso que os cristãos possuem sua 'cidadania nos céus' - o reino que eles representam aqui na terra (Fil 3:20)
Os cristãos são embaixadores do reino dos céus, da Jerusalém celestial, cujo rei ou cargo de autoridade máxima dentro desse reino é ocupado pelo rei Davi Maior – o Rei Jesus Cristo., desde 33 EC - Jesus Rei dos Reis

Vai chegar o tempo, quando Rev 11:15 se cumprir que haverá a restauração de todas as coisas quando o Reino de Jesus Cristo vier sobre a terra. O reino do mundo será o reino de Deus e de seu Cristo.

Irá se cumprir Rev 11:15 E o sétimo anjo tocou a sua trombeta. E houve vozes altas no céu, dizendo: “O reino do mundo* [dominios de baixo]tornou-se o reino de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre.”

Note que se fala sobre o REINO DO MUNDO.
Embora a WT afirme que Rev 11:15 se cumpriu no século passado (~1914). Sabemos que o reino do mundo ainda é do Diabo. Rev 11:15 tem cumprimento FUTURO, quando o reino de Cristo e seus embaixadores governarem a Terra....aí haverá a restauração....inicia os 1000 anos

ExatoVerdade disse...

Queira ler:
O Reino do mundo se torna o Reino de Deus, quando?
Neste artigo irei demonstrar a inconsistência e a falácia lógica nos ensinos promulgados pela WatchTower em relação à exegese bíblica.

Para isso analisarei dois trechos encontrados nos livros 'Mantenha-se no Amor de Deus' publicado pela Watchtower Society página 51 e do livro 'Bíblia Ensina' página 217.
----------------------------

[Nota(s) de rodapé]Desde o Pentecostes de 33 EC, Cristo serve como Rei sobre sua congregação de seguidores ungidos na Terra. (Colossenses 1:13) Em 1914, Cristo recebeu autoridade régia sobre “o reino do mundo”. Por isso, os cristãos ungidos hoje também servem como embaixadores do Reino messiânico. — Revelação (Apocalipse) 11:15. (livro 'Mantenha-se no Amor de Deus' página 51)

em outubro de 1914...Jesus Cristo foi empossado como Rei celestial de Deus. ( livro 'Bíblia Ensina,' página 217 )
----------------------------

Assim, a doutrina base da organização alega que:
(A) Jesus Cristo é Rei da congregação cristã desde 33 EC
(B) Em 1914, Jesus se tornou o Rei Celestial (Rei do Reino de Deus)
(C) Em 1914, Jesus se tornou o rei do mundo
(D) Como Jesus se tornou Rei do mundo em 1914, a partir daí (“por isso”), os cristãos ungidos hoje também servem como embaixadores do Reino messiânico

Chamemos esses itens de alegações da Torre '(A)', '(B)' ,'(C)' e '(D)'.

Note o detalhe: a Torre de Vigia admite que Jesus recebeu um reinado desde 33 EC. Mas que, segundo ela, esse reinado era apenas “sobre a congregação de ungidos na terra” (a jurisdição).
Daí, segundo a Torre, em 1914 Jesus se torna o Rei Celestial.
E também, segundo a Torre, Jesus se torna o rei do mundo a partir de 1914.Note que a Torre cita o texto de Rev 11:15.

Agora vamos por em práticas as palavras de 1 João 4:1, onde lemos:
“Amados, não acrediteis em toda expressão inspirada, mas provai as expressões inspiradas para ver se se originam de Deus”

Vamos por esse ensino de 1914 à prova:
Como a própria Organização Torre de Vigia (ambiguamente) admite em suas publicações, Jesus se tornou Rei em 33 EC (livro 'Mantenha-se no Amor de Deus' página 51). A questão agora é a seguinte:

Jesus se tornou Rei do que e de quem? Quem eram os súditos de Jesus Cristo desde 33 EC? Qual era a jurisdição do reinado que Jesus recebeu a partir de 33 EC? Era Jesus Rei apenas da congregação de ungidos conforme afirma a Torre?

Usemos as Escrituras para responder a essas perguntas:

1 Pedro 3:21, 22 Ele [Jesus] está à direita de Deus, pois foi para o céu; e foram-lhe sujeitos anjos, e autoridades, e poderes.

Assim vemos que também os anjos foram sujeitos, subordinados à Cristo, de modo que os editores do livro da organização deixaram de lado, desprezaram, a seguinte verdade Bíblica:

Desde o Pentecostes de 33 EC, Cristo serve como Rei sobre os anjos no céu.

Note o texto abaixo:
Lucas 2:13 E, repentinamente houve com o anjo uma multidão do exército celestial, louvando a Deus.

Ou seja, a partir de 33 EC essa “multidão do exército celestial”, de anjos, ficou sujeita ao Rei Jesus Cristo.

Sabe o que essa “multidão do exército celestial” deve fazer “no nome de Jesus Cristo”? Veja a resposta:

Filipenses 2:9 Por esta mesma razão, também, Deus o enalteceu a uma posição superior e lhe deu bondosamente o nome que está acima de todo [outro] nome, 10 a fim de que, no nome de Jesus, se dobre todo joelho dos no céu, e dos na terra, e dos debaixo do chão, 11 e toda língua reconheça abertamente que Jesus Cristo é Senhor, para a glória de Deus, o Pai.

Portanto a “multidão do exército celestial” - dos no céu, dobra os joelhos no nome de Jesus, o Rei deles!!

Jah ,ainda no primeiro século, enalteceu o seu Filho Jesus numa posição superior, acima de todos os demais que vivem no céu! Jesus se tornou o Senhor de todos, inclusive dos que vivem no céu e não apenas da congregação de cristãos na terra! (Mateus 28:18)

...continua no artigo

Apóstolo TDS disse...

Ok, "o reino de Cristo não é de 1000 anos!!!"

Mesmo ao ler o texto que declara essa "verdade" - pois é assim que nós, TJ, cremos - observei uma nova verdade no texto. Gostaria de que o irmão A2 prestasse atenção no que irei declarar agora acerca deste texto, o que fala dos 'mil anos de governo do Cristo'. Vamos lê-lo na íntegras:

"E eu vi tronos, e havia os que se assentavam neles, e foi-lhes dado poder para julgar. Sim, vi as almas dos executados com o machado, pelo testemunho que deram de Jesus e por terem falado a respeito de Deus, e os que não tinham adorado nem a fera nem a imagem dela, e que não tinham recebido a marca na sua testa e na sua mão. E passaram a viver e reinaram com o Cristo por mil anos. Os demais mortos não passaram a viver até terem terminado os mil anos.) Esta é a primeira ressurreição."

O texto especifica uma quantidade de anos em que os humanos que foram - ou serão - convidados a 'reinar com o Cristo'; isto é: mil anos. Em outras palavras, o texto não diz que é o Cristo que reina por apenas mil anos. Mas são os humanos que reinarão com ele e, quando assumirem suas posições - entronização - reinarão por mil anos.

Apóstolo TDS

ExatoVerdade disse...

Esse tempo especifico de 1000 anos se refere ao tempo em que o reino do mundo deixa de ser do Diabo e passa a ser HERDADO pelos REIS DA TERRA escolhidos por Deus:


Os Filhos de Deus herdam o Reino da Terra

ExatoVerdade disse...

O período de 1000 anos se referem quando o reino do mundo virar o reino de Jesus e os atuais embaixadores (representantes do Reino do céu - cujo Rei é Jesus) reinarem com Cristo. A tenda de Deus, quer dizer, o Templo de Deus formado de todos os cristãos estará com a humanidade, "governando" à maneira de Cristo (servindo) (Rev 5:10, 1 Cor 3:16)

Linha do Tempo:

||
V
||
"Senta a minha direita, até que todos os inimigos estejam subjugados"
33 EC:::::[Cristo é entronizado rei do Céu] [Embaixadores no país estrangeiro=> mundo]
||(Construção do Templo pelo Shekinah - ES)
||
||
||(reino do mundo sob Diabo)
|| (Embaixada ou Templo de Deus no mundo - 1 Cor 3:16)
||
||(Rei "Davi Maior" termina o Templo de Deus - 1 Cor 3:16)
||==> Reino do mundo se torna o Reino de Cristo (Rev 11:15)
||A tenda de Deus (Nàos) - o Templo (1 Cor 3:16) está com a humanidade - reis e sacerdotes herdam a terra
||
||(mil anos: os embaixadores ou "tenda de Deus" viraram reis e sacerdotes com Cristo)
||
||(E quando seus inimigos estiverem debaixo de seus pés...)
(+) Todos os inimigos subjugados (Fim do Diabo, Morte, Hades)
(OO) Quando todas as coisas lhe forem sujeitas, o Cristo se Sujeita à Jah- Deus é tudo em todos

Anônimo2 disse...

Bem..o inexato deu seu jeitinho brasileiro de acabar o debate e transferiu seu blog para cá.Enfim,isso aí é o seu ponto de vista!entendeu direitinho,apóstolo?

O que é mais simples do que isso?
Um debate se leva ponto a ponto,mas quando alguém se derrama como vejo aqui então se vai começar por onde?

Anônimo disse...

Solange disse :

Na minha humilde opinião o Paulo Vicentini tem a demonstrado a verdade de uma forma que deixou o a2 sem argumentos , tanto é que não sabe como começar . Como assim o cara se derrama ? Você saiu do debate e a reunião continuou com o apóstolo que creio eu teve parte de suas duvidas sanadas.
O argumento do Paulo é altamente conciliável , embora a questão dos tempos dos gentios tenha sido meio evasiva. Não sei porque ele não utilizou a argumentação da causa e efeito , exposta neste estudo cabal abaixo:

http://exatoverdade.blogspot.com.br/2012/10/os-tempos-dos-gentios.html

Posso pedir humildemente que opinem sobre este estudo quanto aos 42 meses dos gentios ?

Solange

Ednilson Sacramento Silva disse...

Meu irmão Apóstolo, estas tuas palavras foram plenamente coerentes, pois dissestes:

Para desconstruir um dogma - ou ensino - não é tão simples e fácil quanto se pensa ou se pareça.

Certamente o irmão se lembra do nosso Mestre Jesus.

Ele afirmou no chamado "sermão do monte":
(Mateus 5:38-39) 38 “Ouvistes que se disse: ‘Olho por olho e dente por dente.’ 39 No entanto, eu vos digo: Não resistais àquele que é iníquo; mas, a quem te esbofetear a face direita, oferece-lhe também a outra.

Os estudiosos das "Escrituras" sabiam da base dos mandamentos dados por Moisés.

Qual era a base?? Não tenha dó, tendes de fazer a teu próximo aquilo que ele fizer contra você.

Segundo o mandamento de Moisés, aquele apontado por Jesus (dente por dente), a vingança, que é o fruto do ressentimento, não era um pecado.

No entanto eu vos digo??

Nas "Escrituras" constava o mandamento autorizando a vingança e o ressentimento.

Jesus, você está falando contra as "Escrituras"??

Coloque-se agora no lugar de Jesus. Retransmita esta informação que você recebeu de Jeová para estes homens que idolatram Moisés.

Você sabe qual vai ser a reação destes servos do Deus Altíssimo, não sabe??

Eles lhes diriam:
- Você esta querendo dizer que a informação dada por Moisés é uma mentira???

- Você está querendo dizer que a vingança é um pecado??

- A vítima ainda tem de perdoar o iníquo ofensor??

- Ora, veja o que as "Escrituras" dizem.

- Davi guardou ressentimento e pediu para Salomão agir qual vingador, pedindo que este fizesse Simei descer com sangue ao Seol. Jeová continuou tratando Davi como Seu servo. Jeová manteve o trato com Davi. Jeová não mantém tratos com iníquos, não é verdade??

Decerto, haveria um caminhão de perguntas bem fundamentadas nas "Escrituras" que seriam feitas por tais estudiosos.

Realmente, destruir "somente" este dogma (ensino) já representaria um grande desafio, sem falar no iminente risco de perder a vida.

Anônimo2 disse...

Kianba solange.

O cara desembesta para calar o outro.Quando você fala das boas novas para um pastor evangélico é assim que eles,os "ungidos pastores" evangélicos,reagem.

Este estudo dele está repleto de inexatidões.No entanto,você acredita mais nesse "grito" do que na voz suave de Jeová.

Portanto,eu não fugi nada.Quer continuar comigo por ele? ele é que não quiz mais e deixou isso bem claro lá atrás!

Minhas atividades são muitas,
é por isso que eu tenho exposto o inexato pouco a pouco.

Ele fugiu das regras de um bom e esclarecedor debate.

Confundiu vocês ainda mais,eu não confundo,quando eu falo todos entendem.Jesus quando falava não fazia como estes falastrões fazem.

Quantidade não quer dizer verdade.

Anônimo disse...

A dura verdade é que a Sociedade Torre de Vigia encara a rejeição da cronologia que aponta para 1914 como um pecado que tem conseqüências fatais. Afirma-se que o estabelecimento do reino de Deus no fim dos “tempos dos gentios” é “o mais importante evento de nossos tempos”, diante do qual “todos os demais eventos perdem a importância.”[3] Aqueles que rejeitam o cálculo incorrem na ira de Deus. Entre estes, estão “os clérigos da cristandade” e seus membros que, por não endossarem essa data, são acusados de terem rejeitado o reino de Deus e por isso “serão destruídos na iminente “grande tribulação.”[4] Membros das Testemunhas de Jeová que questionem ou rejeitem abertamente o cálculo, correm o risco de serem tratados de maneira muito severa. Se não se arrependerem e não mudarem de idéia, serão desassociados e classificados como “apóstatas” iníquos, que “vão, ao morrerem, . . . para a Geena”, sem qualquer esperança de uma ressurreição futura.[5] Não faz qualquer diferença se estas pessoas continuam a acreditar em Deus, na Bíblia e em Jesus Cristo. Quando um dos leitores de A Sentinela escreveu e perguntou, “Por que desassociaram (excomungaram) as Testemunhas de Jeová por apostasia a alguns que ainda professam crer em Deus, na Bíblia e em Jesus Cristo?”, a Sociedade respondeu, entre outras coisas:
A associação aprovada com as Testemunhas de Jeová requer a aceitação de toda a série dos verdadeiros ensinos da Bíblia, inclusive as crenças bíblicas singulares das Testemunhas de Jeová. O que incluem tais crenças? . . . Que 1914 marcou o fim dos Tempos dos Gentios e o estabelecimento do Reino de Deus nos céus, bem como o tempo da predita presença de Cristo. [o itálico é meu][6]

Portanto, nenhuma pessoa que rejeita o cálculo segundo o qual os “tempos dos gentios” terminaram em 1914 é aprovada pela Sociedade como uma das Testemunhas de Jeová. Aliás, mesmo aquele que abandona secretamente a cronologia da Sociedade e possa ainda ser oficialmente considerado como uma das Testemunhas de Jeová, na realidade já rejeitou a mensagem essencial da Sociedade Torre de Vigia e, segundo o próprio critério da organização, não faz mais realmente parte do movimento.
Como começou esta pesquisa
Não é, pois, tarefa fácil uma Testemunha de Jeová questionar a validade deste cálculo profético básico. Para muitos crentes, principalmente num sistema religioso fechado como a organização Torre de Vigia, o sistema doutrinal funciona como uma espécie de “fortaleza” dentro da qual eles podem procurar abrigo, sob a forma de segurança espiritual e emocional. Se qualquer parte dessa estrutura doutrinal é questionada, tais crentes tendem a reagir emocionalmente; adotam uma postura defensiva, sentindo que sua “fortaleza” está sob ataque e que sua segurança está ameaçada. Este mecanismo de defesa torna muito difícil para eles escutarem e examinarem objetivamente os argumentos relacionados ao assunto. Inconscientemente, sua necessidade de segurança emocional tornou-se mais importante para eles do que seu respeito pela verdade.

tjcurioso

Anônimo disse...

IRMÃO CARETA DIZ:

SEGUNDO O ENSINO DA TORRE DE VIGIA, E O ENSINO DOS ADVENTISTAS, O REI NABUCODONOZOR ESTEVE AFASTADO DO REINO, COMENDO CAPIM COM OS ANIMAIS, DURANTE 2.520 ANOS.
ISTO QUE EU ESCREVI É PURA VERDADE.
Veja bem. Em Daniel 4:32;diz que o Rei Nabucodonozor,ia ficar afastado do seu reino,e ia viver com os animais do campo,durante sete tempos.
Cada tempo na profecia bíblica equivale a um ano.
Veja em Daniel 11:13;que diz:”Porque o rei do norte tornará,e porá em campo uma multidão maior do que a primeira; e ao cabo de “tempos,”isto é,de anos,”virá a pressa com grande exército e com muita fazenda.”
AQUI ESTÁ CLARO QUE TEMPOS NA PROFECÍA BÍBLICA, SIGNIFICA ANOS.
Da para todas as pessoas entender que, os sete tempos em que o rei Nabucodonozor esteve afastado do seu reino, são apenas sete anos.
Mas, os adventistas pegam os três tempos e meio que estão em Daniel 7:25;e fazem uma segunda interpretação,e dizem que são 1260 anos.
Por outro lado, a torre de vigia, pegam os sete tempos de Daniel 4:32;e também fazem uma segunda interpretação,dizendo que são 2520 anos.
“ESTE MUNDO ESTÁ BEM SEMELHANTE AO TEMPO DE NOÉ,QUANDO TODOS SE CORROMPERAM,E DEUS SÓ PODE SALVAR 8 PESSOAS.
Os que mais pregam de casa hoje,são os mais enganadores da humanidade.
CERTA VEZ EU LI UM ARTIGO DOS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA, QUE FASIA A MAIOR CRÍTICA CONTRA A TORRE DE VIGÍA, DIZENDO QUE OS SETE TEMPOS DE DANIEL, ERA APENAS SETE ANOS, O TEMPO QUE NABUCODONOZOR ESTEVE AFASTADO DO TRONO, E DIZIAM ELES, QUE A TORRE DE VIGIA, HAVIA DADO UMA SEGUNDA INTERPRETAÇÃO.

Agora, eu pergunto. Porque os adventistas, se apegam aos três tempos e meio de Daniel 7:25;que são apenas 3 anos e meio,e depois dizem que são 1260 anos, fazendo também uma segunda interpretação?
Quando em apoc. 12: v.14; fala-nos sobre os três tempos e meio, no verso 6 do mesmo capítulo,nos fala como 1260 dias,
Estes dias não são dias anos, porque já vem interpretado de Daniel 4:32;e 7:25;e11:13;
NEM A TORRE DE VIGÍA, NEM OS ADVENTISTAS, O TÊM DIREITO PERANTE DEUS, DE FAZER UMA SEGUNDA INTERPRETAÇÃO DE DANIEL 4:32;OU 7:25;.
Nós sabemos que cada dia na profecia equivale a um ano, de acordo com Ezequiel 4:6; mas não é o caso de Apoc. 12:6;
Veja que em Apoc. 11:9; fala-nos de três dias e meio.
Aqui sim. Cada dia significa um ano.
Então são 3 anos e meio,que é os mesmos três tempos e meio de Dan.7:25;
Em apoc. 11: 2; fala-nos de 42 meses, que se somados em meses de 30 dias, são exatamente 1260 dias, ou 3 anos e meio,que foram interpretados dos três dias e meio.Se falarmos que esses 1260 dias literais seja anos,automaticamente estamos dizendo que o rei Nabucodonozor esteve afastado do trono comendo capim com os animais, por 2520 anos.
Porque, se três tempos e meio, são 1260 anos, então os sete tempos, seria 2520 anos.
A VERDADE É QUE, TANTO AS CHAMADAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ ESTÃO ENGANANDO A HUMANIDADE, COMO TAMBÉM OS ADVENTISTAS VIVE ENGANADOS E ENGANANDO OUTROS.

IRMÃO CARETA

Anônimo disse...

IRMÃO CARETA DIZ:

Concluindo: O fundador das Testemunhas de Jeová, saiu do protestantismo Calvinista, passou pelo adventismo, adaptou algumas coisas e criou sua própria religião, com regras tais que fazem seus fiéis ficarem la, quietinhos, esperando pela próxima publicação.
Fonte(s):
Fui TJ por 22 anos.

não uso drogas

IRMÃO CARETA

Ednilson Sacramento Silva disse...

PRESUMIR - O que é?

O dicionário Houaiss assim define:
presumir
v. (sXIII) 1 t.d. tirar uma conclusão antecipada, baseada em indícios e suposições, e não em fatos comprovados; conjecturar, supor 2 t.d. supor antecipadamente; prever, pressupor, achar 3 t.d. m.q. pressupor ('fazer supor') 4 t.d. desconfiar de; suspeitar 5 t.d. formar ideia sem base real; imaginar, pensar, supor 6 t.i. e pron. ter presunção ou vaidade; vangloriar(-se) ¤ etim lat. praesúmo,is,praesumpsi,praesumptum,ère 'tomar antes do tempo, fazer juízo antecipado, conjecturar, suspeitar, julgar, presumir' ¤ sin/var ver sinonímia de achar

TUDO LEVA A CRER QUE.......

O PROFETA QUE PRESUMIR

(Deuteronômio 18:20-21) 20 “‘No entanto, o profeta que presumir de falar em meu nome alguma palavra que não lhe mandei falar ou que falar em nome de outros deuses, tal profeta terá de morrer. 21 E caso digas no teu coração: “Como saberemos qual a palavra que Jeová não falou?”

POR QUE O PAI NÃO IMPEDE O PROFETA DE FALAR??

Por que o Pai permite que o profeta desencaminhe a muitos??

Os muitos desencaminhados ACREDITAM no profeta.

As afirmações dos profetas são cheias de lógica e possuem base bíblica.

Os muitos desencaminhados DEFENDEM o profeta.

Não podemos fugir da verdade.
Estamos sendo testemunhas das previsões de Jeová em relação ao comportamento dos humanos quando colocados sob certas circunstâncias.

Anônimo disse...

IRMÃO CARETA DIZ:
EDENILSON , QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE TUDO ISTO , EM RELAÇÃO A DATAS QUE NÃO SÃO PERMITIDAS ESPECULAR , E QUANTO Á ESCRAVIZAÇÃO DAS PESSOAS PELA RELIGIÃO ?

IRMÃO CARETA

Ednilson Sacramento Silva disse...

Meu amado irmão Careta, também sou um dos frutos produzidos pelo "escravo".
No entanto eu condeno o autoritarismo, seja ele praticado por quem quer que seja.

A liberdade de expressão é um dos resultados imediatos de uma relação intermediada pelo livre-arbítrio.

Jeová é o criador do livre-arbítrio, logo, Ele não é um Tirano.
Logo, eu concordo com o Pai.

Viver o dia a dia com base no livre-arbítio trará problemas.

No entanto, o humano é fruto da informação que está dentro de sua mente e na qual ele acredita e concorda.

Em relação às datas, passei a não mais me preocupar com elas, pois tenho muito o que aprender e gosto muito do que tenho aprendido.

Aquele que fica muito preocupado com uma data, revela o desejo de deixar de fazer o que está fazendo.

Jesus nos pediu para não ficarmos preocupados com o dia.
Ele nos pediu para continuarmos a fazer o que nos foi mandado fazer.

Uma criança nunca se preocupa em relação a hora em que ela tem de parar de brincar. Antes, ela se preocupa com a hora em que ela começará a brincar. Ela não deseja parar de brincar.

Aquele que amar fazer as coisas que o Mestre Jesus nos pediu para fazer também não desejará parar de fazer.

Quanto a escravização das pessoas pela religião, isto ocorre em todos os segmentos.

Isto é um problema de imaturidade humana.
Ele deseja fazer parte de um grupo entre muitos grupos.
Ele ainda não consegue ampliar a sua família a todos os humanos.

Jesus nos pediu para não desejarmos ser filhos de algum ilutre humano. Jesus nos revelou que somos filhos do Pai.

Eu sou filhodo Pai, você é filho do Pai, o irmão Apóstolo é filho do Pai, todos os demais irmãos aqui são filho do Pai, assim como os muçulmanos também são filhos do Pai e os católicos também são filhos do Pai.

Se todos os humanos se sentirem filhos do mesmo Pai, passarão a ver todos os demais humanos como seus REAIS irmãos.

Por enquanto os humanos têm se separados como filhos de "A", filhos de "B", filhos de "C" em seus grupos religiosos, considerando irmãos somente aqueles que fazem parte do seu grupo religioso. Para onde isto leva??
Para a divisão que hoje existe.

Como curar o humano??
Somente através de "informação", pois somos frutos de "informação".
Se a informação for correta e o entendimento for correto haverá unanimidade como Pai, que é a fonte da verdadeira informação.

Agora me fale das suas opiniões em relação a tais assuntos.

Anônimo disse...

Solange disse :

O irmão careta quer dizer que após os governos se assentarem de forma escrachada no papel de religião se passarão 7 anos literais até o reino de Jah , do Filho ,e dos embaixadores ser estabelecido nos dominios de baixo , atendendo a oração modelo que diz:

Seja feita a sua vontade na terra como no céu.

Solange

Anônimo disse...

IRMÃO CARETA DIZ :
Atualmente creio que existiu a palavra de Deus um dia , mas se perdeu , foi adulterada pelos poderosos senhores do mundo e seus escribas como Jeronimo , se temos a bíblia de hoje (que todos discutem sem chegar á uma conclusão clara)devemos isso á Contantino e a igreja católica ,instituições religiosas fizeram um acordo com laços sempiternos inserindo dogmas e princípios para escravizar a população , levando-os cativos para produzir uma nova ordem mundial , conseguiram enganar todos fazendo com que estes creiam , por intermedio dos construtores de templos (pedreiros - masons) de que é necessário , fazer parte destas fraternidades que consideram templos aqueles feitos com um esquadro e um compasso , o Filho veio ensinar que não era necessário mais religião , ele derrubou o templo e o reconstruiu em 3 dias , sendo Ele mesmo a pedra angular.

Medite no texto abaixo e note que não há nada de novo debaixo do sol:

"Porque nós não somos falsificadores da palavra de Deus, como tantos outros; mas é com sinceridade, é da parte de Deus e na presença do próprio Deus que, em Cristo, falamos." (II Cor. 2:17/RC)

O que desejo tratar com os irmãos não é nada novo. Aliás, como disse Salomão, não existe nada novo debaixo do céu. O que o diabo tem procurado fazer hoje para prejudicar a obra prima de Deus foi o mesmo que fez no Éden quando o homem caiu. Os métodos do diabo nunca mudaram, eles apenas foram aperfeiçoados. Sua própria personalidade denuncia os seus métodos. Alguns dos atributos dele são facilmente percebidos, como: farsante, embusteiro, enganador, fraudulento, mentiroso, maligno e tantos outros adjetivos que nos revelam não somente quem ele é, mas como age. E um atributo da sua natureza que mais tem sido utilizado, no intento de tentar destruir o povo de Deus, é a falsificação. Ele é o grande falsificador. E sua maneira mais audaciosa para tentar levar pessoas a morte eterna chama-se: falsificação da Palavra de Deus. Não se assuste com este termo, pois tudo na vida pode ser falsificado, inclusive as Escrituras. Todavia os eleitos de Deus não poderão ser enganados (Mt. 24:24).

{Os caras errados sempre deixam uma brecha , note que a bíblia tem 66 livros ....que denota imperfeição , os falsos ensinos estão muito mais entrincherados do que imaginavamos}

IRMÃO CARETA

Ednilson Sacramento Silva disse...

Bem meu amado irmão Careta, veja a palavra de Jeová revelando a responsabilidade da adulteração da palavra saída da Sua boca.

Note que Jeová não revelou que havia sido o Diabo o culpado por adulterações nas "Escrituras".

Assim falou Jeová: (Isaías 24:4-6) 4 A terra pôs-se a prantear, desvaneceu-se. O solo produtivo murchou, desvaneceu-se. Definharam-se os altos do povo da terra. 5 E a própria terra foi poluída sob os seus habitantes, pois deixaram de lado as leis, MUDARAM O REGULAMENTO, violaram o pacto de duração indefinida. 6 Por isso é que a própria maldição consumiu a terra e os que habitam nela são considerados culpados. Por isso é que os habitantes da terra diminuíram em número e restaram muito poucos homens mortais.

Assim verte a Tradução Almeida: (Isaías 14:4-6) 4 A terra pranteia e se murcha; o mundo enfraquece e se murcha; enfraquecem os mais altos do povo da terra. 5 Na verdade a terra está contaminada debaixo dos seus habitantes; porquanto transgridem as leis, MUDAM OS ESTATUTOS, e quebram o pacto eterno. 6 Por isso a maldição devora a terra, e os que habitam nela sofrem por serem culpados; por isso são queimados os seus habitantes, e poucos homens restam.

A PALAVRA ORIGINAL DE JEOVÁ FOI PROFANADA, foi adulterada por humanos pactuados com o próprio Jeová. Quão grave isto revela ser??

Jeová revela os culpados:

Assim verte a Tradução Brasileira: (Jeremias 8:8-9) 8 Como dizeis: Nós somos sábios, e a lei de Jeová está conosco? Mas, na verdade, eis que A FALSA PENA DOS ESCRIBAS A CONVERTEU EM MENTIRA. 9 Os sábios são envergonhados, espantados e presos; REJEITARAM a palavra de Jeová, e que sabedoria é essa que eles têm?

Ora, ora, de quem estava Jeová falando??
Jeová estava falando daqueles humanos, seu povo, com quem Ele estava habitando.

Estes humanos REJEITARAM a informação dada por Jeová em como eles deviam viver o dia a dia entre os iníquos.

A LEI DE JEOVÁ FOI CONVERTIDA EM MENTIRA PELA PENA FALSA DO ESCRIBA. Jeová deixou aberta ao humano a possibilidade deste praticar tais ações contra a Sua lei?? Sim, deixou. Mas Jeová não impediu?? Não, Ele não impediu.

Havia um confronto entre sabedorias.
Havia um confronto entra a sabedoria humana e a sabedoria de Jeová...

Anônimo disse...

O que é o tempo dos gentios ?
É o tempo que vai desde a queda de Jerusalém e seu rei (que o leitor use de discernimento)até que o reino de Cristo seja estabelecido sobre a Terra.
Atualmente são os gentios que dominam e os do povo de Deus ainda estão debaixo de seus pés ou submetidos a sua força.
O tempo dos gentios ainda não findou. Esta é minha opinião atual.

Sob questões de datas! Não creio que preciso de datas para crer em Jesus, seu reino ou entender que seu reino é eminente.

No demais, é isso. Abraços.

Tjcurioso

Anônimo disse...

IRMÃO CARETA :

Se Deus permitiu esta intervenção , ele não diria que a verdade não está longe de cada um de nós , e decretasse que os cegos tateassem por ela se esta não existisse , Jah não morava no coração e mente dos escribas , provavelmente os mesmos eram filhos do diabo e faziam a vontade dele.

IRMÃO CARETA

Ednilson Sacramento Silva disse...

Meu amado irmão Careta, agora em relação a esta afirmação do irmão com a devida base bíblica.

"Porque nós não somos falsificadores da palavra de Deus, como tantos outros; mas é com sinceridade, é da parte de Deus e na presença do próprio Deus que, em Cristo, falamos." (II Cor. 2:17/RC)

Será que a sinceridade resolve o problema??

Note esta afirmação do nosso amado irmão Paulo:

COISA TERRÍVEL É CAIR NAS MÃOS DO DEUS VIVENTE??

(Hebreus 10:26-31) 26 Pois, se praticarmos o pecado deliberadamente, depois de termos recebido o conhecimento exato da verdade, não há mais nenhum sacrifício pelos pecados, 27 mas [há] uma certa expectativa terrível de julgamento e [há] um ciúme ardente que vai consumir os que estão em oposição. 28 Qualquer homem que tiver desconsiderado a lei de Moisés morre sem compaixão, pelo testemunho de dois ou três. 29 De quanto mais severa punição, achais, será contado digno aquele que tiver pisado o Filho de Deus e que tiver considerado de pouco valor o sangue do pacto com que foi santificado, e que tiver ultrajado com desdém o espírito de benignidade imerecida? 30 Pois, conhecemos aquele que disse: “Minha é a vingança; eu recompensarei”; e, novamente: “Jeová julgará o seu povo.” 31 COISA TERRÍVEL É CAIR NAS MÃOS DO DEUS VIVENTE.

Veja que Paulo, um sincero estudioso das "Escrituras" foi buscar bases bíblicas para poder chegar a esta conclusão.

O que o nosso amado irmão Paulo afirmou a respeito do comportamento humano da nação santa??
Ele afirmou:
1 - Qualquer homem que tiver desconsiderado a lei de Moisés morre sem compaixão
2 - Aquele que transgride a Lei de Moisés, sendo-lhe provado com duas ou três testemunhas, morre sem misericórdia;

Bem, isto era o que acontecia segundo a lei de Moisés. O nosso irmão Paulo, sendo um profundo estudioso das “Escrituras” e defensor da “lei de Moisés” revelava ser uma testemunha deste comportamento adotado pela nação santa em relação ao pecador. O nosso irmão Paulo era partidário e defensor de tal comportamento.

Depois destas palavras, e passando a usá-las como base, Paulo passa a externar a forma como devem ser vistos aqueles que ofendem a Jesus depois de serem informados das palavras de Jesus.
Paulo afirmou: Os que fizerem isto são merecedores de uma punição muito mais pesada.
"De quanto mais severa punição, achais, será contado digno aquele que tiver pisado o Filho de Deus e que tiver considerado de pouco valor o sangue do pacto com que foi santificado, e que tiver ultrajado com desdém o espírito de benignidade imerecida?"
Segundo Paulo, a pessoa que passar a ofender Jesus depois de ter recebido o conhecimento sobre as palavras de Jesus, passa a ser merecedora de receber um tratamento bem mais violento do que o previsto na lei de Moisés.

Depois disto Paulo busca palavras nas “Escrituras” para servir de base para esta sua afirmação.
Daí, Paulo apresenta a base bíblica:
Pois, conhecemos aquele que disse: “Minha é a vingança; eu recompensarei”; e, novamente: “Jeová julgará o seu povo.”
Paulo afirma: Pois conhecemos muito bem a Jeová, aquele que afirmou isto e aquilo.

Fechando o seu raciocínio de acordo com as bases apresentadas, o nosso amado irmão Paulo afirmou claramente:
COISA TERRÍVEL É CAIR NAS MÃOS DO DEUS VIVENTE.
Esta é uma frase que é fruto de um raciocínio plenamente lógico e com “base bíblica”.
Sendo Paulo um respeitado estudioso das “Escrituras”, esta afirmação dele deve estar de mãos dadas com a mais pura realidade a respeito da personalidade Jeová.

Será que o nosso irmão Paulo está coberto de razão nesta sua análise e conclusão??

Apóstolo TDS disse...

O que eu gostaria de que fosse esclarecido pelos irmão - excepcionalmente pelo irmão PV, era acerca dos "sete tempos", de Daniel. O irmão Careta fez uma excelente explanação do que líderes religionistas têm feito sobre estes textos em suas interpretações mirabolantes e particulares.

Visto que o irmão PV ainda não soube de quais tempos eu tenho lhe falado, remeto o seguinte link da enciclopédia Estudo Perspicaz das Escrituras para que o mesmo possa dá uma boa explicação para a declaração dos do Corpo dos Governantes, que apontam para 1914 como o fim dos "tempos dos gentios", ou "sete tempos":

http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1200000316#h=10:0-18:350 - veja também o livro Raciocínios à Base das Escrituras, página 108, sob o tópico DATAS.

É a estes tempos, irmão PV, que me refiro. Ao sanar esta parte da profecia que aponta para uma data - no caso, segundo os do Corpo dos Governantes, 1914 - creio que estaremos mais prontificados em estabelecer o novo ensino como sendo a mais nova e lógica verdade. Lembre-se do que eu disse: quero mesmo abraçar o novo entendimento, pois vi muito mais lógica e candura nele.

Apóstolo TDS

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Careta -

Tuas palavras -
Se Deus permitiu esta intervenção , ele não diria que a verdade não está longe de cada um de nós , e decretasse que os cegos tateassem por ela se esta não existisse , Jah não morava no coração e mente dos escribas , provavelmente os mesmos eram filhos do diabo e faziam a vontade dele.

+++++++++++++++++=

Não te esqueças das palavras de Jesus: "A ovelha conhece a voz da Ovelha (ele)".

O que é um mandamento??
É uma solução encontrada pelo Legislador para que as pessoas resolvam os problemas do dia a dia.

Veja a solução dada por Jeová para Moisés e os israelitas resolverem problemas de ofensas entre humanos no dia a dia da nação:

(Levítico 19:18) 18 “‘Não deves tomar vingança nem ter ressentimento contra os filhos do teu povo; e tens de amar o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou Jeová.

Pai, o que isto significa??
Significa que se o Jacob me der um tapa eu devo perdoar ele??

Moisés foi informado que a vingança é um pecado; foi informado que o sentimento que antecede a vingança, isto é, o ressentimento, também era pecado.
Só deseja a vingança quem guarda ressentimento.


Será que Moisés e o povo concordavam com Jeová??

Que outro mandamento foi dado por Moisés e plenamente praticado pelo povo amado??

(Levítico 24:19-20) 19 E caso um homem cause defeito no seu colega, ENTÃO, COMO ELE FEZ, ASSIM SE LHE TEM DE FAZER. 20 Fratura por fratura, olho por olho, dente por dente; a mesma sorte de defeito que ele cause ao homem é que se lhe deve causar.

Além deste mandamento, Moisés entregou ao povo um outro mandamento.

(Deuteronômio 19:18-21) 18 E os juízes têm de pesquisar cabalmente, e se a testemunha for uma testemunha falsa e tiver levantado uma acusação falsa contra seu irmão, 19 ENTÃO TENDES DE FAZER-LHE ASSIM COMO ELE TRAMOU FAZER AO SEU IRMÃO, e tens de eliminar o mal do teu meio. 20 Assim, os remanescentes ouvirão e ficarão com medo, e nunca mais farão no teu meio algo mau como isso. 21 E teu olho não deve ter dó: será alma por alma, olho por olho, dente por dente, mão por mão, pé por pé.

Meu amado irmão Careta, eram
mandamentos opostos, não eram??

Qual dos dois mandamentos produziria pessoas com corações de pedra??

Jeová não é um tirano. Suas ações não são ações de tiranos.

IMPEDIR alguém de fazer alguma coisa é uma ação de tirania, independente do motivo plenamente válido que o tirano possa apresentar. Trata-se de uma ação que ofende o livre-arbítrio.

IMPEDIR é o caminho mais fácil.

Basta IMPEDIR alguém de falar uma mentira para proteger todo o rebanho.

Bastaria que Jeová impedisse o "velho" profeta de mentir ao "novo" profeta. o irmão lembra do caso, não lembra?? O "novo" profeta foi morto por um leão. Jeová afirmou para ele: "Te rebelastes contra o meu mandamento".

ExatoVerdade disse...

Como já descrito aqui:
http://exatoverdade.blogspot.com.br/2012/09/a-queda-dos-que-governam.html
e em outros artigos

O Tempo que foi dado às nações
1) Não começou ANTES da formação da congregação cristã (Lucas 21:24, Rev 11:1,2)
Tanto em Lucas 21:24 e Rev 11:1,2 se referiam a um evento FUTURO em relação aos dias de Jesus

2) O texto de Rev 11:1,2 é fundamental ao considerar "o tempo dado às nações". Tanto Lucas 21:24 e Rev 11:1,2 falam da mesma coisa. E se refere a algo que vem DEPOIS da destruição do TEmplo em Jerusalém. Rev foi escrito ~ 90 EC.

Assim o tempo dado às nações se refere a algo que inicia e termina no período da congregação cristã. Não tem nada a ver com o período "judaico da carne".

Esses tempos dos gentios está intrinsecamente envolvido com o tempo em que os santos (cristãos) são pisados por GENTIOS.

Do ponto de vista espiritual, gentio é todo aquele que não recebeu o espírito santo de Deus. Leia Romanos 2:29, Efésios 2:12

Gentio é o incircunciso no coração que pisa o Templo.

Assim os filhos de Deus estão cativos (Governados) debaixo de "Gentios".

"Saí dela, povo meu"...

Um incircunciso no coração , pisando o Templo de Deus (1 Cor 3:16), é uma "coisa repugnante num local santo"...





Anônimo disse...

IRMÃO CARETA DIZ:

IRMÃO SACRAMENTO O REINO NÃO ESTÁ LONGE DE CADA UM DE NÓS , TATEAMOS POR ANOS ATRÁS DELE , MAS A SIMPLES E SINGELA VERDADE ERA AMAR AO PRÓXIMO COM A TI MESMO E DEIXAR DEUS MORAR EM NOSSA MENTE , JÁ SIMBOLIZARIA AMA-LO DE VERDADE EM ESPÍRITO, POIS O HOSPEDAREMOS , AGORA SE NEGARMOS MORADIA Á JAH , AÍ SIM SE TORNAMOS INIMIGOS DELE , ESQUEÇA TODA LETRA PRODUZIDA PELO SISTEMA RELIGIOSO - POLÍTICO , LEIA NOVAMENTE MEUS COMENTÁRIOS POR GENTILEZA , MEDITE NELES ....

A LETRA MATA ,MAS O ESPÍRITO VIVIFICA (TRADUÇÃO ECUMENICA)

IRMÃO CARETA

ExatoVerdade disse...

Ser pisado pelas nações, significa ser subjugado por gentios, quer dizer, governados por pessoas que não tem o espírito de Deus como habitação.

Levando em conta os fatos históricos e conjugando com as Escrituras, o nome de Deus (Jah Jeová) passou a sofrer extremo vitupério da década de 40, século XX (~ 1940).
Eis o motivo:


A profanação: Levítico 18:21 “‘E não deves permitir que alguém da tua descendência seja devotado a Moloque. Não deves profanar assim o nome de teu Deus. Eu sou Jeová.


Essa é a grande diferença entre "erros doutrinais" , como o próprio dogma de 1914, também já foram dogma "a geração de 1914 que não passará", também outras datas 1874, 1918, 1925, 1975….

Mas se tem algo que Jah detesta é assassinato. Jah detesta sacrifícios de crianças. Sempre detestou no passado. Jeová não mudou: "Sou o mesmo".
Mas foi esse o pecado que levou a "nação de Israel para o cativeiro"
(Levítico 20:1-5, Jeremias 19 3-5)

Assim , para sabermos quando a árvore se tornou realmente podre, olhamos para quando o fruto se tornou realmente podre: década de 1940.

Para acompanhar ainda mais o raciocínio, tal "profanação" se dá justamente no período da Segunda Guerra Mundial (correlação em Daniel 11:29 )

Assim, nessa época o nome de Deus começou a ser profanado. Babilônia "ergueu suas mãos" e venceu - Rev 13:6

Mais detalhes:
os que abandonam o pacto sagrado

Misericórdia ou Sacrifícios à Moloque

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Careta, agradeço tuas palavras. Fique com Jeová e com as palavras que Ele falou para o Seu amado e iníquo povo:

(Jeremias 23:17-20) 17 Dizem vez após vez aos que são desrespeitosos para comigo: ‘Jeová falou: “Paz é o que vós ireis ter.”’ E [a] todo aquele que anda na obstinação de seu coração disseram: ‘Nenhuma calamidade virá sobre vós.’ 18 Pois, quem estava de pé no grupo íntimo de Jeová para ver e ouvir a sua palavra? Quem deu atenção à sua palavra para ouvi-la? 19 Eis que certamente sairá o vendaval de Jeová, o próprio furor, sim, uma tormenta rodopiante. Rodopiará sobre a cabeça dos iníquos. 20 A ira de Jeová não recuará até que ele tenha executado e até que tenha realizado as idéias de seu coração. Na parte final dos dias dareis a isso vossa consideração com COMPREENSÃO.

Os iníquos compreenderão na parte final dos dias, mas somente depois de uma punição.
A punição dada é para que o iníquo admita seu erro. Paulo admitiu o seu erro somente depois de uma punição. Este é o verdadeiro papel da punição de Jeová.
Muitos afirmam que Paulo nem iníquo era.

O Pai ama os Seus iníquos filhos. Ele é "Bondade" em pessoa.
Ele não deseja perder nem um único filho iníquo.

"Eu sou um iníquo, não sou um justo".

Anônimo disse...

Irmão TDS e demais irmãos:

1Co 5-13 > “Removei o homem iníquo - Ednilson Sacramento Silva - de entre vós.”

Burú

Anônimo2 disse...

Estão vendo? está acompanhando apóstolo? Sacramento você foi "ungido" com espírito santo? tjcurioso você passou pelo "evento misterioso" que representa ser ungido por espírito santo?
Se não,todos são gentios!

Viram as afirmações sobre datas dogmática? 1914,1925 etc..

notaram como após isso ele fala sobre uma "tal profanação" nas "visões da cabeça dele" que se deu "por volta" de 1940? Ele tem uma "profecia" baseada nessa data,onde ele afirma categoricamente que se cumprirá entre 2012 à 2015! como 2012 já passou e não deu em nada,agora ele só menciona 2015,porque será?

ou seja,ele faz as mesmas coisas que condena?provavelmente quando chegar 2015 e nada acontecer,dará um jeitinho brasileiro.

Tudo o que ele disse após ter encerrado o debate,"sentar-se à direita.." "subjugar os inimigos" etc.. se enquadra perfeitamente também na data de 1914,a única diferença de "ensino" é que o dele é retroativo porque "entende" que o reino espiritual sobre a congregação ungida(a casa de jacó,a barraca de Davi,que governava sobre a casa de jacó))com o reino de mil anos.,são a mesma coisa mas nós somos mais minuciosos nisso,são formas,ou expressões diferentes de reinado.No entanto,eu havia dito que é o direito de cada um escolher o que lhe convém.Mas dizer que a associação não tem base é uma atitude no mínimo altiva.

Veja a questão dos tempos dos gentios.

Qualquer comentarista bíblico sabe que a construção gramatical do grego usada por Jesus em Lucas 21:24 se referia a algo em andamento desde o passado.Ele é a única pessoa na terra que contradiz isso,pesquizem em qualquer lugar e verão o que falo.
Ou seja,a única pessoa no mundo,durante todos os anos que existem pessoas cristãs na terra,ele é o único que recebeu a graça de "entender" isso!

continua com "tempos dos gentios"..

Ednilson Sacramento Silva disse...

Meu amado irmão Burú, filho de Jeová e irmão de Jesus, como estás??

"INTOLERÂNCIA" - DECLARADA INTOLERÂNCIA.

Irmão TDS e demais irmãos:

1Co 5-13 > “Removei o homem iníquo - Ednilson Sacramento Silva - de entre vós.”

Pela declaração, o irmão se considera um homem justo.
Que o Pai te abençoe por isto.

Os perdoadores discípulos do "Perdoador" (Jesus) discordam da forma como o "Perdoador" lidou com os iníquos.
"Perdoador" é aquele que perdoa e perdoa.
"Perdoador" é aquele que ao ser ofendido SEMPRE oferece a outra face.

Os "discípulos perdoadores" parecem estar encantados com as regras dos "justiceiros". Os justiceiros consideram-se justos e abominam o perdão.

(Deuteronômio 13:10-11) 10 E tens de matá-lo a pedradas e ele tem de morrer, visto que procurou desviar-te de Jeová, teu Deus, que te fez sair da terra do Egito, da casa dos escravos. 11 Então todo o Israel ouvirá e ficará com medo, e não mais farão algo semelhante a esta coisa má no teu meio.

O império do terror. Por ficarem com MEDO, eles obedecerão aos mandamentos.

Depois desta ação de intolerância, os discípulos do Perdoador certamente dirão ao Pai:
PAPAI, SEJA FEITA A TUA VONTADE NA TERRA.

- Papai, papai o Senhor pode matar o Teu filho Frinnnme para mim, por favor. Ele está me batendo e está doendo muito. Eu sei que o Senhor é justo.

- Papai, o Teu filho OOOnmm roubou o dinheiro da minha conta poupança. O Senhor pode matá-lo pra mim, por favor. Ele me deixou muito irritado. Eu sei que o Senhor é justo.


Papai, depois que o Senhor matar todos os iníquos, finalmente o Senhor vai poder fazer a Tua vontade na terra.

O Pai responde:
Meu filho, assim como você, o OOOnmm e o Frinnme são Meus filhos. Você esta me pedindo para que Eu mate estes Meus dois filhos para satisfazer a tua vontade??

Meu filho, você ainda não entendeu que a Minha vontade para ser feita na terra depende de você??

Se você não perdoar os teus irmãos, como a Minha vontade se tornará realidade??

Veja amado filho, no Meu projeto, aquele existente em Minha mente, os "filhos" SEMPRE perdoam os "filhos".

Veja amado filho, Eu não devo OBRIGAR você a perdoar os teus irmãos, pois desta forma Eu estaria interferindo no teu livre-arbítrio. Neste caso eu deveria transformar você em um robô.

Amado filho, o perdão é dado. Se houver ressentimento é porque não houve o perdão.

Amado filho, o perdão só é dado a quem comete uma iniquidade. Os justos não precisam ser perdoados.

Amado filho, embora os teus irmãos tenham cometido uma iniquidade contra você, Eu continuo amando-os, pois eles não deixaram de ser Meus filhos amados.

A Minha vontade em relação a estes problemas de relacionamento entre vocês é que SEMPRE haja perdão de uns para com os outros.
Não esqueça que no meu projeto, o filho ama o outro filho como ama a si mesmo.
Se você me amar você vai levar em conta o Meu sentimento por teus iníquos irmãos.

Foi isto o que Eu projetei para o relacionamento humano.

Filhinho, será que você consegue tornar realidade esta minha vontade???

Filhinho, deixar de perdoar também é um pecado. Deixar de perdoar é fazer de si mesmo um iníquo.

Será que você pode repeitar e concordar com esta minha vontade??
Será que você pode transformar este Meu desejo em realidade??

(Mateus 6:14-15) 14 “Pois, se perdoardes aos homens as suas falhas, também o vosso Pai celestial vos perdoará; 15 ao passo que, se não perdoardes, aos homens as suas falhas, tampouco o vosso Pai vos perdoará as vossas falhas.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Meu amado irmão Paulo, muito embora eu procure não me envolver en questões de datas, será que o irmão pode explicar apenas esta afirmação em relação não ter o espírito de Deus como habitação.

Tuas palavras:

Ser pisado pelas nações, significa ser subjugado por gentios, quer dizer, governados por pessoas que não tem o espírito de Deus como habitação.

Suponho o irmão tenha a correta explicação.

Sei que sua expressão pode não representar o "espírito santo" de Deus.

Existe espírito justiceiro, espírito perdoador, espírito de competição, espírito rebelde, espírito da verdade..........

Jeová revelou quais são os seus espíritos.

Será que é por aí??

Anônimo2 disse...

A questão de Revelação 11:1,2.
Nem sempre que bíblia fala do templo se refere aos ungidos em si.
As tjs tem um entendimento mais específico sobre isso.O apóstolo Paulo na carta aos Hebreus mostrou que existe um arranjo típico do antigo santuário que representa coisas celestiais,e nesse caso específico não se relaciona com "o templo de Deus",os ungidos representando esse templo.

Notem a carta aos hebreus 9:9,23.



"cristo entrou,não num lugar santo feito por mãos,QUE É UMA CÓPIA DA REALIDADE,mas no próprio céu,para aparecer agora por nós perante a pessoa de Deus" Heb.9:24

Aqui,o santíssimo,onde apenas o sumo sacerdote podia entrar,representa o céu.

A cortina que separava o santo do santíssimo simbolizava a carne de Jesus-10:19-20. etc..etc..

Paulo diz que existiam outras realidades celestiais ali mas que,naquele momento não iria expor em pormenores.9:3-5.( A shekiná já não se manifestava no templo desde a 1° devastação dele em 607.O templo construido por Zorobabel e principalmente o de Herodes não tinha a Shekiná,por isso Paulo não falou dela entre os querubins ao se referir a estes "muitos outros pormenores).


Bem,parece que Revelação 11:1-2 se refere a esta representação típica(Heb.9:23).


Notem que o que se manda medir é o santuário do templo e o altar e os que NELE ADORAM.Apenas o pátio é dado às nações e desse modo é que a cidade santa é pisada.
O que denotam tais coisas?
É obvio que envolve perseguição de cristão que adoram nesse templo.mas,certamente o pisar de Jesus em LUCAS se referia a algo mais amplo do que este pátio.
Este pisar tem mais a ver com o que Jesus disse em Marcos 10:38-39
(Mateus 26:39,42,João 18:10-11).

Notem:

Jesus após ser ungido passou tres anos e meio sendo "pisado" e profetizando ,bem como dando testemunho do Reino por "mil duzentos e sessenta dias completos",como que vestido de saco.

Semelhantemente as duas testemunhas de Revelação(os cristãos ungidos que sacrificam suas vidas no altar),profetizam por 1260 dias,são perseguidos e mortos em Jerusalem.

Não importa de que modo a associação explica isso,não se refere aos sete tempos.


continua pela manhã





Anônimo disse...

...Continuando..

Visto que a bíblia é um livro tanto histórico como profético,os números fornecidos nela podem ser literais ou simbólicos.O contexto é que revela em que sentido se usa o número.Por exemplo,os seis dias criativos com o sétimo de descanso de Deus se referem todos a "sete dias simbólicos"(uma semana simbólica).

Quando Daniel escreveu seu livro,ele também fala sobre "setenta semanas simbólicas" que duraria um total de 483 anos completos,até que a presença físisca de Jesus,como ungido de Jeová, se manifestasse(Daniel 9:24-25).

É por isso que os "sete tempos" envolviam mais do que apenas "sete anos" de nabucodonosor.Ao usar a expressão "sete tempos" e não "sete anos" simplificado,Jeová estava usando um governante poderoso para inspirar uma profecia maior,ou seja,sete tempos designados.
Atos 17:24-"O Deus que fez o mundo e todas as coisas nele fez de um só homem toda nação dos homens para morarem sobre a suprfície inteira da terra,e decretou OS TEMPOS DESIGNADOS e os limites fixos da morada dos homens"

Jesus falava de um "desses tempos designados" às nações em Lucas.

tentarei então resumir de que modo o entendemos.
continua..

Anônimo2 disse...

.."E Jerusalém será pisada pelas nações até se cumprirem "os tempos designados das nações"

Nós cremos que este pisar começou em 607AEC.

Notem alguns textos..

Jeová havia dito no livro de Reis que Jerusalém "tinha sido rejeitada",quando perguntei ao inexato quando se cumpriu tais palavras ele disse que foi em 33EC.

Daí eu lhe apontei outro texto que indica que não foi.

O segundo texto foi 2 Reis 21:13

"E CERTAMENTE ESTENDEREI SOBRE JERUSALÉM O CORDEL DE MEDIR APLICADO A SAMARIA E TAMBÉM O NÍVEL APLICADO À CASA DE ACABE..VISTO QUE FIZERAM O QUE ERA MAU AOS MEUS OLHOS E ME OFENDERAM CONTINUAMENTE,DESDE O DIA EM QUE SEUS ANTEPASSADOS SAÍRAM DO EGITO ATÉ O DIA DE HOJE"

Jerusalém já tinha sido rejeitada aqui,O mesmo cordel de medir de Samaria que até os dias de Jesus estava sendo pisada pelas nações.(os samaritanos eram pessoas cativas de diversas nações colocadas para morar em samaria,após ser conquistada-pesquisem sobre isso).

A única coisa que impediu Jeová de obliterar tudo e todos nas 12 tribos foi o seu "pacto".Jerusalém teria que existir por mais um tempo para se cumprir as profecias referentes ao cristo.

Daniel 9:27 mostra que mesmo após matarem Jesus este pacto seria mantido por um restante de tempo(Daniel 9:27;veja números 14:11).

Veja o cordel aplicado à samaria:

Isaías 10:5,6 -"Ah! o assírio,a vara da minha ira e o bastão na mão deles para a verberação por mim.Envia-lo-ei contra uma nação apóstata(as 10 tribos que tinha por capital Samaria)e dar-lhe-ei uma ordem contra o povo da minha fúria,para tomar muito despojo e tomar muito saque,e para fazer dele UM LUGAR PISADO como o barro das ruas"(O solo das 10 tribos tornou-se apartir daqui um lugar pisado por nações-surgimento dos samaritanos).

Veja agora o mesmo cordel de medir aplicado à Jerusalém com suas 2 tribos.

Isaías 5:5-6 "E agora,por favor,faça-vos eu saber o que estou fazendo ao meu vinhedo: Haverá a remoção de sua sebe e terá de destinar-se à queima.Terá de haver uma derrocada de seu muro de pedras,E TERÁ DE TORNAR-SE UM LUGAR PISADO..."

Jesus disse em Lucas: Jerusalém será pisada pelas nações ATÉ SE CUMPRIREM OS TEMPOS DESIGNADOS".

Com a destruição do primeiro templo a nuvem shekiná nunca mais foi vista no santíssimo.

Jeusalém até os dias de Jesus estava debaixo desse pisoteio sob nações- A expressão "A cidade do grande Rei" foi retirada do passado,quando a luz shekináh habitava no templo-Salmo 48:2, 135:21.

Bem.. ainda há muita coisa a respeito da "árvore do sonho de nabucodonosor",do cálculo dos sete tempos",A parte histórica da data 607 etc..etc..creio que isso tudo todos já sabem,então não perderemos tempo com o resto.

Apenas mostrei a questão do "pisoteio de Jerusalém e quando começou".

Repito,cada qual que acredite no que quizer.Mas dizer que as tjs não tem uma base bíblica é no mínimo uma altivez descomedida.


Nós não somos os únicos a acreditar nisso,alguém falou isso aí em cima. Também Muitos estudiosos neutros,que estudam sem um cunho religioso ou uma crença cega ,falam sobre isso.
A parte histórica,
crononólogica dos reis de israel,
e tudo mais
vocês que abram a mente e "busquem até achar entendimento",não precisa passar por evento misterioso nenhum.

Anônimo2 disse...

Hoje e talvez durante a semana será muito ruim para mim.Além da reforma da casa e outras atividades mais recebi a péssima notícia de que minha mãe de 85 anos caiu e bateu com a cabeça ontem à noite.Está com um coágulo na cabeça e aguardando ser operada.
Não terei tranquilidade para responder,por enquanto,os argumentos para esta postagem minha.Ainda tinha muita coisa para dizer,mas tive que resumir.Espero que entendam.

Apóstolo TDS disse...

Irmão Sacramento, foi o próprio irmão quem disse que é da classe dos iníquos. Portanto, se o "Burú" te chama assim, usando de 'intolerância', isso é contigo.

Irmão "Burú" - que nome! Esses irmãos têm cada imaginação! - aqui ninguém 'desassocia' ninguém. não sou lídere religionista e nem amo das ovelhas dos Deuses. Se há alguém que possa fazer isso é somente eles. Não há lideres entre nós, okay?

Apóstolo TDS

Apóstolo TDS disse...

Irmão A2, precisamos dá uma definição para essa aparente discrepância que se apresenta com relação à datação dada pela Organização para a quantidade de tempo que se cumpre o 'pisar Jerusalém'.

Observe que, de acordo com nossas crenças, 'jerusalém seria pisada por "sete tempos" e que estes se iniciaram lá em 607 AEC'. Se é assim, que a "Jerusalém" seria pisada por todos os 2520 anos - o tempo que compreendemos representar os "sete tempos", por que Revelação indica:

"Mas, quanto ao pátio que está de fora do santuário do templo, lança-o completamente fora e não o meças, porque foi dado às nações, e elas pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses. - Revelação 11:2.

Deves atentar que 42 meses é o mesmo que os 1260 dias - logo metade dos 2520 anos. Sendo assim, devemos rever nossa datação de qualquer forma. Se acreditarmos que 'Jerusalém tem sido pisada desde 607 AEC e continuou até 1914 (2520 anos)', então por que Revelação, onde quem falou foi o próprio Senhor, indicou apenas metade desse tempo? Deveríamos entender que jerusalém começou a ser pisada após a metade dos 2520 anos, ou seja: após 654 EC? O que tivemos de evento momentoso neste período da História? Será que somos capazes de achar alguma coisa que indique um início de 'pisar' a Jerusalém por volta dessa data?

De qualquer forma, o que quero dizer é que, em nossa datação do 'pisar', levamos em consideração os "sete tempos" de Daniel e não o que Revelação diz explicitamente aqui. Ademais, note o linguajá de Jesus quanto a esse 'pisar':

"[Os judeus que rejeitaram o Messias] cairão [futuro] pelo fio da espada e serão [futuro] levados cativos para todas as nações; e Jerusalém será [futuro ou passado, irmão A2? Não é futuro? É claro que é! Seguindo a lógica do raciocínio do orador, é futuro, assim como aconteceu com os dois primeiros tempos do verbo!] pisada pelas nações, até se cumprirem os tempos designados das nações."

Assim, Jesus, em ambos os seus comentário acerca do 'pisar a cidade santa' (seja ela a Jerusalém celestial ou os representantes dela aqui em terra), Jesus indicou o futuro, não o passado. Desta forma, creio que devamos ter coragem cristã para examinarmos mais detidamente esta questão. Creio que o que está equivocado é relacionarmos os 'pisar' com os "sete tempos" dado por Daniel. Acho que aqueles tempos relatam outras coisas.

Deixo esse raciocínio para ser levado em conta pelos irmãos que têm desejo ardente da verdadeira identidade acerca 'dos tempos épocas que os Deuses colocaram sob suas próprias jurisdições', mas que, assim como Daniel, podemos chegar à verdade dos fatos por pedirmos o entendimento com espírito santo aos nossos Deuses - Atos 1:7; Daniel 9:2.

Apóstolo TDS

Anônimo2 disse...

Tds,
Já expliquei isso lá atrás.
O pisar do "pátio" do santuário não se refere ao que Jesus disse.
E tanto é assim que o tempo desse pisar de revelação não corresponde aos sete tempos.Tem a ver com um simbolismo de linguagem querendo dizer que o que o mestre viveu seus irmãos também vivenciariam.

Marcos 10:38-40 "..Podeis beber o copo que estou bebendo ou ser batizado com o batismo com que estou sendo batizado? Disseram-lhe: "podemos".A isso Jesus disse-lhes: "Bebereis o copo que estou bebendo e sereis batizado com o batismo com que estou sendo batizado.."

O livro clímax de Revelação explica que isso já se cumpriu com os cristãos ungidos,o Paulo inexato explica que isso irá se cumprir.

Independente se já se cumpriu ou não,este texto,Revelação 11:12,não corresponde aos sete tempos dos gentios.Se estes tres anos e meio foram literais ou serão literais não importa eles não correspondem aos "sete tempos".

A frase de Jesus: E JERUSALÉM SERÁ PISADA PELAS NAÇÕES ATÉ SE CUMPRIREM OS TEMPOS DESIGNADOS"

Se encaixa perfeitamente no passado se você não se concentrar apenas no "será" e se lembrar que Jesus estava se referindo ao passado, ele tinha um contexto já em mente.

Por exemplo:

Note a seguinte construção gramatical:

"seu tio será atormentado por dores até ser operado"

Se quem proferiu tal frase foi o médico que JÁ VEM ACOMPANHANDO A DOLOROSA DOENÇA DE SEU TIO então ele simplesmente quer dizer que seu tio vai "continuar" sofrendo até que uma operação lhe alivie a dor.
Esta foi a construção gramatical do grego na frase de Jesus.

Jesus JÁ SABIA de algo em andamento,e por isso ele aludiu ao profeta Daniel umas duas ou três vezes nesta passagem bíblica de Lucas.


Qualquer pessoa que associar a passagem de Lucas com Revelação 11 será a única pessoa na face da terra em todos os tempos a "receber a graça do entendimento",Isso significa que uma pessoa sozinha foi sorteada pelo espírito santo e que nem precisou de "Dois ou três" para Jesus estar presente.Nem as tjs alegaram essa exclusividade.

Apóstolo TDS disse...

"A frase de Jesus: 'E JERUSALÉM SERÁ PISADA PELAS NAÇÕES ATÉ SE CUMPRIREM OS TEMPOS DESIGNADOS'

"Se encaixa perfeitamente no passado se você não se concentrar apenas no "será" e se lembrar que Jesus estava se referindo ao passado, ele tinha um contexto já em mente."


Irmão, se o tempo do verbo usado pelo Senhor fosse mesmo passado, então os dois anteriores também seriam. Observe novamente, só que agora de acordo com o pensamento do irmão:

"[Os judeus que rejeitaram o Messias] cairão [passado] pelo fio da espada e serão [passado] levados cativos para todas as nações; e Jerusalém será [é claro que é tempo passado, pois, de acordo com o entendimento dos do Corpo dos Governantes, o qual é inquestionável, Jesus jamais daria um entendimento a eles que não fosse o correto e, seguindo os dois tempos do verbo anteriores, 'Jerusalém já estava sendo pisada' desde 607 AEC e prossegue o ser 'pisada' até 1014 EC!] pisada pelas nações, até se cumprirem os tempos designados das nações."

Desta forma, indo contra os tempos do verbo no primeiro e no segundo caso, colocando-os no passado, os do Corpo dos Governantes e seus governados religionistas, prosseguem "sempre aprendendo, contudo, nunca podendo chegar a um conhecimento exato da verdade." - 2Ti 3:7, grifo meu.

_______________________________________

É claro que os "tempos dos gentios" (Almeida), ou "tempos designados das nações" (Novo Mundo) nada tem que ver com os sete tempos de Daniel. Se fossem, Revelação indicariam exatamente isto, determinando 2520 "dias" e não epenas metade disso, 1260 "dias". Se Jesus, aqui em Revelação, determinou apenas 1260 "dias" a João, porque teriam que ser o dobro e que, para sustentar essa incoerência, se usa os "sete tempos" de Daniel 4:16?

Desta forma, embora que eu, o apóstolo Testemunha dos Deuses Santos, não esteja sendo designado para profetizar acerca deste detalhe das sagradas verdades - pois o profeta Paulo Vicentini é que fora designado pelo espírito - abro o caminho para uma melhor compreensão dos fatos por apontar esse pequeno detalhe da profecia em questão. Desejo que os irmãos possam levar isso em grande conta ao 'percorrer as Escrituras' com o nobre objetivo de encontrar a verdadeira verdade acerca dos "tempos designados das nações". Que possam se desprender dos grilhões espirituais que foram usados por homens maus em seus atos de escravizar mentes e corações.

Apóstolo TDS

PS;: Veja este link onde demonstra o conceito acerca da quantidade de tempo que compõe os "tempos designados das nações" bem quando foi que eles começaram e baseado em que compreendem assim: http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1200000316?q=tempos+designados+das+na%C3%A7%C3%B5es&p=par

Anônimo2 disse...

tds,
tu tens um péssimo entendimento das escrituras.No decorrer do dia te mostrarei mais uma vez esta bobagem que você disse sobre o verbo futuro usado por Jesus,quer dizer,vou ver se vale à pena"espalhar pérolas..

Não entendeu nada do que o Paulo disse e acreditou no que não entendeu.Afirma que sou escravo do corpo e no entanto me tras um link do corpo.

Estou percebendo a atitude dos pastores ungidos quando questionados e não tem respostas.
Estou te mostrando outras bases do corpo que está muito além da sua estultícia.
Vai falar sobre Enoque e o livro do Capilobo que você sempre terá razão,mas no escopo bíblico os seus espíritos não te "ungiram",você é um gentio incircuciso.

Apóstolo TDS disse...

Irmão A2, chamas-me de 'porco'? (Mt 7:6)

"Afirma que sou escravo do Corpo e no entanto me envia um link do corpo"

Eu sou uma Testemunha de Jeová, meu irmão. E, por isso, uso plenamente os links de minha religião - sobretudo quando é para esclarecer um ensino equivocado posto ali pelos do Corpo dos Governantes. Sendo que sou TJ/TDS, tenho por obrigação esclarecer a verdade, nunca 'indo além do que se encontra escrito nas Sagradas Escrituras'. Neste respeito, não consta nas Escrituras Sagradas que os "tempos designados das nações" equivalem a 2520 anos, mas consta que este período equivale a apenas sua metade, isto é: 1260 dias. Ademais, consta que, do ponto de visto do Maior Instrutor de todos, o nosso Senhor Jesus, os "tempos designados das nações" seria algo a se iniciar no futuro de quando ele falou a profecia, isto é: depois de 33 EC.

Observe que não há nenhum segredo nas duas declarações dadas por Ele. Em Lucas 21:24 Jesus disse que os "tempos designados das nações" seria algo a ser iniciado à sua frente (atente para o contexto que tudo ele falou no tempo de verbo futuro e nada no passado) e, em Revelação 11:1-4 relaciona a quantidade de tempo que compõe todo o período de tempo em que as nações 'pisariam Jerusalém', a saber: "42 meses" ou "1.260 dias". O texto não determina 2.520 anos, mas sim, "1.260 dias" e ponto.

Agora quero chamar a atenção do irmãos (de todos os irmãos) para o seguinte detalhe, despercebido até agora até por mim:


"e Jerusalém será pisada pelas nações." - Lucas 21:24


" elas pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses." - Revelação 11:2

"Será pisada" - futuro.

"Pisarão" - indica futuro mas também pode indicar uma continuidade no 'pisar'.

estas duas leves diferenças no texto só pode indicar uma coisa: o 'pisar' iniciou no futuro do ponto de vista de 33 EC e de uma continuidade do ponto de vista de 96 EC, época da escrita de Revelação. Sendo assim, o 'pisar iniciou após os dias do Cristo e continuaria por "42 meses" até o término do pisar. Teria sido o ano de 70 EC a data inicial do 'pisar' e que se estenderia até o fim dos "42 meses"? Teriam esses "42 meses" alguma relação com os ""mil duzentos e sessenta dias", período dado em Revelação para o tempo do profetizar das "duas testemunhas", que profetizariam "trajadas de saco"? Resta nos ver. Seria bom se o irmão PV tirasse um tempo para fazer orações e pedisse ao espírito que o iluminasse acerca destas coisas.

Agora, a respeito das "outras bases do corpo que está muito além da [minha] estultícia.", não me mandou nenhum link para que eu pudesse ler e compreender. Mande os links, irmão. Saiba que somos irmãos. Não sou como o PV, que foi desassociado. Sou associado, ativo no campo e de boa moral. Dou muitos discursos no Salão e cuido de várias outras responsabilidades na organização, inclusive coisas relacionadas aos nosso congressos e assembleias.

Apóstolo TDS

Kianba Uingui disse...

Ups!!!

Servidor público/Kianba Ungui, sou o mesmo. http://www.facebook.com/servidor.publico.9

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Apóstolo

Tu disseste:
Irmão Sacramento, foi o próprio irmão quem disse que é da classe dos iníquos. Portanto, se o "Burú" te chama assim, usando de 'intolerância', isso é contigo.

Classe dos iníquos??

Eu não disse que era da "classe dos iníquos".

Creio que a palavra "classe" está bem fixada na tua mente.

Eu afirmei que eu sou um iníquo.
Veja, eu admito que sou um iníquo.
Não estou falando de uma "classe". Eu não falo pelos demais humanos.

Na questão da intolerância, o ponto em questão é: O que fazer como iníquo??
Deixa o iníquo de ser um "próximo"??

Será que uma pessoa que sente inimizade por mim deixa de ser um "próximo"??

A reação do meu irmão Buru, que também é filho de Jeová, assim como eu, foi uma reação típica e esperada de uma pessoa que possui um "espírito justiceiro".

Segundo o meu irmão Buru, o "iníquo" deve ser eliminado do meio dos "justos".

Ora, ora, suponha que a lepra seja o pecado. Um leproso "A" pode sentir-se superior a um leproso "B". Seria um caso de pura arrogância, mas esperado.

Parece que foi dito ao irmão Buru que ele é apenas um pecador que não faz parte da classe dos iníquos. Bem, ele concordou com isto e acreditou nisto, bem como ensina e defende isto.

Não Jesus quem ensinou isto pra o irmão Buru.

Quem estipulou que o irmão Buru é justo?? Quem disse pra ele que ele é justo??

Foi Jeová?? Foi Jesus??

Bem, se não foi nenhum destes dois, está ocorrendo uma USURPAÇÃO, pois Jeová é o Professor de Jesus e Jesus é o Mestre do Buru. Obviamente, a aprovação só ocorrerá no último dia.

Qualquer um que "justificar" a si mesmo ou a outro aluno de Jesus está USURPANDO a posição de Jesus e de Jeová.

Os fariseus se auto aprovavam como justos. Eles se justificavam. São chamados de "iníquos" por fazerem isto.
Davi também se auto aprovou como justo, mas a este não chamam de iníquo. Onde está a IMPARCIALIDADE??
Ser parcial também é uma iniquidade, ou não é??
Palavras de Jeová: (Levítico 19:15) 15 Não farás injustiça no juízo; não terás respeito à pessoa do pobre, nem honrarás a pessoa do poderoso; mas com justiça julgarás o teu próximo.
Veja que justiça é equidade, é igualdade, é imparcialidade.
Qualquer um humano pode se auto aprovar como justo, pois na mente dele, ele encontra motivos plenamente válidos para ter tal sentimento.

Hitler encontrou motivos plenamente válidos em sua mente para sentir-se superior aos demais povos.

Será que Davi fazia parte da classe dos justos, enquanto Hitler fazia parte da classe dos iníquos??

A boca fala daquilo que o coração está cheio.

O sentimento de superioridade é invisível. No entanto ele é percebido nas palavras e nas ações daquele que o tem.

O irmão Buru se sente bem superior a um iníquo.

O irmão Buru recebeu este ensino da mesma fonte que eu o recebi, no entanto, eu rejeitei tal ensino.

Em face disto, eu afirmo em relação a mim mesmo: "Eu sou iníquo".

Qualquer humano que se sentir superior a mim revela ter o espírito de superioridade.
Qualquer humano que me desprezar (diminuir) por eu ser um iníquo está revelando a sua soberba.

Ednilson Sacramento Silva disse...

HIPOCRISIA - Será que é um pecado??

O hipócrita é um iníquo??
Todo hipócrita é um iníquo??

A Imparcialidade (equidade) assim o pede, não é mesmo??

O que afirmou Jesus??

Lucas 12:
1 Entretanto tendo-se ajuntado milhares de pessoas, de modo que uns a outros se atropelavam, começou Jesus a dizer primeiro a seus discípulos: Guardai-vos do fermento dos fariseus, QUE É A HIPOCRISIA.
2 Nada há encoberto, que se não venha a descobrir; nem oculto, que se não venha a saber.
3 Por isso o que dissestes nas trevas, à luz será ouvido; o que falastes ao ouvido no interior da casa, será proclamado dos eirados.

O que é mesmo hipocrisia??

O dicionário Houaiss descreve:

hipocrisia
s.f. (sXV) 1 característica do que é hipócrita; falsidade, dissimulação 2 ato ou efeito de fingir, de dissimular os verdadeiros sentimentos, intenções; fingimento, falsidade 3 caráter daquilo que carece de sinceridade (a h. das palavras) ¤ etim gr. hupokrisía,as (forma posterior) e hupókrisis,eós 'resposta, resposta de oráculo' ¤ sin/var ver sinonímia de fingimento ¤ ant lealdade, sinceridade; ver tb. antonímia de ardil


Quem é hipócrita???

Assim define o mesmo dicionário:

hipócrita
adj.2g.s.2g. (sXIV) 1 que ou aquele que demonstra uma coisa, quando sente ou pensa outra, que dissimula sua verdadeira personalidade e AFETA, quase sempre por motivos interesseiros ou por medo de assumir sua verdadeira natureza, qualidades ou sentimentos que não possui; fingido, falso, simulado n adj.2g. 2 que contém hipocrisia (elogio h.) ¤ etim gr. hupokritês,oû 'adivinho; ator; velhaco; hipócrita' ¤ sin/var como adj.: ver antonímia de sincero; como adj.2g.s.2g.: ver sinonímia de enganador, fingido e santarrão ¤ ant leal, sincero; como adj.2g.s.2g.: ver antonímia de trapaceiro

O que é AFETAR??

O mesmo dicionário descreve:

afetar
v. (1569) 1 t.d. fazer crer; aparentar, fingir (a. desprezo pelo dinheiro) 2 t.d. apresentar ou imitar a forma de; representar (aquela gravura afeta a forma de um círculo) 3 pron. apurar-se ao exagero, de modo ridículo (afeta-se no modo de vestir) 4 t.d. atingir, causando prejuízo; acometer (o fumo afetou-lhe os pulmões) 5 t.d. impressionar afetivamente; comover, sensibilizar (sua fragilidade afetou-o intensamente) 6 t.d. dizer respeito a, interessar, concernir; atingir ¤ etim lat. affécto,as,ávi,átum,áre 'pôr-se a; tentar obter, buscar' ¤ sin/var ver sinonímia de concernir e simular ¤ hom afeto(1ªp.s.) / afeto(adj.s.m.)

A hipocrisia estava entranhada na personalidade do fariseu qual fermento.

Segundo Jesus, tratava-se de um pecado.

Todos chamam os fariseus de iníquos, já que tinham esta marca registrada.

Será que qualquer humano que usar de hipocrisia passa a ser um iníquo??

Não deve haver dois pesos e duas medidas no reino da Imparcialidade.

Ou você ama o próximo ou não ama. Não deveis fingir.
Ou você ama aquele que te trata como um inimigo ou não ama.
Não deveis fingir.

Muitas vezes, a primeira pessoa que o hipócrita engana é a ele mesmo.

Anônimo disse...

Os árabes invadiram a Palestina em 636 D.C. e seus exércitos estavam acampados ao redor das muralhas de Jerusalém. Em fevereiro de 638, após um cerco de sete meses, os cristãos tiveram que se render ao comandante muçulmano chamado Omar. Os mulçumanos estavam à procura de relíquias profetizadas por Maomé, e tinha como objetivo a construção da mesquita de Al-Aqsa, que foi erguida ao sul do Monte do Templo, e lá permanece até hoje.

Inicialmente, a relação entre cristãos e mulçumanos mantinha certo pacifismo, os cristãos peregrinavam para a Terra Santa, para serem batizados nas águas do Rio Jordão, muitos aflitos buscavam a cura física e também se dirigiam rumo a igreja do Santo Sepulcro, construída nos locais de crucificação, sepultamento e ressurreição de Jesus, ou seja, aquela terra era para os Cristãos o único lugar que efetivamente se relacionava com Jesus Cristo.

Mas no século X os mulçumanos se tornaram agressivos e durante uma procissão de Domingo de Ramos, os mulçumanos incendiaram diversas igrejas, confiscaram parte do Santo Sepulcro e iniciou-se uma campanha de fanatismo anticristão. As igrejas destruídas davam origem a mesquitas construídas sobre seus escombros, muitos cristãos foram obrigados a se converter para ao islamismo para salvar a própria vida.

Mesmo com esses acontecimentos, ainda permaneceu vivo o sentimento cristão, e inúmeros peregrinos se arriscavam em direção a Terra Santa, mas após diversos assassinatos de peregrinos, e insistentes solicitações dos cristãos o Papa Urbano organizou uma peregrinação de cavaleiros armados, que desencadeou o movimento das Cruzadas. Havia mais de 40 mil cruzados, dos quais 4.500 nobres e cavaleiros e o restante composto por artesãos, camponeses e outras pessoas da massa. Por fim, liderados por Godofredo, ganharam novamente Jerusalém.

A maioria dos integrantes daquela Cruzada voltaram para suas casas, mas outros se instalaram na Terra Santa. Contudo, as atrocidades ao redor de Jerusalém permaneciam vivas, pois havia diversos bandos beduínos nômades, verdadeiros bandidos que se aproveitavam da oportunidade para estuprar as mulheres, roubar os peregrinos, assassina-los dentre outras crueldades praticadas na região da Palestina.

Estes acima citados foram os eventos que mais se aproximam da data cedida pelo Apóstolo TDS.

HISTORIADOR SENIL
---------------------------

Anônimo disse...

OPS! NÃO DEIXEI A REFERÊNCIA NO COMENTÁRIO ACIMA , ENTÃO AÍ VAI:

HAANG, Michael. Os Templários História e Mito. São Paulo: Pumo 2009
BRAWN, Dan. Código da Vince. São Paulo:

Ednilson Sacramento Silva disse...

CONCLUSÕES -
O que é uma conclusão??

O dicionário Houaiss assim define:
conclusão
s.f. (1390) 1 ato ou efeito de concluir 2 ato, processo ou efeito de levar a termo; finalização, término 3 ensinamento que se extrai de um texto ou fato; moral (a c. de uma fábula) 4 última parte de uma obra literária ou musical 4.1 desfecho, epílogo, desenlace (a c. de uma tragédia) (a c. de uma trama) 5 ponto de vista a que se chega a partir de dados da observação, do RACIOCÍNIO, de discussão; ideia, tese 6 proposição que fecha um raciocínio e resulta de um processo dedutivo 7 lóg na lógica tradicional, terceira e última proposição de um silogismo, implicitamente contida nas duas premissas anteriores, e cuja verdade ou falsidade depende do caráter verdadeiro ou falso de tais premissas 8 lóg qualquer proposição que decorre necessária e logicamente, segundo regras operatórias implícitas ou explícitas, de enunciados anteriores ¤ etim lat. conclusìo,ónis 'conclusão' ¤ sin/var como subst.: ver sinonímia de desenlace, ilação e solução e antonímia de prefácio ¤ ant começo, início; como subst.: ver antonímia de desenlace e sinonímia de prefácio


A conclusão está vinculada e dependente do raciocínio.

RACIOCÍNIO - Definição do dicionário Houaiss:

raciocínio
s.m. (1634) 1 ato ou efeito de raciocinar 2 exercício da razão pelo qual se procura alcançar o entendimento de atos e fatos, se formulam ideias, se elaboram juízos, se deduz algo a partir de uma ou mais premissas 3 capacidade de raciocinar 4 lóg atividade mental que, por meio de instrumentos indutivos ou dedutivos, fundamenta o encadeamento lógico e necessário de um processo argumentativo ² r. dedutivo lóg m.q. dedução • r. indutivo lóg m.q. indução • r. por absurdo lóg m.q. redução ao absurdo • r. por analogia lóg raciocínio que atribui a fatos ou circunstâncias desconhecidos características facilmente reconhecíveis em outras realidades, supondo entre ambas uma semelhança que viabiliza a extrapolação do conhecimento ¤ etim lat. raciocinìum,ìi 'cálculo, avaliação' ¤ sin/var ver sinonímia de inteligência ¤ ant ver sinonímia de inépcia

Percebemos que raciocínio é a manipulação de informações.

"Se não houver informações não haverá raciocínio.

Passamos a perceber a GRANDE impotância da informação.

Se a informação não for 100% correta, os raciocínios serão todos errados.

A falta de apenas uma informação também acarreta a existência de conclusões equivocadas.

No entanto, aquele que não tem uma informação vital, mesmo assim raciocinará e encontrará uma conclusão, que aos seus olhos será a mais pura verdade.

As palavras de Jesus àqueles que se consideravam instrutores da lei foi bem apropriada:

(Mateus 15:12-14) 12 Os discípulos aproximaram-se, então, e lhe disseram: “Sabes que os fariseus tropeçaram por ouvirem o que disseste?” 13 Em resposta, ele disse: “Toda planta que meu Pai celestial não tiver plantado será desarraigada. 14 Deixai-os. Guias cegos é o que eles são. Se, pois, um cego guiar outro cego, ambos cairão numa cova.. . .

A informação dada por Jesus era contrária a informação existente nas mentes daqueles homens.

Percebemos então que acreditar na informação é vital.

Percebemos que ter fé naquele que está passado a informação também é vital.

Aqueles homens confiavam (tinham fé) em Moisés e nas informações dada a eles por Moisés.

Onde estavam as informações dada a eles por Moisés??
Nas "Escrituras".

Onde estavam as informações dadas a eles por Jesus??
Nas "Escrituras".

Jesus afirmou: "Toda a Lei e os profetas resumem-se no AMOR".

Nas mesmas "Escrituras" eles encontravam o ódio e a violência.

Anônimo disse...

faz muito sentido oq ue A2 disse sim.li e reli e consegui entender muita coisa.uma coisa nimguem pode dizer é que a organização não tem motivos na bóblia para 1914.

Rodolfo Avoletta.

Anônimo disse...

Apóstolo , o senhor pode opinar á respeito deste artigo colado abaixo?

Monte Sião

Situado no lado oriental da cidade de Jerusalém, esse monte era conhecido anteriormente como Moriá e Ofel, antiga fortaleza dos Jebuseus, sendo denominado como: cidade de Davi, quando foi conquistado por ele. Após isso, passou a ser chamado como Har ha-Bayit = monte do templo ou monte Sião (Tzion em hebraico) que significa ‘monte ensolarado’, numa referência à profecia descrita em Apocalipse 21:25, pois aquele local será iluminado futuramente pela luz da Jerusalém celestial. O monte Sião tornou-se o local sagrado e mais importante de Jerusalém para os judeus, muçulmanos e cristãos, pois esse foi o palco de grandes acontecimentos históricos, como: a prova de fé que o patriarca Abraão demonstrou ao oferecer a Deus o seu filho Isaque (Gên. 22:2); e a construção do luxuoso templo edificado pelo rei Salomão em 975 a.C., quando a Arca da Aliança lhe foi trazida do Tabernáculo, o que o tornou um lugar profético. O próprio Isaías disse a respeito de Sião: criará o Senhor sobre toda extensão do monte Sião e sobre as suas congregações, uma nuvem de dia e uma fumaça e labaredas de fogo chamejante à noite e sobre toda a glória haverá uma cobertura ornamental (dossel) – Is. 4:5. Também disse o profeta Zacarias, assim diz o Senhor: voltarei para Sião e habitarei no meio de Jerusalém. Então, Jerusalém chamar-se-á a cidade da verdade e o monte do Senhor dos Exércitos, o monte santo – Zac. 8:2;3. Na Bíblia há 150 vezes a palavra Sião – 2º Sm.5:7 – Sl.2:6 – 48:2 – 78:54-69 e 132:13 – Is.40:9 – Jr.31:12 - Zac.9:13 etc…

Alguns séculos depois, no ano 654 d.C., o sultão Omar Ali Saífuddin, comandando um dos exércitos de Maomé, invadiu Jerusalém e ocupou o local do monte Sião, localizado hoje à avenida Bandar Seri Bengawan, ao lado do Muro das Lamentações. Depois, no ano 705, o califa Abd AL-Malik Ibn Marvan construiu lá um outro templo que recebeu o nome: mesquita de Omar; em árabe é Al-Aksa e significa Mesquita de Aláh ou Mesquista distante. É um edifício octogonal, construído sobre uma grande rocha e possui uma cúpula ou abóbada (domo) na qual foram utilizadas várias placas de ouro, num total de 80 quilos. Para os muçulmanos essa abóbada simboliza o céu onde Aláh está assentado; e eles a chamam de Haram Al- Shariff (santuário do príncipe de Aláh) numa referência ao profeta Maomé.


Segundo a tradição judaica esse foi o local utilizado por Abraão para provar sua fé em Deus ao tentar oferecer o seu filho em holocausto; será também aonde, em breve, o Anticristo se assentará como deus para governar o mundo (2ª Tess. 2:4); e, para os cristãos, será nesse mesmo monte, após a queda do Anticristo, no fim da Grande Tribulação, aonde será edificado o trono milenar de Cristo na terra –Ap.20:6.

EDUTE-LITERATURA CRISTÃ

www.edute.com.br

HISTORIADOR SENIL
----------------------

Anônimo disse...

MEU DEUS , REALMENTE O TDS FOI SOPRADO ,NOTEM A DATA 654DC APARECER NO CENÁRIO :

Alguns séculos depois, no ano 654 d.C., o sultão Omar Ali Saífuddin, comandando um dos exércitos de Maomé, invadiu Jerusalém e ocupou o local do monte Sião, localizado hoje à avenida Bandar Seri Bengawan, ao lado do Muro das Lamentações.

RODOLFO AVOLLETA

ExatoVerdade disse...

ERRADO:
"A shekiná já não se manifestava no templo desde a 1° devastação dele em 607.O templo construido por Zorobabel e principalmente o de Herodes não tinha a Shekiná,por isso Paulo não falou dela entre os querubins ao se referir a estes "muitos outros pormenores"

CERTO:
O próprio Filho de Deus reconheceu o Templo em Jerusalém com a presença de Deus (“Shekinah - quer dizer habitação/presença”):

Mateus 23:21 "e quem jurar pelo templo, está jurando por ele e por aquele que habita nele; " (Leia também Mateus 5:35)

Não é à toa que Jesus se referia àquele importante edifício como “a Casa de meu Pai” - João 2:16-17

Aquele Templo em Jerusalém representava o Governo ou Reino de Deus, quando rejeitaram o Messias, "o reino de Deus" foi tirado daquela nação e dado aos cristãos - e estes seriam o Templo e receberiam o shekinah (presença do espírito de Deus)

Por favor, Leiam:
O Templo de Deus, Reino e o shekinah

Ednilson Sacramento Silva disse...

O REINO FOI TIRADO E DADO A OUTRA NAÇÃO. PARA QUE??
O QUE JEOVÁ ESPERAVA VER??

(Mateus 21:43) 43 É por isso que vos digo: O reino de Deus vos será tirado e será dado a uma nação que produza os seus frutos.

JEOVÁ ESPERA VER OS FRUTOS DOS MANDAMENTOS QUE ELE DEU AOS CRISTÃOS.

Que "primícias" colheu Jeová??

Um dos homens que revelou ser uma das primícias para Jeová foi Estêvão.

Ao final, que frutos foram e são dados pelos "cristãos"??

(Mateus 5:14-16) 14 “Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte. 15 As pessoas acendem uma lâmpada e a colocam, não debaixo do cesto de medida, mas no velador, e ela brilha sobre todos na casa. 16 Do mesmo modo, deixai brilhar a vossa luz perante os homens, para que vejam as vossas obras excelentes e dêem glória ao vosso Pai, que está nos céus.

Quem é que está glorificando ao Pai que está nos céus, em face das obras dos cristãos??

Tal qual Jerusalém, a mãe das meretizes também está mostrando todas as suas obras.

A mãe das meretrizes também foi plantada com "semente exelente" e também se tornou uma videira degenerada.

(Jeremias 2:21) 21 E no que se refere a mim, eu te tinha plantado como videira seleta de casta tinta, toda ela [de] semente verdadeira. Portanto, como é que te transformaste PARA MIM em [varas] degeneradas duma videira estrangeira?’

Embora plantada com semente excelente, ELA SE TRANSFORMOU em videira estrangeira para Jeová.

Assim como Jerusalém, esta nova nação não vê erro nas suas ações.

(Jeremias 2:35) 35 “Mas tu dizes: ‘Permaneci inocente. Decerto, a sua ira recuou de mim.’ “Eis que entro numa controvérsia contigo por dizeres: ‘NÃO PEQUEI.’. . .

SOMENTE UMA PUNIÇÃO poderá revelar para aquela que se sente justa diante de todos os homens (acima dos reis da terra), que Jeová não a vê como justa.

A vergonha e a humilhação será de nós humanos, quando Jeová revelar que não guardou nenhum ressentimento, ressuscitando a todos os iníquos que se justificam diante dos iníquos. Juntando-se a estes, os outros iníquos, diante de quem ela se justificava, TAMBÉM SERÃO RESSUSCITADOS.

O que dirão a estes homens a quem condenaram a uma morte eterna??

O tempo é o aliado da verdade.

Tradução Brasileira (EZEQUIEL 16:61-63) 61 Então te lembrarás dos teus caminhos, e ficarás envergonhada, quando receberes as tuas irmãs, as irmãs mais velhas e bem assim as irmãs mais moças; e tas darei por filhas, porém não pela tua aliança.
62 Eu estabelecerei a minha aliança contigo e saberás que eu sou Jeová,
63 para que te lembres, e fiques confundida, e não abras mais a tua boca por causa da tua vergonha; quando eu te houver PERDOADO TUDO o que fizeste, diz o Senhor Jeová.

Ednilson Sacramento Silva disse...

POBRE PV, você não é irmão. sendo assim, o que és??

Assim foi dito a teu respeito:

"Saiba que somos irmãos. Não sou como o PV, que foi desassociado. Sou associado, ativo no campo e de boa moral.

O ensino do escravo é muito profundo, permeia tudo.


ExatoVerdade disse...

Note bem:
(Mateus 21:43) 43 É por isso que vos digo: O reino de Deus vos será tirado e será dado a uma nação que produza os seus frutos. Mateus 21:43

O reino de Deus vos será tirado

- O Reino de Deus Não havia sido tirado em 607 AEC dos judeus
- E ainda seria tirado: "vos será tirado" - futuro.

A nação de Israel perdeu o Reino de Deus no primeiro século. Os cristãos o ganharam. Tornaram-se o Templo de Deus - a habitação ou presença ou Reino de Deus....
Reino vos será tirado....


"Saiba que somos irmãos. Não sou como o PV, que foi desassociado. Sou associado, ativo no campo e de boa moral."



Essas coisas não foram ditas por minha causa, mas pela causa das Escrituras:

Lucas 6:22 “Felizes sois sempre que os homens vos odiarem e sempre que vos excluírem [ expulsarem da SINAGOGA] , e vos vituperarem, e lançarem fora o vosso nome, como iníquo, por causa do Filho do homem. 23 Alegrai-vos naquele dia e pulai, pois, eis que a vossa recompensa é grande no céu, porque estas são as mesmas coisas que os antepassados deles costumavam fazer aos profetas.

Anônimo disse...

Então quer dizer que o Apóstolo ainda tem o Balaão montado em seus lombos , causando-o fístulas e moldando-o por dentro , denegrindo-o como que por objetos fálicocilíndricos , hipnotizando-o em seu interior fazendo com que o mesmo deixe de amar o próximo como a sí mesmo e obedecendo á homens antes que á Jah ?
Ele ainda acredita no sistema religioso - político colaborando por ser abastado com até 3 mil por mês para a criação da nova ordem mundial.

Rodolfo Avoletta

Anônimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=OCTi97BHQZ4

Sacramento e todos os TDS , podem por gentileza me dar as suas respectivas opiniões quanto á este pequeno vídeo acima?

BURÚ

Ednilson Sacramento Silva disse...

Meu amado irmão PV, filho de Jeová irmão de Jesus, o reino de sacerdotes foi instituído por Jeová muito antes da existência de Jerusalém e do seu templo.

Assim falou Jeová: Vós sereis para mim um reino de sacerdotes: (Êxodo 19:6) 6 E vós mesmos vos tornareis para mim um reino de sacerdotes e uma nação santa.’ Estas são as palavras que deves dizer aos filhos de Israel.”

Depois disso, o Pai passou a mostrar TEORICAMENTE como funcionaria um "reino de sacerdotes" e como a nação poderia se transformar em uma nação santa.
Os sacerdotes tinham funções, os profeta e o povo também as tinham.

A participação dos humanos em questão era imprescindível para que tornassem REALIDADE aquilo que Jeová tinha em mente.

Neste reino de sacerdotes havia o sacerdote, o profeta e o povo.

Deveria ser o reino do perdão:
"e o sacerdote tem de fazer expiação por eles, e assim lhes tem de ser perdoado"

O que aconteceu com este reino de sacerdotes no provável ano de 607AEC??

(Jeremias 5:30-31) 30 Coisa espantosa e horrenda tem-se feito na terra: 31 os profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam por meio deles; e o meu povo assim o quer. Que fareis no fim disto?

Ninguém escapava. Todos haviam se desviado e produzido um reino degenerado.
Na vinda do profeta Jesus, o reino de Judá mostrou suas obras, obras iguais as realizadas pelos antepassados.

Jeová não mudou o seu projeto do reino de sacerdotes:
(Revelação 5:9-10) 9 E cantam um novo cântico, dizendo: “Digno és de tomar o rolo e de abrir os seus selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste pessoas para Deus, dentre toda tribo, e língua, e povo, e nação, 10 e fizeste deles um reino e sacerdotes para o nosso Deus, e hão de reinar sobre a terra.”

Após Jesus mostrar a todos como deviam se portar os "reis sacerdotes", isto é, como deviam reinar estes reis sacerdotes, (ser o escravo de todos) estes homens começaram a revelar para toda a humanidade, o que haviam aprendido do Mestre Jesus.

Também devia ser um reino do perdão. Devia ser o reino do Amor.

Nesta imensa sala de aula, estes homens mostrariam as suas obras, os profetas falariam suas palavras e o povo seria regido por estes homens.

Basta comparar a forma como o Mestre reinou e a forma como tais humanos têm regido outros humanos.

Não devemos esquecer do que Jeová falou para o reino de Samaria, depois Dele os ter rejeitado:

(Jeremias 3:12-15) 12 Vai, e tens de proclamar estas palavras ao norte e dizer: “‘“Volta deveras, ó renegada Israel”, é a pronunciação de Jeová.’ ‘“Não deixarei a minha face decair [em ira] para convosco, porque sou leal”, é a pronunciação de Jeová.’ ‘“Não ficarei ressentido por tempo indefinido. 13 Tão-somente nota o teu erro, pois é contra Jeová, teu Deus, que transgrediste. E continuaste a dispersar os teus caminhos para os estranhos, debaixo de cada árvore frondosa, mas a minha voz é que não escutastes”, é a pronunciação de Jeová.’” 14 “Voltai, ó filhos renegados”, é a pronunciação de Jeová. e vou tomar-vos, um dentre uma cidade e dois dentre uma família, e vou trazer-vos a Sião. 15 E vou dar-vos pastores de acordo com o meu coração, e eles hão de alimentar-vos com conhecimento e perspicácia.

JEOVÁ NÃO FICA RESSENTIDO POR TEMPO INDEFINIDO.

O que Ele havia feito à Israel (Samaria)??
(Jeremias 3:8) . . .Quando cheguei a ver isso, pela própria razão de que a infiel Israel cometera adultério, mandei-a embora e passei a dar-lhe um certificado de seu pleno divórcio, contudo, a traiçoeira Judá, sua irmã, não ficou com medo, mas ela mesma também começou a ir e a cometer prostituição.. . .

Ednilson Sacramento Silva disse...

Meu amado irmão Buru, filho de Jeová e irmão de Jesus, MUITAS são as minhas perguntas e poucas são as respostas disponíveis.

ExatoVerdade disse...

"Meu amado irmão PV, filho de Jeová irmão de Jesus, o reino de sacerdotes foi instituído por Jeová muito antes da existência de Jerusalém e do seu templo"


Sim, exatamente, esse é um dos argumentos que mostram que a Teocracia não havia sido interrompida em 607

A monarquia de homen foi um pecado em Israel:

O pecado da Monarquia em Israel

O único fator para representar o Reino de Deus na terra: Habitação do espírito de Deus.

Na ocasião da inauguração do tabernáculo DEus manifestou a representação do reino: Shekinah

Queira Ler:
O Reino de Deus depende somente do Espírito de Deus: onde ele habitar - lá está o Reino de Deus sendo representado

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Paulo Vicentine o irmão está corríssimo ao afirmar que:

Sim, exatamente, esse é um dos argumentos que mostram que a Teocracia não havia sido interrompida em 607

A Teocracia não foi interrompida nem em 607AC, nem em 70DC e nem nunca.

Embora as coisas não estejam sendo feitas segundo a Sua vontade, Jeová continua como Rei.

No reinado do livre-arbítrio, o súdito é que deve revelar o quanto ele deseja que a vontade de Jeová seja feita.

A realização da vontade de Jeová não depende da força.

A realização da vontade de Jeová depende de cada humano CONCORDAR com Ele e fazer dela uma realidade neste planeta, tornando-se uma fonte de amor, tal qual o Pai e assim como mostrado mais clara (para alguns) no caso do dia a dia de Jesus entre os iníquos.

Jeová criou uma oração e nos mandou (pediu) falar com Ele com o seguinte pedido: SEJA FEITA A TUA VONTADE AQUI NA TERRA.

Ora, se a vontade do Pai é que eu perdoe todos pecados que pecarem contra mim, como é que Ele pode ter esta vontade realizada??

Eu sei que um tirano resolveria este assunto de outra forma mais rápida e violenta. Tudo bem.

Mas, neste caso voltaríamos aos mandamentos de Moisés, que formavam o império do medo e não o imperio do amor.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Onde lê-se corríssimo, leia-se corretíssmo.
Ednilson.

Anônimo2 disse...

Eu ficaria quieto se fosse apenas o assunto da nuvem gloriosa que os homens , não Jeová, batizou de "shekinah-presença" e porque "eles",os homens, entendiam que tal nuvem significava a presença dele,embora a arca do pacto também seja associada a esta mesma presença de Deus.Nada contra isso.Não perderia meu tempo em discutir o malabarismo feito para interpretar essa nuvem como o espírito de Deus.Embora em parte alguma sequer Jeová ou Jesus tenham aludido a isso,creio que se isso fosse tão relevante Paulo teria pelo menos feito alusão a ela.Mas tal assunto tomou proporções alarmantes e foi convertido à data 607,então vamos lá,desconstruir mais uma doutrina inexata usada para "provar" que as tjs são obtusas e sem base bíblica.

Onde se manifestava a nuvem "shekinah"(nome inventado pelos judeus infieis MUITO TEMPO DEPOIS DA DESTRUIÇÃO DE 607)?

Segundo a bíblia ,no santíssimo, "Em cima da tampa que havia sobre a arca do testemunho,ENTRE OS DOIS QUERUBINS"-Números 7:89.

Veja a descrição que Paulo faz do santíssimo:

"Atrás da segunda cortina havia..o santíssimo.Este continha um incensário de ouro e a arca do pacto(Que é muitíssimo mais associada à presença de Deus do que a nuvem),toda recoberta de ouro,na qual havia o jarro de ouro
com o maná e a vara de Arão e as tábuas do pacto;mas por cima dela havia os querubins gloriosos encobrindo a tampa propiciatória.agora,porém,não é ocasião para se falar destas coisas em pormenores"-hebreus 9:3-5

Paulo simplesmente alista tudo o que se via no santíssimo,menos a shekinah.
E é muito simples de entender o porque: A ARCA DO PACTO É MUITO MAIS ASSOCIADA À PRESENÇA DE jEOVÁ DO QUE A SHEKINAH! é por isso que a arca foi alistada mas a shekinah não,e eu desafio a qualquer um a provar que isso é inexato.Corram para a biblioteca daqueles que vocês hipocritamente condenam,mas escondidinhos se alimentam à mesa!

Continua>>>>>>>>

Anônimo2 disse...

...continuando..

Paulo,não o inexato mas o exato,disse:"Agora não é ocasião para se falar dessas coisas."

Na verdade,de todas as coisas que Paulo falou sobre o "espírito santo" ou o "templo de Deus"(seja ele o literal,o espiritual,ou o simbólico,ele considerou sobre os três),ou sobre o Reino,ou Jesus etc..etc.. ele nunca falou em suas cartas sobre este "ensino" do Paulo,o inexato.
Simplesmente porque ele,o tal ensino,não existe na bíblia,é amálgama-Gal 1:18.

Com respeito ao templo:

Uma vez que ele foi batizado como "casa de Deus" continuou assim,O QUE NÃO QUER DIZER QUE JEOVÁ SEMPRE ESTIVESSE PRESENTE.

Veja a ocasião em que esta casa se encontrava em "silo" e não em Jerusalém.
Jeová permitiu que incircuncisos roubassem a arca e já que a arca representava sua presença Jeová abandonou silo,embora lá estivesse sua casa.(corram para a biblioteca dos vossos inimigos,os quais hipocritamente dizeis serem "inexatos" e vão se alimentar mais uma vez à mesa deles).

1 Samuel 4:21-22="A glória exilou-se de israel,referindo-se à arca do verdadeiro Deus ser capturada...A glória exilou-se de Israel,porque foi capturada a arca do verdadeiro Deus".

Salmo 78:60,61- "E por fim abandonou o tabernáculo de Silo,a tenda em que tinha residido entre os homens terrenos.E PASSOU A DAR SUA FORÇA AO PRÓPRIO CATIVEIRO E SUA BELEZA(A ARCA-REPRESENTANDO A BELEZA DE SUA PRESENÇA)NA MÃO DO ADVERSÁRIO".

Não lhes trazem tais palavras a lembrança de 607 não? abram a cabeça,gente!

Talvez alguns estejam se perguntando:"mas a bíblia diz que ele escolheu Jerusalém para estabelecer sua casa"

Bem,acontece que quando a "casa de Deus" estava já em Jerusalém foram proferidas as seguintes palavras,SE REFERINDO A DATA 607:


"EU,DA MINHA PARTE,VOU FAZER ESTA CASA IGUAL AQUELA EM SILO,E FAREI DESTA CIDADE UMA INVOCAÇÃO DO MAL PARA TODAS AS NAÇÕES DA TERRA"-Jeremias 26:6.

Do mesmo modo em que a arca do pacto nunca mais voltou para silo,
ela nunca mais voltou para Jerusalém após 607,nem ela,nem o bastão de Arão,nem os querubins gloriosos e muito menos a shekinah.

E do mesmo modo em que o tabernáculo,enquanto permaneceu em silo,sem a arca,continuou sendo chamado de "casa de Deus",o templo reconstruido por zorobabel também continuou com este "título de batismo".O de zorobabel também ficou aos pedaços,o reconstruido pelo iníquo Herodes(hummm,iníquo Herodes construindo uma casa para Jeová?)pior ainda.

Ainda se referindo aos acontecimentos de 607,Jeová disse:

"Filho do homem,estás vendo que grandes coisas detestáveis estão fazendo,as coisas que a casa de Israel está fazendo aqui para eu ficar longe do meu santuário?"=Ezequiel 8:6.

Respondam para si mesmos:
Que tipo de gente oficiava o templo no tempo de Jesus?

Fariseus helenizados?
Saduceus hipócritas?
Gentios?

De modo que eu lhes digo mais uma vez,Jeová só permitiu que perdurasse uma cidade com sua "casa de adoração" para que se cumprisse profecias bem como seu pacto.E este pacto para um reino só se rompeu em 70 e não em 33EC.

" e ele terá de manter EM VIGOR o pacto para com muitos por uma semana"-Daniel 9:27.

De maneira que quando Jesus disse:"O REINO VOS SERÁ TIRADO E SERÁ DADO A UMA NAÇÃO QUE PRODUZA SEUS FRUTOS"
Ele se referia a uma promessa(aliás o sacramento abordou isto muito bem)e não a um "suposto reino" exercido por Jeová desde seu templo.

///////////////////


AOS CUIDADOS DE "HISTORIADOR SÊNIOR":


Meu jovem,

após esta minha postagem seria oportuno que você colasse a história do povo Judeu após 607 e a construção do templo de Zorobabel,para que todos vejam o que a história diz em apoio do que está escrito aqui.O fato de tamanha degradação da adoração pura confirma que Jeová não reinava nem desde Jerusalém(forma de governo teocrático-ensino tj)

nem desde o templo(forma de governo simbólico-ensino de Paulo,não o exato)

Gracias.

Atenciosamente.

Anônimo2,a serviço do reino.

Anônimo disse...

Paulo não era exato , exato apenas Jah eo Filho .QUANDO HOMENS SÃO EXALTADOS, À MANEIRA DA IGREJA DE CORINTO, CRISTO É SUBSTITUÍDO.
“Está Cristo dividido? Foi Paulo crucificado por vós? Ou fostes vós batizados em nome de Paulo?” (1 Coríntios 1:13 RC)

Paulo, agora, coloca os crentes de Corinto contra a parede. Está Cristo dividido? Será isso possível? Será que o Jesus que orou “Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós.” (João 17:11 RC) agora se renderia diante da grandeza do problema e se permitiria dividir? É óbvio que não!

Foi Paulo crucificado por vós? Fostes batizados em nome de Paulo? Todas essas perguntas só têm uma resposta: NÃO! E, sendo assim, Cristo estava sendo substituído por homens.

Concluindo…
... Cuidemo-nos, amados, para não cairmos nesse erro de valorizarmos demais algumas pessoas, vultos, ao ponto de os colocarmos no lugar que pertence a Cristo.

Tjcurioso

Anônimo disse...

EXALTAR O HOMEM É SUBSTITUIR A CRISTO
I Coríntios 1.10-17




OS PARTIDOS EXISTENTES
“Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloe que há contendas entre vós. Quero dizer, com isso, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, e eu, de Apolo, e eu, de Cefas, e eu, de Cristo.” (1 Coríntios 1:11-12 RC)

Uma das coisas mais tristes que podem acontecer dentro de uma igreja é o surgimento de um espírito faccioso. Esse espírito gera disputas entre os crentes. A Bíblia aponta esse erro como sendo uma das obras da carne.

Paulo ficou sabendo que esse tipo de coisa estava acontecendo na igreja de Corinto, e ficou sabendo também que isso estava levando à formação de partidos dentro da igreja, dividindo-a internamente em várias facções. Surgiu lá o partido de Paulo, o de Apolo, o de Cefas e o de Cristo. Paulo, Apolo, Cefas e Cristo nada tinham a ver com isso; não foram eles quem criaram os partidos e nem desejaram que isso fosse feito, e nem gostaram disso.

O que levou aqueles crentes a se dividirem internamente em “seguidores de Paulo”, “seguidores de Apolo” e “seguidores de Cefas”?

Paulo fora o fundador da igreja cristã em Corinto. Portanto, seu nome ali era reverenciado. ... [mas] em seu zelo em favor de Paulo, obscureceram o nome de Cristo.

Cefas... quem era Cefas? Cefas era Pedro! Pedro visitou a igreja de Corinto, e, certamente, alguns crentes dali, talvez judeus, sentiram uma certa afinidade por ele.

Apolo era um judeu de Alexandria, muito eloquente, talvez o líder cristão mais filosófico que se conhecia na época, e, talvez por isso, os irmão com tendências para a eloquência e para a filosofia, que existiam em Corinto, passaram a “seguí-lo”.

Além dessas coisas, cada um desses três líderes devem ter obtido conversões em Corinto, e os seus convertidos tendiam naturalmente por alinhar-se a eles. (CHAMPLIN, R. N. – O Novo Testamento Interpretado Versículo por Versículo, volume 4, décima reimpressão, São Paulo, editora Candeia, 1998)

E o que dizer do “partido de Cristo”? A princípio parece ser coisa boa pertencer a esse “partido”. Mas, se assim o é, por que Paulo incluiu esse em sua exortação? Se aquele “partido” era composto por pessoas que diziam ser de Cristo, simplesmente por orgulho, pessoas que negavam completamente a autoridade de Paulo, Apolo e Pedro, ou qualquer outro vulto cristão, e que reinvidicavam receber revelações diretamente da parte de Cristo, julgando-se assim os “mais elevados”, então não era algo muito bom.

Existe o problema do partidarismo na igreja hoje? Certamente que sim. O denominacionalismo não é uma espécie de partidarismo? Talvez até possa haver as denominações sem haver o partidarismo, mas o fato é que ele existe, por causa da dureza dos nossos corações.

Também existem hoje aqueles que abrem a boca para dizer que é cristão, apenas cristão, mas, em muitos casos, não sabem nem o que significa ser cristão, e tal declaração nada mais é do que a manifestação de um espírito faccioso, uma vez que vem acompanhada de repúdio por quem quer que seja que se diga batista, presbiteriano, assembleiano, ou outra coisa qualquer.

Podemos ser batistas, mas antes de sermos batistas temos que ser de Cristo e entender que irmãos de outras igrejas também são de Cristo e são nossos irmãos e devemos respeitá-los e amá-los e procurar viver em comunhão com eles (ainda que não em uma relação ecumênica). Quando Cristo apresentar ao Pai a sua igreja ele vai apresentar uma e não várias igrejas. Notem também que ele vai apresentar a SUA igreja.

HISTORIADOR SENIL

Ednilson Sacramento Silva disse...

Amado Irmão A2, um dos filhos de Jeová assim como eu - Não estou defendendo nenhum ensino. Gostaria apenas que o irmão falasse sobre esta descrição de Paulo, conforme colocada pelo irmão:

"Atrás da segunda cortina havia..o santíssimo.Este continha um incensário de ouro e a arca do pacto(Que é muitíssimo mais associada à presença de Deus do que a nuvem),toda recoberta de ouro,na qual havia o jarro de ouro
com o maná e a vara de Arão e as tábuas do pacto;mas por cima dela havia os querubins gloriosos encobrindo a tampa propiciatória.agora,porém,não é ocasião para se falar destas coisas em pormenores"-hebreus 9:3-5

Paulo falava de que templo?? Aquele que foi destruído na provável data de 607AC ou o templo de seus dias??

Anônimo disse...

UM APELO À CONCÓRDIA
“Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa e que não haja entre vós dissensões; antes, sejais unidos, em um mesmo sentido e em um mesmo parecer.” (1 Coríntios 1:10 RC)

“Rogo-vos, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que faleis todos a mesma coisa e que não haja entre vós divisões; antes, sejais inteiramente unidos, na mesma disposição mental e no mesmo parecer.” (1 Coríntios 1:10 RA)

“Irmãos e irmãs, peço, pela autoridade do nosso Senhor Jesus Cristo, que vocês estejam de acordo no que dizem e que não haja divisões entre vocês. Sejam completamente unidos num só pensamento e numa só intenção.” (1 Coríntios 1:10 BLH)

Poderíamos também dar a esse tópico o título de “Um Apelo à Restauração a uma Condição Correta”. A condição correta para uma igreja é ela ser unida em um mesmo sentido, ter uma mesma disposição mental, e ser unida em um mesmo parecer. A igreja de Corinto estava longe disso, e por isso ela precisava ser restaurada a essa condição correta.

Como eles fariam isso? Deixariam de ser simpáticos a Paulo, Apolo ou Pedro? Passariam eles agora a repudiar o ensino destes homens de Deus? É óbvio que não, mas eles não poderiam colocar um deles em um pedestal e repudiar os demais. Foi por isso que aconteceu o que aconteceu.

O mesmo se dá hoje. Se colocamos Calvino, ou um outro vulto cristão qualquer em um pedestal e repudiamos os outros juntamente com quem se simpatiza com seus ensinamentos, vamos ficar mais divididos do que já estamos, ainda que as diferenças não sejam tão importantes. E também uma coisa é combater um determinado ensinamento, tentar trazer à razão pessoas que estão seguindo um ensino errado, e outra coisa é condenar as pessoas junto com os ensinamentos. Paulo apela à concórdia e é em concórdia que a igreja deve caminhar.

Vejamos um exemplo do pensamento de Paulo:

“Ora, quanto ao que está enfermo na fé, recebei-o, não em contendas sobre dúvidas. Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes. O que come não despreze o que não come; e o que não come não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu. Quem és tu que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai; mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar. Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em seu próprio ânimo. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz. O que come para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come para o Senhor não come e dá graças a Deus.” (Romanos 14:1-6 RC)

HISTORIADOR SENIL

Anônimo2 disse...

historiador sênil,

O que você está dizendo para este site é considerado bobagem.

Eu não me iludo,pois Jesus disse que veio trazer divisão.

Encontro muito do que falas entre as tjs,a que eu pertenço,não tds.

Só achei que seria de seu interesse falar sobre um período de tempo realmente importante no escopo bíblico. Mas também se não quer falar nada mudará o fato de que as testemunhas de Jeová nada tem de obtusas e que suas bases bíblicas são bem específicas e sólidas. De tudo que foi escrito aqui só vejo se apegarem em detalhes torcendo-os para outros assuntos.Mas quando se trata do erro o que não falta é gente para acreditar cegamente mesmo que não tenham entendido nada.

Estudem mais seriamente nossos ensinos baseados na bíblia,cavem mais fundo e entenderão o que lhes digo.
Ednilson,o que você pergunta já está respondido.

Anônimo disse...

SÓ CITEI ALGO SOBRE 654 DC POR SER ALGO NOVO TODA AQUELA HISTÓRIA POR VOLTA DE 607 JÁ BEM CONHECIDA E JÁ DEU MUITO PANO PRA MANGA , COMO JÁ SEI , QUE CONHECE OS BEREANOS , E TODODS OS TDS AQUI JÁ PASSARAM POR LÁ E EXTRAIRAM O RECADO , MAS TUDO CONTINUA UMA INCÓGNITA , DATAS , PERÍODOS , E EVENTOS QUE CHEGARAM ATÉ NÓS COMO VERDADE MAS QUE EM VERDADE TE DIGO , TUDO FALÁCIA , O HOMEM É MENTIROSO , ONTEM , HOJE , AMANHÃ.

Dos Maçons, dos Católicos, dos Evangélicos, dos Umbandistas ou de Sócrates?
O Teste da Três Peneiras é um misto de lenda com lição de sabedoria. Nele uma determinada pessoa pretende contar a seu superior algo de que não tem muita certeza, não é necessário e nem bom. Até aqui tudo normal, uma vez que muitas fábulas têm valor moral inquestionável. A curiosidade vem do fato que muitos, com dogmas nitidamente distintos, fazem uso desta mesma história. Entre estes se encontram a Maçonaria, a Igreja Católica, Os Adventistas do Sétimo Dia e Os Umbandistas, que a contam com pequenas variações, mas sempre com mesmo o ensinamento.

Ao menos pelo que se sabe, o verdadeiro pai da lenda é Sócrates (469-399 AC), o filósofo grego. Pena não sabermos se ela é uma invenção ou se, de fato ocorreu.

Reproduzo abaixo as várias versões que encontrei, tendo o cuidado de indicar a fonte para que você possa comprovar a veracidade dos fatos.

Em tempo, deixo uma pergunta: Se grupos tão distintos de pessoas, guiados por dogmas algumas vezes diametralmente opostos, tentam fortalecer um mesmo preceito moral, será que esses grupos são realmente distintos? Será que há motivos reais para os ataques e desavenças?

HISTORIADOR SENIL

Anônimo disse...

O que você vai ver agora pode te chocar muito e até mesmo lhe dar vontade de amassar e jogar fora, pois se trata da: Maior fraude teológica de todos os tempos. Se você for sincero(a), sem dúvida fará uma investigação minuciosa.
Você sabia que por um período de 1260 anos, o período da idade média (ou idade escura) Roma Papal arquitetou o maior plano de todos os tempos, planos esses que já se encontravam profetizado nas Escrituras Sagradas (Bíblia), que era a maior farsa de todos os tempos,Vejamos a seguir:
“E levou me em espirito a um deserto, e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmias, e tinha sete cabeças é dez chifres” Apoc 17:3“E abriu a sua boca em blasfêmia contra Elohim para, blasfemar do nome, do tabernáculo e dos que habitam no céu”, Apoc.13:6
No período da “Santa inquisição” onde foram perseguidos e mortos, todos quantos possuíssem uma Bíblia, foram feitas fogueiras de Bíblias, destruindo assim, quase por completo a luz da verdade (Bíblia), Sem essa luz, foi então chamado “Idade Escura”, período onde não se tinha a Bíblia em mãos,tempo oportuno para se cometer a mais terrível fraude contra a Bíblia, atingindo de forma direta nosso Salvador, fazendo então sacrílegos mudanças na mesma.
A “Sociedade Bíblica do Brasil” afirma que o nome do filho do Eterno é Yeshua, nome único e verdadeiro dado pelos céus.
No filme” A paixão de Cristo” dirigido por Mel Gibson, retrata o nome do salvador em sua origem,” YESHUA,” que era um judeu da tribo de Judá, descendente de Davi, sendo assim toda a sua linhagem judaica.
Sendo o Salvador um judeu, como pôde ter passado para a história com o nome Greco-Romano de “Jesus Cristo”, não tendo em si nenhuma origem hebraica, mas sim de origem totalmente pagã.Segundo afirmam as Escrituras, nossa salvação vem dos judeus não dos Gregos.
“Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos por que a
salvação vem dos judeus”.
Yohanam (João4:22)

HISTORIADOR SENIL

Anônimo disse...

Já passou por sua cabeça estar adorando a quem não conhece? Eis aí o perigo desse engano, pois Yeshua nunca foi Jesus . Temos em mãos provas de tudo o que está sendo apresentado.
Foi o padre Jerônimo o tradutor da Bíblia a Vulgata Latina, que confessou ter feito mudanças a mando do Papa Dâmaso.
(Lembro da “besta cheia de nomes de blasfêmias” mencionada em Apoc.17:3)
O Eterno, através do profeta Isaias diz:
E agora, que tenho eu aqui que fazer, diz o Senhor, pois meu povo foi tomado sem nenhuma razão? Os que dominam sobre ele dão uivos, diz o Senhor; e o meu nome é blasfemado incessantemente todo o dia.” Isaias 52:5-6
“Portanto o meu povo saberá o meu nome, por esta causa, naquele dia; por que eu mesmo Sou o que digo: Eis me aqui. Isaias 52:5-6
Caro leitor, os planos para a mudança do nome do Altíssimo são antigos. Há uma profecia em Jeremias que diz:
“Eu era como um manso cordeiro, que levam ao matadouro; por que não sabia que tramavam planos contra mim, dizendo; Destruamos a arvore com o seu fruto e cortemo-lo da terra dos viventes para que não haja mais memória do seu nome”. Jeremias 11:19
Pare e pense:
Quem é o cordeiro)
‘No dia seguinte João viu Yeshua, que vinha ter com ele, e disse: eis o cordeiro de Elohim, que tira o pecado do mundo. João 1:29.
“Eu sou a videira, vós sois os ramos, quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto, por que sem mim nada podeis fazer”João 15;5
Há quase 1600 anos, estávamos sendo enganados a respeito do nome do nosso Salvador Yeshua.
Quase toda a humanidade crê que Jesus é o verdadeiro nome do Messias. Essa foi a maior mentira que satanás conseguiu introduzir na mente das pessoas.
Por ventura você é uma dessas? Quer ser liberto desse engano? Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará, como diz João 8:32. Yeshua em João 14:6 diz:
Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por Mim”.
Muitos podem dizer: é verdade que o nome é Yeshua, mas, lá em Israel, no português é traduzido como Jesus. Porém, de acordo com as normas da Lingüística Internacional, nomes próprios não se traduzem se translitera. Em Português: A verdadeira transliteração do nome do Salvador é – Yeshua, porque na transliteração muda-se a letra mas não a fonética...
Em Inglês: The real name of the savior is Yeshua. Em Espanhol:
El verdadero nombre deI Salvador es Yeshua Portanto, sendo Yeshua um nome dado pelos céus, dessa forma conclui-se que o Salvador não pode ter dois nomes, Assim sendo, “Yeshua” é o verdadeiro e único nome do salvador, que significa: “Eu sou Salvação”, enquanto o nome Jesus não tem esse mesmo significado.
Ye: “Eu sou” Shua: Salvação Miguel, Emanuel, Messias, Salvador, são adjetivos atribuídos a ‘‘Yeshua”.
Em Zacarias 14:9 diz que quando Yeshua voltar iremos chamá-lo por um só nome e este com certeza não será JESUS.E o Senhor será rei sobre toda a terra ; naquele dia um só será o senhor e um só será o seu nome”.
Querido leitor, você pode arriscar tudo em sua vida, menos a sua salvação. Atos 2:21 afirma, que quem invocar o nome do Senhor será salvo. (mas o nome correto, não o nome falso).Saiba que a partir de agora você não é mais inocente, invocar e crer no nome verdadeiro significa salvação, e a rejeição deste nome resultará em condenação eterna. Como nos afirma João 3:18:

HISTORIADOR SENIL

Anônimo disse...

“Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito filho de Elohim “.
Aceite a Yeshua como seu salvador, para que tenha a garantia do selo do Eterno, pois o selo do Eterno é o seu próprio nome.
“E olhei, e eis que estava o Cordeiro sobre o monte de Sião e com ele cento e quarenta e quatro mil, que em suas testas tinham escritos o nome Dele e de Seu Pai”.
Apoc.14:1
Agora, não pense que por aceitar e crer nesse nome, sua vida será tão fácil. O Senhor Yeshua afirma:
“Então vos hão de entregar para serdes atormentado e vós matarão; e sereis odiados. de todos os povos por causa do meu nome”. M5teus 29:9
Este nome que causa tanto desprezo, meu caro leitor, jamais será o de Jesus, e sim de Yeshua. Yeshua já havia profetizado isso quando disse: “Eu vim em nome de meu pai e não me aceitais; se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitareis”. João
5:43. Ele veio com o nome sagrado, santo e foi rejeitado, mais, Jesus, procedente de deidade pagã o mundo abraça. Cuidado! com quem você está confiando à salvação da sua alma.” Yeshua é salvação e Jesus não significa nada disso e nem é isso”
“Este nome que causa tanto desprezo e nos levará a ser atormentados, adiados, perseguidos e mortos, jamais será o de Jesus, e sim o de Yeshua”. Aceite-o como seu salvador e tenha PAZ, SHALOM !!!
Obs.:
“Elohim de Israel” é um dos
Nomes referentes ao “criador”
Ao “Altíssimo” e “Eterno” foi
Também mudado para Zeus= deus ou Deus, a etimologia desta palavra veio do Egito Zeuth:
Que significa Zeus, que é uma Deidade pagã absorvida pelos Gregos.
Preste atenção e veja, em nome de quem você está orando, e a quem entregando sua vida ...
Que o Eterno, o Elohim de Israel te Ilumine cada vez mais e que Yeshua te Abençoe com a sua SHALOM. Você poderá dizer : “ Ah! Mas o nome Deus e Jesus estão na Bíblia..”
Pense querido leitor quem fez estas mudanças? Roma Papal, os Padres.
Leia a Bíblia exegeticamente traduzida do Aramaico e Hebraico, as brechas deixadas por eles estão sendo restauradas.
Para informações completas do assunto ligue:
71-33262692
71-34925517
71-87357294

HISTORIADOR SENIL

Ednilson Sacramento Silva disse...

UMA INTERESSANTE AFIRMAÇÃO DE JEOVÁ EM RELAÇÃO A SEU REINADO SOBRE ISRAEL -

Esta afirmação de Jeová passaria a valer após a reconstrução do templo de Jerusalém:

Edição Pastoral (Ezequiel 43: 6-7) 6 Enquanto o homem continuava do meu lado, ouvi alguém que falava comigo de dentro do Templo, 7 e me dizia: «Criatura humana, este é o lugar DO MEU TRONO e o lugar onde pousam meus pés, ONDE HABITAREI para sempre no meio dos israelitas. A casa de Israel, o povo e seus reis, nunca mais profanarão o meu nome santo com as suas prostituições e com os cadáveres de seus reis com seus túmulos.

Será que Jeová mantinha ali o Seu trono, mas não era um Rei??

Ele podia não ser reconhecido como Rei, no entanto, Ele mostrou ser o rei do livre-arbítrio.

Será que outro rei admitiria uma coisa como esta??

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Historiador Senil, como pode uma pessoa CONCORDAR com uma posição que ela vê como sendo errada??

Será que o remédio é a imposição do círculo do terror??

Será que o "eu falo e você concorda e pronto" faz parte da personalidade do Deus com o qual devemos "ser um"??

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Historiador Senior esta tua pergunta foi muito bem colocada.


Se grupos tão distintos de pessoas, guiados por dogmas algumas vezes diametralmente opostos, tentam fortalecer um mesmo preceito moral, será que esses grupos são realmente distintos? Será que há motivos reais para os ataques e desavenças?



Respondo-lhe com peguntas cuja minha resposta é sim.

Será que o "espírito de competição" está produzindo frutos??

Será que os estudiosos das "Escrituras" não estão em um círculo vicioso de citações das "Escrituras", (velho e novo testamento) que não correspondem a verdade de Jeová, muito embora sejam aceitos como uma afirmação de Jeová ou como tendo sido soprada por Jeová??

A verdade não luta contra si mesma.

E experiência de Jesus com o Diabo em relação a escolher palavras nas "Escrituras" nos mostram uma realidade em relação às "Escrituras", não mostram??

As palavras faladas por Jesus troxeram a divisão de opiniões, não trouxeram??

E principalmente entre quem??
Não foi exatamente entre aqueles que conheciam a lei???

Como um sábio consegue convencer alguém que se acha sábio sobre o erro do seu raciocínio??

Jesus mostrou como fazer.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Historiador Senior, o irmão exemplificou com palavras de Paulo.

Segue:
“Ora, quanto ao que está enfermo na fé, recebei-o, não em contendas sobre dúvidas. Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes. O que come não despreze o que não come; e o que não come não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu. Quem és tu que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai; mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar. Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em seu próprio ânimo. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz. O que come para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come para o Senhor não come e dá graças a Deus.” (Romanos 14:1-6 RC)

O que Paulo está querendo dizer??

Tanto aquele que o fizer com certeza do que está fazendo está correto??
Sua consciência é o seu guia??

Qual é a base para a consciência??

Não é a informação??

Ora uma pessoa com informações erradas não verá erro em invadir lares e tentar obrigar pessoas a retratação.

Outra pessoa com informações erradas não verá como erro apedrejar pecadores (aliás, ele apresentava uma base bíblica para sua ação)

Outra pessoa com informações erradas poderá ver como normal e certo deixar de falar e conviver com determinados pecadores membros de suas igrejas (apresentando uma base bíblica para sua ação)

Outra pessoa poderá com informações erradas, ver como normal e certo expulsar da sinagoga quem incomoda por discordar de certos ensinos.

No entanto, o que fará que todos sejam um??

Jesus afirmou que ele é a verdadeira videira e que todos os demais seguidores são igualmente ramos.

O que começou com os apóstolos??

Muitos começaram a tentar serem videiras.

Como??
Por discordarem das palavras de Jesus e por discordarem das ações de Jesus em como resolver os problemas do dia a dia.

Daí, vem aquela frase:
Siga a mim, pois eu estou seguindo a Cristo.

Não sigam os outros pois os outros não estão seguindo a Jesus da maneira certa.

Eu faço mais que todos eles....

Após ele realizar o julgamento de um homem ele afirma: Quem são vocês para me julgarem?? Quem me julga é Deus.

Como conseguiriam a unidade??

Por cada um dos discípulos se interligar diretamente à verdadeira videira.

As palavras e as ações de Jesus devem servir de espelho para cada discípulo.

Sigam os homens fiéis.... Afirmam. Quem são os homens fiéis??

Daí, passam a declarar este justo e aquele iníquo.

O justo, embora tenha praticado iniquidade, continua justo, cujas palavras devem ser base para outras afirmações e cujas ações são copiadas.

Tudo isto é muito interessante, o irmão não acha??

Moisés foi declarado justo e tido como um homem justo. E agora, o que fazer se as palavras de Jesus eram contrárias às palavras de Moisés??
O que fazer se as ações de Jesus eram contrárias às ações de Moisés??

O que se deveria fazer??
Muitos decidiram MESCLAR tudo como sendo certo.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Meu amado irmão Historiador Senior tu mesmo disseste:

"Quase toda a humanidade crê que Jesus é o verdadeiro nome do Messias. Essa foi a maior mentira que satanás conseguiu introduzir na mente das pessoas."

Jeová, Javé ou qualquer outro nome, que diferença faz para mim??

NENHUMA.

Jesus, Ieshua ou qualquer outro nome, que diferença faz para mim??

Conhecer o Pai, independente do nome que Ele tenha. Trata-se de conhecer a "PERSONALIDADE" deste Pai.

Conhecer o Filho, independente do nome que ele tenha. Trata-se de conhecer a PERSONALIDADE do Filho.

Deveis ser iguais ao Pai, afirmou o Filho.

Eu o Pai somos um, afirmou o Filho.

Deveis ser um comigo exatemente assim como eu sou um com o Pai.

Onde é que saber o nome correto do Pai ou do Filho apresenta qualquer peso para esta tarefa pessoal??

Veja, trata-se de uma tarefa pessoal, pois a aprovação é pessoal.

Não devemos nos escorar em nenhum humano.....

Anônimo2 disse...

Ezequiel 43:6,7

ou Jeremias 3:16,17.

Entende?

ExatoVerdade disse...

Mateus 5:35 nem pela terra, porque é o escabelo de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei.

Mateus 23:21 "e quem jurar pelo templo, está jurando por ele e por aquele que habita nele "

Quem Jesus, [Josué ,etc..] disse que HABITAVA no Templo?
Seria Jesus um mentiroso?
Será que Jesus se esquecera de 607 AEC?

Mas nem mesmo os fariseus da época de Jesus falaram:
"Hahhh…tá vendo…ele não sabe nada!!! Deus não habita mais nesse Templo de Jerusalém…"

Jesus chamou aquele Templo de "Casa de Meu Pai" - João 2:16-17

Mateus 21:43
'É por isso que vos digo: O reino de Deus vos será tirado e será dado a uma nação que produza os seus frutos.'


O "Grande Rei" - Jah mudou-se para outra CASA (1 Cor 3:16)
Foi fazer o Seu Reino em outro "lugar" - Efésios 2:21,22

Ednilson Sacramento Silva disse...

Veja irmão A2 - Estes humanos idolatravam qualquer coisa que eles pudessem ver.

Até mesmo a arca era idolatrada.
A arca era usada por eles como arma de guerra.

Eles queriam matar o inimigo a qualquer custo.

Será que você não compraria ou mandaria fazer um pequeno exemplar da arca como recordação??

Eu quero a arca perto de mim, não foi isto o que falou e se empenhou Davi??

Adorar o Pai em espírito e em verdade envolvia não ter nenhum ícone visível.

Aqueles homens desejavam ardetemente um ícone visível e construíam muitos.

Estes homens idolatravam até a serpente feita por Moisés.

O que aconteceria com a fé destes homens se a arca não estivesse no templo reconstruído setenta anos depois???

Para eles, estaria faltando alguma coisa.

Para que Jeová estivesse ali presente no Santíssimo dependia da existência da arca e desta arca estar ali??

No entanto, irmão A2, um outro ponto não deve passar despercebido.

As palavras registradas em Jeremias 3:16-17 eram endereçadas ao reino de Israel, cuja capital era Samaria. Este reino já vivia com saudades da arca, aquilo que para eles representava a única presença de Jeová, assim como uma possível aprovação Divina.

O reino de Judá ainda permanecia exaltando-se em face da arca estar ali no templo de Jerusalém.

O Deus é nosso e não deles. Havia uma competição no ar, não havia??

Será que todos eles queriam tomar posse de Jeová??

O próprio Jeová mudaria esta condição de concorrência e batalhas entre os filhos de Jacó, para União, pois o reino de Judá seria unido ao reino de Israel.

No entanto, o Pai afirmou-lhes (ao reino de Samaria) que a arca não seria mais feita.

A arca havia sido construída por mãos humanas.
A arca não mais voltaria a ser construída por mãos humanas.

Apóstolo TDS disse...

Eu expus a chave para se desvendar de vez a verdade acerca dos "tempos designados das nações", no seguinte comentário inspirado:

Agora quero chamar a atenção do irmãos (de todos os irmãos) para o seguinte detalhe, despercebido até agora até por mim:


"e Jerusalém será pisada pelas nações." - Lucas 21:24


" elas pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses." - Revelação 11:2

"Será pisada" - futuro.

"Pisarão" - indica futuro mas também pode indicar uma continuidade no 'pisar'.

estas duas leves diferenças no texto só pode indicar uma coisa: o 'pisar' iniciou no futuro do ponto de vista de 33 EC e de uma continuidade do ponto de vista de 96 EC, época da escrita de Revelação. Sendo assim, o 'pisar iniciou após os dias do Cristo e continuaria por "42 meses" até o término do pisar. Teria sido o ano de 70 EC a data inicial do 'pisar' e que se estenderia até o fim dos "42 meses"? Teriam esses "42 meses" alguma relação com os ""mil duzentos e sessenta dias", período dado em Revelação para o tempo do profetizar das "duas testemunhas", que profetizariam "trajadas de saco"? Resta nos ver. Seria bom se o irmão PV tirasse um tempo para fazer orações e pedisse ao espírito que o iluminasse acerca destas coisas.



Creio que o silêncio de todos em não se interessar em refutar esse raciocínio do espírito é indício de que esta declaração é o princípio da verdade por trás de toda a profecia acerca do 'pisar' Jerusalém. Jesus não associou o 'pisar' - os "tempos designados das nações" - com os "sete tempos" (2.520 anos) de Daniel. Por que não faria uma coisa dessas? Pelo simples fato de que ele tinha pleno conhecimento da quantidade de anos correspondentes aos "tempos dos Gentios" (Almeida). Jesus tanto sabia que esse período de tempo equivaliam a "quarenta e dois meses" (seriam os mesmos "mil duzentos e sessenta dias" mencionados no mesmo versículo de Revelação e que marcam o tempo do profetizar das 'duas testemunhas vestidas de saco'?).

Se o Senhor revelou apenas "mil duzentos e sessenta dias" e não o dobro disso, "dois mil quinhentos e vinte anos", conforme entendem equivocadamente os do Corpo dos Governantes das Testemunhas de Jeová, por que que nós, cristãos ungidos, seguidores de Cristo e não de homens, deveríamos permanecer crendo no embuste?

Assim, de modo bem simples, a verdade acerca dos "tempos designados das nações", conforme profecia do Cristo, ganha um novo impulso para se 'percorrer as Escrituras' com o intuito de se chegar ao verdadeiro entendimento dos assuntos, assim como Daniel, após receber visitas de vários Deuses-Vigilantes, entendeu sobre os "setenta anos" de desolação de Jerusalém

A todos os meus irmãos ungidos desta reunião santa:

Peçam e receberão o "espírito dos Deuses santos". O único que nos pode 'levar a toda a verdade'.

Apóstolo TDS

ExatoVerdade disse...

Os Gentios

...porque são examinadas espiritualmente. 1 Cor 2:14 -16


Gentios Pisando o Templo

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Paulo ----
Sim, exatamente este foi o caso de Jerusalém dos dias de Jesus.

O "Grande Rei" - Jah mudou-se para outra CASA (1 Cor 3:16)
Foi fazer o Seu Reino em outro "lugar" - Efésios 2:21,22


Qual era mudança produzida por Jeová??

Em que lugar Jeová passaria a colocar o seu trono??

Jesus afirmou: Nem aqui, nem ali, nem lá. Nenhum local físico, como aquela mulher e seus antepassados buscavam a Deus para o adorar, em disputa com os judeus.

(João 4:21) 21 Jesus disse-lhe: “Acredita-me, mulher: Vem a hora em que nem neste monte, nem em Jerusalém, adorareis o Pai.

Os samaritanos adoravam o Pai?? Sim, eles O adoravam ali naquele monte.
Os judeus podiam ficar enciumados e dizerem: Só nós é que adoramos o Pai.

Tradução Brasileira (João 4:23-24) 23 Mas a hora vem e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai EM espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.
24 Deus é espírito; e é necessário que os que o adoram, o adorem EM espírito e em verdade.

Tradução Almeida:

(João 4:23-24) 23 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai EM espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.
24 Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem EM espírito e em verdade.

Assim verte a Tradução Pastoral:
(João 4:23-24) 23 Mas está chegando a hora, e é agora, em que os verdadeiros adoradores vão adorar o Pai EM espírito e verdade. Porque são estes os adoradores que o Pai procura. 24 Deus é espírito, e aqueles que o adoram devem adorá-lo EM espírito e verdade.»


Adorar ao mesmo Deus, mas adorá-lo em espírito.
Não é preciso ir a nenhum lugar para adorar a Deus??
O local físico, local disputado por humanos, deixaria de ser um motivo de disputa.

Afinal de contas, Deus é espírito.

Deus é invisível e está em todos os lugares ao mesmo tempo, logo, você não precisa vir a este monte ou ir até Jerusalém para adorar o Pai.

Em qualquer lugar deste planeta e a qualquer hora você poderá adorar o Pai.

A pessoa podia ir até o monte para adorar o Pai e dois dias depois, estando longe dali achar que não está mais na presença de Deus.

O que seria adorar a Deus de uma forma invisível???

Adorar em espírito.........

Esta parte acima é a que eu creio.

No entanto, outros podem afirmar:

(João 4:23-24) 23 Não obstante, vem a hora, e agora é, quando os verdadeiros adoradores adorarão o Pai COM espírito e verdade, pois, deveras, o Pai está procurando a tais para o adorarem. 24 Deus é Espírito, e os que o adoram têm de adorá-lo COM espírito e verdade. . .

"Adorar COM espírito" - Tendo por base esta Tradução (NM) a pessoa poderá entender que o verdadeiro adorador é aquele que recebe o espírito santo de Deus.

Neste caso, a correta adoração a Jeová só seria feita por aquele a quem Jeová der o Seu "espírito santo".
Ainda poderiam afirmar que para adorar Jeová com espírito a pessoa tem de receber o "espírito santo".
Ao homem seria impossível adorar corretamente a Jeová sem receber o "espírito santo"..

Isto deixaria muitas e interessantes perguntas a serem respondidas, não é mesmo???

"A verdade prova a si mesmo como verdade por buscar responder todas as perguntas".

ExatoVerdade disse...

Lucas 11:8 (Almeida) digo-vos que, ainda que se levante para lhos dar por ser seu amigo, todavia, por causa da sua importunação, se levantará e lhe dará quantos pães ele precisar.

9 Pelo que eu vos digo: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á;

10 pois todo o que pede, recebe; e quem busca acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á.


11 E qual o pai dentre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente?

12 Ou, se pedir um ovo, lhe dará um escorpião?

13 Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo

Como no caso do dogma de 1914, e de fato, como resultado desse dogma, a dádiva gratuita do espírito santo foi "colocado de escanteio"

Mas , conforme as Palavras do Mestre:

João 7:37-39
João Ferreira de Almeida Atualizada (AA)
37 Ora, no seu último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba.
38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva.

39 Ora, isto ele disse a respeito do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito ainda não fora dado, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado.

Também:

João 4: 10 Em resposta, Jesus disse-lhe: “Se tivesses sabido da dádiva gratuita de Deus [espírito santo] e quem é que te diz: ‘Dá-me de beber’, tu lhe terias pedido e ele te teria dado água viva.” 11 Ela lhe disse: “Senhor, não tens nem mesmo um balde para tirar água, e o poço é profundo. Donde tens então esta água viva? 12 Será que és maior do que o nosso antepassado Jacó, que nos deu o poço e que bebeu dele junto com os seus filhos e seu gado?” 13 Em resposta, Jesus disse-lhe: “Todo aquele que beber desta água ficará novamente com sede. 14 Quem beber da água que eu [Jesus Cristo] lhe der, nunca mais ficará com sede, mas a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água que borbulha para dar vida eterna.”

Ednilson Sacramento Silva disse...

Amado irmão Apóstolo - Cuidado, muito cuidado.

O "escravo" levou tempo pesquisando, depois chegou a uma conclusão a respeito de datas. Até então tudo parecia normal.
Depois, o escravo engrandeceu-se tanto com suas datas que pareciam casar com tudo o que pesquisavam, qua passou a achar-se especialmente inspirado, passando a comportar-se como se estivesse acima de toda a humanidade. Inspirar é igual a soprar. Aparentemente, o espírito santo tinha soprado uma informação para o "escravo".

O tempo é o aliado nº1 da verdade.

O que o tempo provou??
O tempo provou que o espírito santo não soprou nenhuma informação para o escravo em relação àquelas datas tidas como "verdades".

A pesquisa e o questionamento são elementos imprescindíveis para que haja o entendimento.

Cuidado com a armadilha deste apego a datas e do que podem gerar no coração humano.

ExatoVerdade disse...

E lembre-se que "as datas" podem representar um período simbólico, uma vez que revelação é descrito em SINAIS:

Rev 1 Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu, para mostrar aos seus escravos as coisas que têm de ocorrer em breve. E ele enviou o seu anjo e [a] apresentou por intermédio dele em sinais ao seu escravo João


O ponto é que "os tempos dos gentios" ou "os Tempo dados às nações" não se referiam ao passado dos dias de Jesus, mas sim se referia ao FUTURO.

42 meses ou 1260 dias ou 3.5 anos é o mesmo que o período do ministério de Jesus Cristo.

Esses textos abaixo estão TODOS CORRELACIONADOS

Daniel 7:25 E falará até mesmo palavras contra o Altíssimo e hostilizará [PISARÁ] continuamente os próprios santos do Supremo. E tentará mudar tempos e lei, e serão entregues à sua mão por um tempo, e tempos e metade de um tempo.
26 E o próprio Tribunal passou a assentar-se,+ e tiraram-lhe finalmente seu próprio domínio [DA FERA], a fim de [o] aniquilar e destruir totalmente.
27 “‘E o reino, e o domínio, e a grandiosidade dos reinos debaixo de todos os céus [DOMínios de BAIXO] foram entregues ao povo que são os santos do Supremo. Seu reino é um reino de duração indefinida e a eles é que servirão e obedecerão todos os domínios.’ - Compare com Rev 11:15

Revelação 11:2 Mas, quanto ao pátio que está de fora do [santuário do] templo, lança-o completamente fora* e não o meças, porque foi dado às nações, e elas pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses . 3 E farei as minhas duas+ testemunhas profetizar por mil duzentos e sessenta dias trajadas de saco. [Compare com Daniel 7:25 - por um tempo, e tempos e metade de um tempo.

Revelação 13:” 5 E foi-lhe dada uma boca que falava grandes coisas e blasfêmias, e foi-lhe dada autoridade para agir por quarenta e dois meses. ou por mil duzentos e sessenta dias

Rev 11:15 E o sétimo anjo tocou a sua trombeta.+ E houve vozes altas no céu, dizendo: “O reino do mundo [todos os domínios abaixo do ceu - Daniel 7] tornou-se o reino de nosso Senhor e do seu Cristo,+ e ele reinará para todo o sempre.”


Ou seja, o fato dos "tempos dos GENTIOS" é que os Santos , ou Templo de Deus ou "as duas testemunhas" é PISADO ou Hostilizado por uma FERA [Besta / Organização]. Isso se daria "na terminação do sistema de coisas".
De modo que não tem NADA a Ver com 607 AEC.
1914 é apenas uma tentativa de "mudar tempos e lei" - Daniel 7:25


Att.
Paulo

ExatoVerdade disse...

Note Também:

Rev 12: 14 Mas, deram-se à mulher as duas asas da grande águia, para que voasse ao ermo,+ para o seu lugar; ali é que ela é alimentada+ por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, longe da face da serpente.

De modo que o "tempo das nações" se dá entrementes na terminação do sistema.


Nesse tempo, os fiéis são pisados e depois recebem o reino do mundo Rev 11:15, DAniel 7:25-27

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Paulo Vicentine no "reino de sacerdotes" existente na mente de Jeová, aquele que estava no "projeto", existiam sacerdotes, profetas e o povo em geral.

Tudo isto era realmente necessário??

Qual era o objetivo de Jeová??

Jeová definiu em sua mente o que cada um dos elemento do reino de sacerdotes devia fazer. Depois de informar isto aos humanos, estava ao encargo deles tornar realidade este reino de sacerdotes.

Quem recebia espirito santo neste reino de sacerdotes?? Agora só dependia deles tornar realidade este projeto do Pai.

Os sacerdotes tinham as funções criadas na mente de Jeova e repassada a eles.

Os sacerdotes recebiam espírito santo para o desempenho de suas atribuições?? Não, não recebiam.

O profeta recebia uma mensagem em sonho ou em visão. Para que ele recebia o espírito santo??

Ele recebia o espírito santo que o capacitava a lembrar-se de todas as palavras.

"O espírito santo não o habilitava a criar mandamentos". Somente ao Pai cabia criar mandamentos.
Prerrogativas exclusivas do Pai: criar mandamentos e punir os rebeldes.


Outros profetas receberam capacitações para realizarem outras coisas que lhes eram impossíveis de fazer sem o espírito santo.

O povo em geral devia aprender a se comportar como uma "nação santa", no entanto, os membros do povo não recebiam espírito santo.

Algumas outras pessoas receberam o espírito santo quando era necessário fazer algo que ao humano era impossível de fazer sem o espírito santo.

Depois de se rebelarem contra o Rei Jeová, estes humanos pediram um rei humano. Mesmo Jeová lhes avisando sobre o comportamento de um rei humano, eles insitiram em ter tal rei.

Segundo Jeová, o rei não devia ser um leão. Segundo Jeová, o rei devia continuar sendo uma ovelha.

O que percebemos neste reino de sacerdotes criado por Jeová??

As regras deste reino eram as estipulasas pelo Pai. Os sacerdotes tinham atribuições, os profetas tinham atribuições e o povo tinha atribuições.

No entanto, somente alguns recebiam espírito santo.

O povo tinha regras a obedecer; o sacerdotes recebiam regras adicionais e as vezes únicas a eles.
Os profetas tinhas regras a obedecer independente de receber ou não espírito santo.

O objetivo deste reino de sacerdotes era a produção de ovelhas, pois todos, deveriam alcançar a condição de ovelhas.

O sacerdote devia ser e permanecer ovelha; o profeta devia ser e permanecer ovelha, o rei devia ser e permanecer ovelha e cada elemento do povo devia ser e permanecer ovelha.

Os mandamentos dados pelo Pai eram suficientes para que fosse alcançado o objetivo existente na mente do Pai, ou seja, um reino de ovelhas.

Será que para ser e permanecer ovelha a pessoa precisaria receber espírito santo??

Jeová não deu espírito santo para todas as pessoas. Será que havia uma falha no projeto??

ExatoVerdade disse...

irmão, como Jesus definira, o espírito santo é um "ajudador", ele guia mas não impõe.

Um guia pode ou não ser seguido.
Imagine-se em um passeio, vc pode ser guiado ou pode ir em direção oposta que o guia lhe fornece.

O espírito santo não desfaz o livre arbítrio da pessoa, tanto que a pessoa pode ir em direção oposta ( "contristando o espírito" )

Mas o espírito é prova de que Deus nos ama assim como amou à Jesus:

1 João 3:24 Ainda mais, quem observa os seus mandamentos permanece em união com ele, e ele em união com tal; e por meio disso obtemos o conhecimento de que ele permanece em união conosco, devido ao espírito que ele nos deu.

1 João 4:13 Assim é que obtemos o conhecimento de que estamos permanecendo em união com ele e ele em união conosco, porque ele nos conferiu o seu espírito

Conforme disse Jesus: "Eu o amarei e me mostrarei claramente a ele"

Eu o amarei e me mostrarei claramente a ele

1 João 5:9 Se recebemos o testemunho dado por homens, o testemunho que Deus dá é maior,

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Paulo, não podemos colocar palavras na boca de Jesus.

No o que o está registrado:

João Ferreira de Almeida Atualizada (AA)
37 Ora, no seu último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba.
38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva.

Até aqui isto é logo após a palavra "dizendo" até este ponto final acima é a palavra saída da boca do Mestre.

E depois disto o que ocorre??


39 Ora, isto ele disse a respeito do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito ainda não fora dado, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado.

O versículo 39 não é uma expressão saída da boca de Jesus.

Trata-se de uma CONCLUSÃO que alguém inseriu em relação ao que Jesus havia falado.

Veja que esta conclusão recebe o mesmo tratamento dado a palavra saída da boca de Jesus, isto é, passa a ser considerada como uma expressão saída da boca de Jesus.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Veja meu amado irmão Paulo:
A tradução do novo mundo assim registra:
João 4: 10 Em resposta, Jesus disse-lhe: “Se tivesses sabido da DÁDIVA GRATUITA DE DEUS [espírito santo] e quem é que te diz: ‘Dá-me de beber’, tu lhe terias pedido e ele te teria dado água viva

Ao finalizar a expressão dádiva gratuita, o irmão colocou espírito santo ou a minha versão está desatualizada??

Independente disto veja como outras Traduções vertem:

Tradução Brasileira (João 4:10) 10 Respondeu-lhe Jesus: Se tivesses conhecido o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe terias pedido, e ele te haveria dado água viva.

Tradução Almeida:
(João 4:10) 10 Respondeu-lhe Jesus: Se tivesses conhecido o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe terias pedido e ele te haveria dado água viva.

Edição Pastoral (João 4:10)10 Jesus respondeu: «Se você conhecesse o dom de Deus, e quem lhe está pedindo de beber, você é que lhe pediria. E ele daria a você água viva.»

"O dom de Deus" gera um pensamento.

"A DÁDIVA GARTUITA DE DEUS" gera um outro pensamento, induz a outro pensamento.

Será que existe uma tendência nesta Tradução NM??

Será que a Tradução NM é aquela que recupera a "verdade"??

Será que também foi feito um reajuste nestes versículos para que a "verdade" pudesse ser vista pelos homens??

Uma pessoa sincera se apegará a esta "verdade", afinal, está escrito.

ExatoVerdade disse...



Se alguém tem sede, venha a mim e beba.
38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva.


como diz a Escritura

, do seu interior correrão rios de água viva.

João 4:14
14 Quem beber da água que eu lhe der, nunca mais ficará com sede, mas a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água que borbulha para dar vida eterna.”

João 6:63 É o espírito que é vivificante;

É o espírito que é "água viva"

"água viva" - "espírito santo"

"água que eu lhe der"
"o espírito que eu lhe der"

"Quem crê em mim" - "do seu interior correrão rios de água viva. - espírito santo"


Assim é o próprio Jesus que estabelece a relação entre a fé nele ["crê em mim"] e o recebimento da "água viva" ou espírito.

Assim percebemos a validade da expressão:

39 Ora, isto ele disse a respeito do Espírito que haviam de receber os que nele cressem;

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Paulo, eu respeito a afirmação do meu irmão João.

Mas o espírito é PROVA de que Deus nos ama assim como amou à Jesus:

1 João 3:24 Ainda mais, quem observa os seus mandamentos permanece em união com ele, e ele em união com tal; e por meio disso obtemos o conhecimento de que ele permanece em união conosco, devido ao espírito que ele nos deu.

1 João 4:13 Assim é que obtemos o conhecimento de que estamos permanecendo em união com ele e ele em união conosco, porque ele nos conferiu o seu espírito

O PERDÃO DADO POR JESUS TODO O TEMPO ÀQUELES HUMANOS QUE ELE ESCOLHEU - isto sim é prova de que Jesus os amava.

Será que o irmão irá rotular ou colocar um selo de "JUSTOS" nestes homens??

O irmão afirma que Jeová revelou o seu amor a Jesus por lhe dar o espírito santo???

Agora me responda. O mesmo amado apóstolo João já tendo recebido o espírito santo desejou queimar uma aldeia de samaritanos, tendo Jesus servido de ajudador para que ele não fizesse realidade o desejo do seu coração. Ele já havia recebido o mandamento. Qual o mandamento??
Não se vingue e não guarde ressentimento; dê a outra face; se perdoardes os pecados dos homens.....
O espírito santo habilitava João a fazer coisas impossíveis dele fazer sem tal espírito santo. No entanto eu te pergunto: Onde estava a obediência ao mandamento dado por Jesus e que ele via Jesus obedecendo todos os dias???

Estes homens estavam em união com Jesus??

A união não se revela quando aparecem problemas e a pessoa age igualzinho àquela outra??

Os que receberam espírito santo era pelo fato de terem sido aprovados por Jeová.

Eu me lembro de palavras parecidas:

Foram falas por alguém que se auto aprovava. Ele encontrava motivos plenamente lógicos em sua mente
para externar tal conclusão:
(Salmos 41:11-12) 11 Por meio disso sei deveras que te agradaste de mim, Porque meu inimigo não brada em triunfo sobre mim. 12 Quanto a mim, sustentaste-me por causa da minha integridade E pôr-me-ás diante da tua face por tempo indefinido.

Davi falou mais a respeito de sua integridade:
(Salmos 7:8-9) 8 O próprio Jeová sentenciará os povos. JULGA-ME, ó Jeová, SEGUNDO A MINHA JUSTIÇA E segundo a MINHA INTEGRIDADE que há em mim. 9 Por favor, tenha fim a maldade dos iníquos, E seja o justo firmado por ti; E Deus, como justo, prova o coração e os rins.
(Salmos 26:1) 26 JULGA-ME , ó Jeová, PORQUE EU MESMO TENHO ANDADO NA MINHA PRÓPRIA INTEGRIDADE E tenho confiado em Jeová, PARA NÃO VACILAR .
Sou um homem justo e de mãos limpas, pois guardei os caminhos de Jeová, falou Davi:(Salmos 18:21-24) 21 Pois guardei os caminhos de Jeová E não me afastei iniquamente do meu Deus. 22 Pois todas as suas decisões judiciais estão diante de mim, E não removerei de mim os seus estatutos. 23 E mostrarei SER SEM DEFEITO para com ele E me guardarei do erro da minha parte. 24 E QUE JEOVÁ ME PAGUE DE VOLTA SEGUNDO A MINHA JUSTIÇA , SEGUNDO A LIMPEZA DAS MINHAS MÃOS DIANTE DOS SEUS OLHOS.

Nosso amado irmão Davi chegou a estas conclusões sobre o seu relacionamento com Jeová.

Ele não percebia que era perdoado todo instante. Quando percebia que havia recebido um perdão, procurava e encontrava um MÉRITO seu por ter sido perdoado.

Somente um filho cego é que não percebe o quanto o seu pai o perdoa durante um dia. O pai sabe, no entanto o filho nem perceberá nada, no caso do pai perdoar e não lhe falar nada.

Não há humanos que colocam um selo de justiça em Davi??
Muitos declaram Davi justo. Mitos declaram Moisés justo.
Outros declaram os apóstolos justos.

Muitos ainda repetem as palavras de Davi como prova de que ele era um homem justo.
O que se pode fazer em relação a isto??

Eu sei exatamento do que estou falando, pois já defendi Davi como sendo homem justo, me irritando com aqueles que afirmassem o contrário.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Paulo,o irmão está esquecendo de como o humano foi projetado e formado.

O humano é fruto de informação.

Pode um escravagista convicto ser um lider abolicionista??
POr que não?? POrque envolve sentimentos.

Veja, um homem pacífico mesmo sem receber espírito santo, toma a decisão e mantêm a decisão de morrer sem realizar qualquer agressão.

Agora, tome um justiceiro e dê a ele o espírito santo e diga a ele quais são os mandamentos que ele deve obedecer.
Depois disto coloque-o em uma situação de plenamente ofendido ou que ele veja um amado parente seu sendo chicoteado até a morte.

O que fará o justiceiro?? Ele fará aquilo que o seu coração decidir. Sendo ele um justiceiro, ele usará a força dada pelo espírito para fazer violência contra aquele que faz violência contar aquele que ele ama.

A boca fala daquilo que o coração está cheio.
As palavras e as ações revelam o que existe dentro do coração.

Coração é um local invisível.
Dentro do coração ficam coisas invisíveis.
Os sentimentos ficam dentro dos corações.

O que fazer para criar sentimentos nobres nos corações??
O que fazer para criar péssimos sentimentos nos corações??

A palavra saída da boca de Jesus.

Esta sim é a água que fará da pesssoa uma fonte para a vida.

Ele morre, mas não mata.
Ele sempre perdoa.
Ele não gurada ressentimento.

A palavra tem este poder.

Não menospreze o poder da palavra do semeador de sementes escelentes, pois as sementes são lançadas nos corações.
A pessoa precisa ouvir, precisa gostra do que ouviu,precisa entender o que ouviu e precisa começar a praticar o que entendeu...

Se não entender, mesmo recebendo espírito santo, ela não praticará, pois também não concorda.

Anônimo 2 disse...

A2,falando rápido e apressado:

"Jeremias 3:16,17 se refere à israel cuja capital era Samaria"

Então você entendeu a relação com Ezequiel!!!!! Bingo!
O MESMO CORDEL DE MEDIR
Isto explica porque Jesus chamava a "casa de adoração" de "casa de meu pai"-Mateus 21:13.(outras dicas:Daniel 9:27,Ageu 2:9,Salmo 69:9).


Em vista do fator tempo curto e desperdício mostrarei economia em palavras,doravante avante.

papagaio de pirata disse...

"A PALAVRA(OU DECLARAÇÕES) SAÍDAS DA BOCA DE JESUS,ESTA SIM É A ÁGUA QUE FARÁ DA PESSOA UMA FONTE PARA A VIDA"

Mais um bingo!

Embora o espírito de Jeová também faça isso,mas o que Jesus quis dizer para a Samaritana foi isto.



Ednilson Sacramento Silva disse...

NÃO PODEMOS ESQUEÇER QUE O ESPÍRITO SANTO NÃO MODIFICA A PERSONALIDADE DE NINGUÉM.

Alguém pode citar um exemplo qualquer em que o espírito santo modificou a personalidade de alguém??

A "personalidade" é formada de acordo com "informações".
A "personalidade" é modificada de acordo com "informações".


A personalidade é individual e intransferível.
A "personalidade" pode ser copiada??

Desde que o copiador não seja um ATOR, a pessoa precisará ter as mesmas bases (informações) que formaram a personalidade da outra pessoa a quem ele está copiando.

ExatoVerdade disse...

João 6:43 Em resposta, Jesus disse-lhes: “Parai de resmungar entre vós. 44 Ninguém pode vir a mim, a menos que o Pai, que me enviou, o atraia;

João 6:65 Prosseguiu assim a dizer: “É por isso que eu vos tenho dito: Ninguém pode vir a mim, a menos que isso lhe seja concedido pelo Pai.”

João 6:45 Está escrito nos Profetas: ‘E todos eles serão ensinados por Jeová.’ Todo aquele que do Pai ouviu e aprendeu vem a mim.

Ouvir do Pai e Aprender
Precisa ouvir do Pai E aprender

Muitos ouvem mas não aprendem
"Muitos são convidados" mas poucos seguem o Caminho

Assim percebemos que quem constrói a única congregação de Deus, é o próprio Deus.

Abraços, na benignidade IMERECIDA (graça) do Senhor Jesus Cristo para glória de Jah

Paulo

Ednilson Sacramento Silva disse...

Meu amado irmão Paulo

Embora para alguns, receber o espírito santo possa representar um sinal de "aprovação" divina, esta não é a realidade revelada pela história bíblica.

Será que as escolhas de Jeová em relação aos humanos se deram em face das qualificações pré existentes neste humano

O que afirmou o Filho (Jesus)??


(Mateus 7:21-22) 21 “Nem todo o que me disser: ‘Senhor, Senhor’, entrará no reino dos céus, senão AQUELE QUE FIZER A VONTADE de meu Pai, que está nos céus. 22 Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos em teu nome e não expulsamos demônios em teu nome, e não fizemos muitas obras poderosas em teu nome?. . .

Alguns afirmam que tais pessoas eram os recebiam o espírito de Satanás e não o espírito santo.

Ninguém se atreve a afirmar que Tiago e João haviam recebido o espírito de Satanás, ou será que se atreve??

Não estavam estes homens dispostos a queimarem uma aldeia de samaritanos??

Alguém ainda poderá afirmar: "Mas eles não chegaram a fazer."

No entanto, segundo Jesus, o pecado acontece primeiro no coração. Depois, somente depois são geradas palavras e ações que materializam o pecado.

Ednilson Sacramento Silva disse...

No entanto, segundo Jesus, o pecado acontece primeiro no coração. Depois, somente depois são geradas palavras e ações que materializam o pecado.

(Mateus 5:27-28) 27 “Ouvistes que se disse: ‘Não deves cometer adultério.’ 28 Mas eu vos digo que todo aquele que persiste em olhar para uma mulher, a ponto de ter paixão por ela, JÁ COMETEU no coração adultério com ela.

A cobiça é um pecado que acontece no coração. Ela se tornará visível através de palavras e de ações do cobiçoso. ISTO SÓ ACONTECERÁ DEPOIS.

As palavras destes homens escolhidos por Jesus (Tiago e João) e que já haviam recebido espírito santo, de forma que podiam fazer coisas que até então não tinham a CAPACIDADE de fazerem, REVELAVAM para os ouvintes humanos a decisão tomada em seus corações, isto é, queimar samaritanos.
Eles queriam agradar Jesus com esta atitude.
Jeová já tinha visto este pecado ocorrido nos corações destes dois homens, mesmo antes deles exporem sua sentença contra aqueles samaritanos?? Óbvio que sim.

O que isto revelou em relação ao espírito santo??
O espírito santo será comandado pela "vontade" daquele que o recebe.

Em lugar de estar fazendo a vontade do Pai, aquele que recebe o espírito santo estará usando o espírito santo para satisfazer a sua vontade.

Qual é a "vontade de Jeová" quando um filho Seu torna-se vitima de uma agressão física ou verbal de um outro filho Seu??

A vontade de Jeová é exatamente aquilo que Ele deseja que o Seu filho faça.
Isto é algo que já não depende mais do Pai.

Esta é a vontade do Pai. Tiago e João já sabiam disso.
JEOVÁ SEMPRE DESEJA QUE HAJA O PERDÃO DAQUELE QUE FOI VITIMADO PARA AQUELE QUE O VITIMOU.

Quando satisfarei a vontade do meu pai humano deseja que eu seja um médico??

Estudando e me formando como médico.
Ele pode financiar os meus estudos, mas o estudar e o farmar, não depende do pai, mas exclusivamente do filho.

Expondo o futuro, obviamente por conhecer profundamente o ser humano, Jesus deixou claro que muitos iriam PRESUMIR (chegar a conclusão) que o fato de estar usando o espírito santo para curar e outras obras incapazes dele fazer sem ter o espírito santo, REPRESENTAVA uma aprovação (dele) da parte do Dono do "espírito santo", isto é, o Pai.

Ora, se o Pai está me dando o espírito santo é porque eu sou um MERECEDOR disto, em face de que eu............... e que eu........., além do que, Jeová não daria o seu espírito santo para um iníquo.

Ele acredita nisto e vive o seu dia a dia como se isto fosse a mais límpida verdade, até o dia em que se encontra com o seu Mestre Jesus.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Veja meu amado irmão Paulo.

O irmão usou a aformação de nosso amado irmão João como base para construir uma casa.

1 João 3:24 Ainda mais, quem observa os seus mandamentos permanece em união com ele, e ele em união com tal; e por meio disso obtemos o conhecimento de que ele permanece em união conosco, devido ao espírito que ele nos deu.

1 João 4:13 Assim é que obtemos o conhecimento de que estamos permanecendo em união com ele e ele em união conosco, porque ele nos conferiu o seu espírito

Ora, ora, a partir de quando ter recebido espírito santo representava estar em união com Jesus??

Será que João havia esquecido do seu incidente em relação àquela aldeia de samaritanos??
Naquele dia e naquela hora, estava ele em união com Jesus??
João era um com Jesus??
A reação de Jesus nos fornece a resposta.

O que Mestre de João havia falado para ele??

(João 14:15-16) 15 “SE ME AMARDES, observareis os meus mandamentos; 16 e eu solicitarei ao Pai e ele vos dará outro ajudador para estar convosco para sempre,. . .

NOVAMENTE FOI COLOCADO POR JESUS A PRIORIDADE - Obedecer os mandamentos.

Quem é que obedece os meus mandamentos??
Aquele que me ama.

NOVAMENTE E NOVAMENTE.

(João 14:21) 21 Quem tem os meus mandamentos e os observa, ESTE É O QUE ME AMA. Por sua vez, quem me ama, será amado por meu Pai, e eu o amarei e me mostrarei claramente a ele.”

Quem é que me ama??
Aquele que tem os meus mandamentos e os obedece.

Alguma coisa sobre criar mandamentos novos?? Não.

Embora o pai que revela a sua vontade de que o filho seja um médico ame o seu filho muito antes dele começar ou não a estudar medicina, o pai amará ainda mais o filho que se empenhou em satisfazer a sua vontade de pai.

Haverá uma maior intimidade entre pai e filho, não é mesmo??

NOVAMENTE, NOVAMENTE E NOVAMENTE.

(João 14:23-24) 23 Em resposta, Jesus disse-lhe: “SE ALGÚEM ME AMAR, observará a minha palavra, e meu Pai o amará, e nós iremos a ele e faremos a nossa residência com ele. 24 QUEM NÃO ME AMA, não observa as minhas palavras; e a palavra que estais ouvindo não é minha, mas pertence ao Pai que me enviou.

OBEDECER AOS MANDAMENTOS DADOS POR JESUS ESTAVA VINCULADO E DEPENDENTE DE AMAR A JESUS.

Não estava vinculado e dependente de receber espírito santo.

OBEDECER - esta é a definião do dicionário Houaiss:
v. (sXIII) 1 t.i. submeter-se à vontade de (outrem) [o. aos pais] 2 t.i. estar sob o comando de; prestar vassalagem a [durante a colonização, várias províncias ameaçaram não o. à metrópole] 3 t.i. agir ou estar de acordo com [o. às regras de trânsito] [a escrita da História obedece às leis do discurso] 4 t.i. ceder a (uma incitação ou sentimento); atender a [o. aos chamados da natureza] 5 t.i. estar submetido a uma força, a uma necessidade natural [os animais obedecem aos instintos] 6 int. reagir a um movimento coordenado; funcionar corretamente [o freio do automóvel não mais obedece]

Ednilson Sacramento Silva disse...

NOVAMENTE, NOVAMENTE E NOVAMENTE.

Os dois mandamentos que toda a lei e os profetas têm por base, quais são mesmo??

Amar o Pai acima de todas as coisas;
Amar ao próximo como a si mesmo;

O ódio fica do lado oposto.

No entanto, um servo do Deus Altíssimo afirmou am alto e bom som que ele "odiava".
Outros servos do Deus Altíssimo não vêm este sentimento oposto aos mandametos de Jeová (toda lei e os profetas) como algo errado. Vêm como uma coisa normal e certa, apresentando as devidas justificativas. Ao final coroam este humano como "homem justo".

E se Jeová falasse o oposto diretamente dos céus??
Provavelmente afirmariam que se tratava de Satanás enganando os incautos.

Wandrey Soares disse...

À todas as testemunhas tds.

Em vista da estrela que caiu do céu há alguns dias e haja visto que foi considerado como nova informação a questão das palavras de Jesus "as estrelas cairão do céu",elaborado por inspiração divina e soprado aos ouvidos do profeta tds Paulo Vicentine,enquanto caia em transe,e haja visto que eu determinei como informação procedente da boca dos diversos Jeovás e publiquei como nossa teologia a ser anunciada ao mundo como boas novas,fica de agora em diante determinado que os irmãos façam as devidas correções nos seus compêndios eletrônicos.Nos parágrafos onde se lê-"As estrelas simbolizam cristãos ungidos,poderá inserir a seguinte informação-Não temos como saber do que se trata.

Aceitem calorosos votos de nossa união cristã.


Corpo Governante tds,

Para as redes sociais e blogs da internet.

Wandrey Soares disse...

À todas as testemunhas tds.

Em vista da estrela que caiu do céu há alguns dias e haja visto que foi considerado como nova informação a questão das palavras de Jesus "as estrelas cairão do céu",elaborado por inspiração divina e soprado aos ouvidos do profeta tds Paulo Vicentine,enquanto caia em transe,e haja visto que eu determinei como informação procedente da boca dos diversos Jeovás e publiquei como nossa teologia a ser anunciada ao mundo como boas novas,fica de agora em diante determinado que os irmãos façam as devidas correções nos seus compêndios eletrônicos.Nos parágrafos onde se lê-"As estrelas simbolizam cristãos ungidos,poderá inserir a seguinte informação-Não temos como saber do que se trata.

Aceitem calorosos votos de nossa união cristã.


Corpo Governante tds,

Para as redes sociais e blogs da internet.

Ednilson Sacramento Silva disse...

CHEGUEI A CONCLUSÃO QUE SOU JUSTO.

Disse um servo do Deus Altíssimo para Tuutiio:
- Eu cheguei à conclusão que sou “justo”.
Tuutiio se interessou no diálogo:
- Por que você chegou a esta conclusão??

- Porque o Deus Altíssimo continua morando comigo na mesma tenda.

- Mas, pense um pouco meu irmão justo, as coisas que aconteceram...
- O Frettyubm e muitos outros descreveram para todos os demais, quais foram as tuas ações dentro do acampamento.
- O que disseram eles??

Eles me contaram o que aconteceu com as seguintes palavras:

(Números 31:13-20) 13 Então Moisés e Eleazar, o sacerdote, e todos os maiorais da assembléia saíram-lhes ao encontro fora do acampamento. 14 E MOISÉS FICOU INDIGNADO com os homens designados das forças combatentes, os chefes dos milhares e os chefes das centenas, que retornavam da expedição militar. 15 De modo que Moisés lhes disse: “Preservastes viva a toda a fêmea? 16 Eis que estas são as que pela palavra de Balaão serviram para induzir os filhos de Israel a cometerem infidelidade para com Jeová na questão de Peor, de modo que veio o flagelo sobre a assembléia de Jeová. 17 E AGORA, MATAI A TODO O MACHO DENTRE OS PEQUENINOS E MATAI A TODA A MULHER QUE TIVER TIDO RELAÇÕES COM UM HOMEM POR SE DEITAR COM UM MACHO. 18 E preservai vivas para vós a todas as pequeninas dentre as mulheres, que não tiverem conhecido o ato de se deitar com um macho. 19 Quanto a vós mesmos, acampai sete dias fora do acampamento. Todo aquele que tiver matado uma alma e todo aquele que tiver tocado em alguém que foi morto — deveis purificar-vos no terceiro dia e no sétimo dia, vós e os vossos cativos. 20 E toda veste e todo objeto de pele, e tudo feito de pêlos de cabra, e todo objeto de madeira deveis purificar para vós de pecado.”

- O Frettyubm chorava copiosamente ao me contar o que ele passou a ver:

Eram milhares de mulheres e crianças correndo de um lado para outro, gritando por piedade e clemência, sendo mortas à espada. Não consigo parar de ouvir aqueles gritos de puro desespero e quando fecho os olhos ainda vejo toda aquela cena se repetir diante de mim. E depois de tudo isto, os participantes desta CHACINA de mulheres e crianças deveriam apenas se purificar fora do acampamento.

Tuutiio perguntou: Se eles fizessem isto com alguns dos nossos, o que tu sentirias como um mero observador?

O justo respondeu: eu matei um egípcio que fustigava um dos nossos, não matei??

- Eu soube.

O justo continuou: Jeová me escolheu mesmo assim, não escolheu??
Até hoje Ele continua falando comigo face a face. Tuutiio, Ele não fala como iníquos. Se eu fosse um iníquo Ele não continuaria a falar comigo.

Tuutiio baixou a cabeça e estava saindo, quando o “justo” ainda lhe afirmou: “Não tenha misericórdia do iníquo, pois você poderá estar ofendendo a Jeová.”

ExatoVerdade disse...

1 Cor 2:14 Mas o homem físico não aceita as coisas do espírito de Deus, porque para ele são tolice; e ele não pode chegar a conhecê-las, porque são examinadas espiritualmente.

2 Tess 2:9 Mas a presença daquele que é contra a lei é segundo a operação de Satanás, com toda obra poderosa, e sinais e portentos mentirosos, 10 e com todo engano injusto

o homem físico olha para o mundo físico em que Satanás opera com toda obra poderosa, e sinais e portentos mentirosos, 10 e com todo engano injusto

Apóstolo TDS disse...

Irmão Wanderley Soares, seja bem vindo à associação das Testemunhas dos Deuses Santos.

Tis, tis, tis

Apóstolo TDS

Anônimo 2 disse...


"As coisas do espírito de Deus..são examinadas espiritualmente"

"está casa será chamada de "casa de adoração" "A casa de meu pai" "casa de Deus"

mais uma dica:Ageu 2:4-9.

Não é possível que alguém que tenha o espírito não compreenda!

Não é possível que um "demais mortos" tenha de ensinar a um "filho de Deus" escolhido as coisas do espírito de Deus.

ExatoVerdade disse...

Eu li direito?
"Corpo Governante tds"

Lembre-se, "Corpo Governante...sofrerá perdas"

não sejais chamados "governantes" (Mateus 23:10)

Atos 5: 32 E nós somos testemunhas destes assuntos, e assim é também o espírito santo, que Deus tem dado aos que obedecem a ele como governante.”

A2,
Seria mais fácil Jesus convencer o Sumo Sacerdote da "organização de Jeová" que ele era o Rei, Messias, Filho de Deis do que eu te convencer de alguma coisa.

Lembre-se: "Serão ensinados por Jeová"
"Quem do Pai ouviu e aprendeu vai à Jesus"

Parai de resmungar entre vós...

Apóstolo TDS disse...

É verdade. Irmão Wanderley Soares, não temos sobre nós um Corpo de Governantes. Nossos lombos ficaram livres de homens sobre eles.

Os do Copro dos Governantes das Testemunhas de Jeová, como profetizado aqui e no blog do irmão PV, sofrerá uma perda definitiva e violenta.

Apóstolo TDS

Anônimo disse...

A vinda de Jesus envolveu o aparecimento de um novo porta-voz e não de um novo modo de comunicação entre Deus e o homem. Hebreus 1:1, 2 (NVI) diz: “Há muito tempo Deus falou muitas vezes e de várias maneiras aos nossos antepassados por meio dos profetas, mas nestes últimos dias falou-nos por meio do Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas e por meio de quem fez o universo.” Estabeleceria Jesus uma organização visível para representar seus interesses na terra ou será que cada cristão seria um “embaixador substituindo a Cristo”? – 2 Coríntios 5:20
Na ocasião em que Jesus falou sobre manter a vigilância, “Pedro perguntou: ‘Senhor, estás contando esta parábola para nós ou para todos?’ O Senhor respondeu: ‘Quem é, pois, o administrador fiel e sensato, a quem seu senhor encarrega dos seus servos, para lhes dar sua porção de alimento no tempo devido? Feliz o servo a quem o seu senhor encontrar fazendo assim quando voltar. Garanto-lhes que ele o encarregará de todos os seus bens. Mas suponham que esse servo diga a si mesmo: ‘Meu senhor se demora a voltar’, e então comece a bater nos servos e nas servas, a comer, a beber e a embriagar-se. O senhor daquele servo virá num dia em que ele não o espera e numa hora que não sabe, e o punirá severamente e lhe dará um lugar com os infiéis. Aquele servo que conhece a vontade de seu senhor e não prepara o que ele deseja, nem o realiza, receberá muitos açoites. Mas aquele que não a conhece e pratica coisas merecedoras de castigo, receberá poucos açoites. A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais será pedido.’” (Lucas 12:41-48, NVI)
A organização Torre de Vigia usa essa pergunta de retórica que Jesus fez, de acordo com a passagem paralela em Mateus 24:44-51, como autorização para assumir a responsabilidade “do [um e único] escravo fiel e discreto” a cargo de “todos os bens [do Amo].” Contudo, é difícil aceitar a idéia de que essa parábola se refere a múltiplas organizações religiosas em operação no momento da chegada de Cristo em poder, cada uma com uma responsabilidade maior ou menor, dependendo do que cada uma delas fez com o conhecimento que tinha. Esta passagem só faz sentido como uma exortação aos cristãos para que se mantenham vigilantes e se comportem apropriadamente para com outros, principalmente para com outros cristãos, sempre tendo em mente que um dia todos terão de responder a uma Autoridade maior.

Curioso

Ednilson Sacramento Silva disse...

SERÁ QUE O PAI VAI IMPEDIR QUE ELE ME ODEI??

Impedir é uma ação que somente quem é tirano pratica e ama praticar. Ele sempre encontrará um motivo plenamente válido em sua mente para "impedir", principalmente a proteção à vítima. De preferência uma vítima que ele ame e que faça parte do seu grupo.

Jesus deu alguma esperança de que ele vá impedir que pessoas me odeiem??

Odiar é um sentimento pessoal que àquele a quem é dado o livre- arbítrio pode escolher entre ter ou não ter.
Quem odeia, assim o faz por causa dos motivos plenamente válidos na sua mente.
No entanto, ele NUNCA será impedido de odiar.

As palavras do Mestre não mencionam o impedimento, no entanto nos chamam a atenção para um outro detalhe.

(Mateus 5:11) 11 “Felizes sois quando vos vituperarem e perseguirem, e, MENTINDO, disserem toda sorte de coisas iníquas contra vós, por minha causa.

Se um discípulo de Jesus, aquele que se auto aprova como justo diante dos iníquos, que afirma ser melhor do que todos os demais humanos, que despreza o iníquo em palavras e em ações, e passa a ser odiado por estas suas afirmações, será que ele está sofrendo por causa de Jesus???

Será que estaria sofrendo por causa do nome de Jesus??

Será que estaria sofrendo por causa de um dos ensinos de Jesus??

A percepção verdadeira só vem quando a pessoa estiver manipulando as informações verdadeiras.

Os judeus de hoje afirmam ser meras vítimas do ódio dos povos que os circundam.

Teria sido um ódio gratuito??
Teria sido um ódio por causa do nome de Jeová??

Quando os Edomitas (filhos de Esaú) estavam se vingando dos judeus (tribo de Judá), será que o motivo era a adoração verdadeira praticada pelo "povo santo"??

Será que havia motivos reais e válidos??

(1 Reis 11:14-17) 14 E Jeová começou a suscitar a Salomão um opositor, a saber, Hadade, o edomita, da descendência do rei. Ele estava em Edom. 15 E havia sucedido que, quando Davi golpeou Edom, quando Joabe, chefe do exército, subiu para enterrar os que foram mortos, ele tentou golpear todo macho em Edom. 16 (Pois foi por seis meses que Joabe e todo o Israel moraram ali até terem decepado todo macho em Edom.) 17 E Hadade pusera-se em fuga, ele e alguns homens edomitas dos servos de seu pai com ele, para entrarem no Egito, enquanto Hadade era ainda um rapazinho pequeno.

A nação santa estava praticando estas ações até mesmo com os seus irmãos filhos de Esaú, irmão de Jacó??

Sim, estavam.

Havia motivos reais para um ódio e um desejo de vingança, não havia??

No entanto, Jeová afirma para Edom que ele não devia se vingar de Judá.

Não deves se vingar e nem deveis guardar ressentimento, antes, deveis amar.

Quando Judá estava sofrendo a ação fruto do ressentimento guardado, tornando-se assim vítimas, eles choraram e depois desejaram uma vingança.

Até quando Senhor absterte-ás de vingar o meu sangue?????

Interessante sentimento revelado por este que falou esta frase, não é mesmo??

O que o próprio Jeová previu??

(Oséias 14:9) 9 Quem é sábio para entender estas coisas? Discreto, para sabê-las? Pois os caminhos de Jeová são retos e os justos serão os que andarão neles; mas os transgressores serão os que tropeçarão neles.

Qual dos discípulos de Jesus (todos os cristãos) afirma não ser sábio??

Todos afirmam: Somos sábios e a lei do Cristo está conosco. Eles é que não sabem.

Ainda ACUSAM os demais diante do Pai. São ACUSADORES.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Curioso,
Bem colocado.

Jesus sempre fala na individualidade.

Enquanto Pedro se preocupava com a vida de outros, Jesus lhe disse:
Tradução Brasileira (João 21:21-22) 21 Vendo-o Pedro, perguntou a Jesus: Senhor, e a este que sucederá?
22 Jesus respondeu-lhe: Se eu quiser que ele fique até eu voltar, que tens tu com isso? segue-me tu.

Havia um espírito de competição no ar não havia??

Preocupe-se em fazer aquilo que eu te pedi e não queira bancar o fiscal das ações dos outros.

Esta é uma exortação que é dada a cada discípulo na forma individual.

Quando não ocorre desta forma passa a haver disputa entre os alunos na busca da formação de grupos.

Haveria diferença no entendimento entre os discípulos de Jesus??

Uns 30, uns 60 e outros 100 vezes mais.

Também haveria aquele que só conseguiu chegar a 10 vezes.

Aquele que alcançou 100 vezes mais estará produzindo frutos dos mandamentos dados por Jesus. Ele estará perdoando mais que os demais, ele estará se humilhando mais que os demais, ele estará se importando com aquele que faz apenas 5 vezes mais, muito mais que os demais.

Certamente, ele não estará excluindo da sua companhia este que revela entender tão pouco.

Ele estará copiando o seu Mestre, Jesus, e não outro humano qualquer, mesmo um discípulo com poderes sobre humanos.

Realmente, trata-se de uma coisa INDIVIDUAL.

Ednilson Sacramento Silva disse...

PEDRO SE ACHAVA IGUAL AO RESTO DOS JUDEUS??
OS APÓSTOLOS SE ACHAVAM DIFERENTES DO RESTO DOS JUDEUS??

Sim, eles se sentiam diferentes.

Na ocasião em que Jesus falou sobre manter a vigilância, “Pedro perguntou: ‘Senhor, estás contando esta parábola para nós ou para todos?’

Em outra ocasião, quando Jesus estava contando ilustrações aos humanos, o que eles (apóstolos) perguntaram a Jesus??

(Mateus 13:10) 10 Vieram assim os seus discípulos e lhe disseram: “Por que é que lhes falas usando ilustrações?”...


Não deveria ser: “nos falas” usando ilustrações em lugar de “lhes falas”?? Suas afirmações revelavam que eles se consideravam em melhores condições do que os demais. Eles não se viam como iguais aos demais. Será que estavam mesmo em melhores condições do que os demais ouvintes??
Bem, Jesus não deixou os seus apóstolos continuarem sem o entendimento necessário e por isto lhes disse: (Mateus 13:18-19) 18 “Escutai, então, a ilustração do homem que semeou. 19 Quando alguém ouve a palavra do reino, mas não a entende, vem o iníquo e arrebata o que foi semeado no seu coração; este é o semeado à beira da estrada.

Jesus passou a explicar a ilustração, sem o que eles não entenderiam nada.

Bem, será que agora os apóstolos já haviam entendido tudo o que Jesus queria lhes dizer?? Ou será que revelavam estar exatamente como os outros, isto é, sem ter o entendimento do que Jesus lhes havia falado?? Seria necessária uma explicação de Jesus para eles??
Revelando sua real condição e reconhecendo-a, nesta outra vez, eles mesmos pediram a Jesus para lhes explicar a ilustração.
Novamente, Jesus não os deixou sem a imprescindível explicação, passando a falar-lhes: (Mateus 13:36-43) 36 Despedindo então as multidões, entrou na casa. E vieram a ele os seus discípulos e disseram: “Explica-nos a ilustração do joio no campo.”

Desta vez a humildade de reconhecer não saber, falou mais alto.

Eles sequer percebiam que o motivo de Jesus usar ilustração era para tornar o assunto muito mais fácil de ser entendido.

NÃO ERA EXATAMENTE ISTO O QUE ACONTECIA COM ELES??

No entanto, eles se viam como estando em melhores condições do que os demais,quando na verdade, eles não estavam.
Precisavam que Jesus lhes explicasse cada ilustração ou parábola.

A mente humana é assim mesmo. Há necessidade do entendimento.

Você conta uma piada e a pessoa só vai rir daqui a um ano.

Anônimo 2 disse...

Inexato,

Não convenceu nem a mim e nem a outros,inclusive no gráfico do apóstolo 1914 continua uma "?",embora ele tenha lhe perguntado e nada tenha entendido,ainda assim acreditou cegamente porque acredita até em jeovás.MAS VOCÊ NOS PASSA O SEGUINTE RECADO: você é o único cristão no mundo que foi agraciado com um entendimento exato sobre isso.E já que tem o selo de aprovação de Deus o que mais pode aprender?
Pelo menos medite nisso de modo espiritual:

"A glória dessa última casa será maior do que a anterior"-Ag.2:9.

Ezequiel,Jeremias,Isaías,e tudo o mais que Jeová ensinou de modo espiritual.Como alguém não consegue entender isso,é muito simples.

"Eu te louvo publicamente,ó pai,senhor do céu e da terra,porque escondeste estas coisas dos sábios(os inspirados e "escolhidos",únicos aprovados por Jeová)e as revelastes aos pequeninos(os demais mortos,homens indoutos e comuns gentios).

Ednilson Sacramento Silva disse...

CONSTRUÇAO DE UMA CASA

Esta afirmação de Paulo abaixo tem servido de base para a construção de CONCLUSÕES.

(1 Coríntios 15:50) 50 No entanto, digo isso, irmãos, que carne e sangue não podem herdar o reino de Deus, nem pode a corrupção herdar a incorrupção.. . .

Será que a pessoa precisa morrer para herdar o reino??
Foi o que Paulo afirmou.

Paulo afirmou ainda mais:
Tradução Brasileira (1 Coríntios 15:51-54) 51 Eis que vos digo um mistério: Nem todos dormiremos, mas todos seremos mudados,
52 num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta. A trombeta soará, os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos mudados.
53 Pois é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que este corpo mortal se revista da imortalidade.
54 Mas quando este corpo corruptível se revestir da incorruptibilidade, e este corpo mortal se revestir da imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.

Paulo estava revelando para todos um mistério.

- Segundo Paulo, o último dia iria acontecer enquanto ele ainda estivesse vivo.
- Segundo Paulo, as pessoas morreriam nos seus corpos físicos e seriam ressuscitadas em corpo espiritual.
- Segundo Paulo, neste último dia, ele seria instantaneamente mudado de corpo físico para corpo espiritual.
- Segundo Paulo o humano ressuscitado (agora corpo espiritual) passaria a ser imortal

O que Jesus falou quanto a entrar no reino:

Tradução Brasileira (Mateus 23:13) 13 Mas ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem deixais entrar os que ESTÃO ENTRANDO.

Segundo Jesus, naquele exato momento pessoas estavam entrando no reino.

Tradução Brasileira (Mateus 13:41-42) 41 O Filho do homem enviará os seus anjos, e eles ajuntarão DO SEU REINO tudo o que serve de pedra de tropeço e os que praticam a iniqüidade,
42 e lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá o choro e o ranger de dentes.

Segundo Jesus DENTRO do seu reino havia tanto coisas boas quanto coisas más.

Estas pessoas já estavam dentro do reino de Jesus. Os anjos retirariam as coisas ruins para a vergonha dos dali retirados.

Estas pessoas retiradas e que se sentiam envergonhadas estavam vivas em corpo físico ou em corpo espiritual??

Uma coisa ficou bem clara.
Aqueles humanos, o que inclui o apóstolo Paulo PRESUMIRAM muitas coisas, isto é, CHEGARAM A CONCLUSÃO que...... em relação a muitas coisas.

Será que a conclusão de Paulo foi soprada pelo espírito santo??
NEM TODOS CONCORDAVAM COM PAULO.
Será que havia espíritos santos soprando coisas diferentes??

(2 Timóteo 2:17-18) 17 e a palavra deles se espalhará como gangrena. Himeneu e Fileto são desses. 18 Estes mesmos se desviaram da verdade, dizendo que A RESSURREIÇÃO JÁ OCORREU; e estão subvertendo a fé que alguns têm.


O que mais percebemos??
Percebemos que aqueles humanos, todos sinceros discípulos de Jesus, estavam buscando uma verdade. Havia muita coisa que eles ainda não sabiam. Como entender o que não se conhece, quando ainda faltam MUITAS INFORMAÇÕES??
Percebemos que a conclusão de Paulo é usada POR OUTROS HUMANOS como base para se formarem outros castelos.
Afinal de contas, estas palavras se encontram registradas na Bíblia.

O que o futuro trará??
O tempo é o aliado nº 1 da verdade.

No tempo devido não existirá nenhuma dúvida sobre a veracidade ou inveracidade destas palavras de Paulo.

Afinal de contas não será a palavra de Paulo que servirá de base para o questionamento que Jesus fará para seu discípulo.

Há aqueles discípulos de Jesus que amam muito mais a Paulo do que Jesus.

Jesus afirmou:
Tradução Brasileira (João 12:47-48) 47 Se alguém ouvir as minhas palavras, e não as guardar, eu não o julgo; porque não vim a julgar o mundo, mas a salvar o mundo.
48 Quem me despreza e não recebe as minhas palavras, tem quem o julgue; a palavra que falei, essa o julgará no último dia.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão A2, filho de Jeová, irmão de Jesus e segundo a justiça (equidade) um igual a mim, há quanto tempo aprendes do escravo e defendes o ensino do escravo??
Quantos anos têns??
Já és pai??

Anônimo disse...

Na matéria do último estudo de A Sentinela, considerou-se o artigo:
"Mantenhamos nossa posição como “residentes temporários”

O par. 9 tem esta pérola:
Alguns desejos, quando satisfeitos da maneira como Deus aprova, não são errados em si mesmos. Sem dúvida, eles dão prazer à vida. Por exemplo, há os desejos normais de saborear uma boa comida e bebida, de participar em atividades revigorantes e de alegrar-se na companhia de bons amigos. Até mesmo o desejo de prazer sexual com o cônjuge não é errado e tem o seu lugar.

Rodolfo Avolleta

Anônimo disse...

Cara, fazia tempo que não via uma frase com tantas coisas ridículas!!!
Vou fazer uma lista:

(1) - Depois de alistar uma série de coisas que não são erradas, vem a pérola: "Até mesmo o desejo de prazer sexual" não é errado. "Até mesmo" isso não é errado. Cara, que legal! Eu bem que precisava dessa garantia. Eu estava meio na dúvida, agora já posso transar com minha esposa de consciência tranquila...

Mas espere... não é assim tão fácil:

(2) - O artigo não fala em transar... Fala em "desejo de prazer sexual". Transar é um passo mais à frente, tá?
Cuidado...

(3) - Ainda referente ao "desejo de prazer sexual", só não é errado quando o alvo do desejo é "o cônjuge". Ou seja, desejo de prazer sexual com outra pessoa já é errado, tá?
Vamos ser todos hipócritas e fingir que é possível controlar o "desejo de prazer sexual" e que, nunca, em momento algum, sentimos "desejo" de transar com outra pessoa...
E vc aí fantasiando em "ir numa aventura" ou "pular o muro" com aquele astro de Hollywood... Errado! Fantasiar com isso dá direito à Geena ardente!!!

(4) - Por fim, atenção que o "desejo" (não a transa!) "com o cônjuge" (jamais com outra pessoa!) "tem o seu lugar".
Se vc gosta de fantasiar com uma transa, cuidado! Isso não pode interferir com as todas-importantes atividades teocráticas!!!
Se vcs chegarem ao ponto de transar (uííí!), que seja uma "rapidinha", para ir, logo de seguido, à Pregação ou fazer o Estudo em Família.

Obrigado, jw.org, por disponibilizar matéria anedótica a quem já não tem saco para ir nas reuniões considerar estas merdas...
"A única atitude apropriada para o homem, sobre grandes questões, não é a certeza arrogante (que é a marca registada da religião), mas a dúvida. A dúvida é humilde, e é assim que o homem precisa ser."


Iugniu Abnaik

Anônimo disse...

Amado irmão Sacramento , me desculpe a franqueza e a curiosidade ;mas quero perguntar se o irmão já tirou a vida de alguém ?

Rodolfo Avolleta

Anônimo disse...

Tenho visto muitas pessoas dizerem que a ''lei de Moisés'' era a mesma lei do Criador. Ou mais, que ''não existe lei de Moisés, mas TUDO faz parte da ''lei de YHWH" (Criador)...

Errado...

Veja a seguir, as evidências que comprovam a distinção entre as duas leis:

Esta é, pois, a lei que Moisés propôs aos filhos de Israel. Deuteronômio 4:44

Moisés nos deu a lei, como herança da congregação de Jacó. Deuteronômio 33:4

E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes? João 8:5

Quebrantando alguém a lei de Moisés, morre sem misericórdia, só pela palavra de duas ou três testemunhas. Hebreus 10:28

E, cumprindo-se os dias da purificação dela, segundo a lei de Moisés, o levaram a Jerusalém, para o apresentarem ao Senhor Lucas 2:22

E de tudo o que, pela lei de Moisés, não pudestes ser justificados, por ele é justificado todo aquele que crê. Atos 13:39

Também escreveu ali, em pedras, uma cópia da lei de Moisés, que este havia escrito diante dos filhos de Israel. Josué 8:32

Alguns, porém, da seita dos fariseus, que tinham crido, se levantaram, dizendo que era mister circuncidá-los e mandar-lhes que guardassem a lei de Moisés. Atos 15:5

Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo, que lhe mandei em Horebe para todo o Israel, a saber, estatutos e juízos. Malaquias 4:4

Porque na lei de Moisés está escrito: Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. Porventura tem YHWH cuidado dos bois? 1 Coríntios 9:9

__Libertário_________________________________

Anônimo disse...

1. A lei de Moisés: Era sombra dos bens futuros e não a imagem exata das coisas (Heb. 10:1).

A Lei de YHWH: É mais fácil passar os céu e a terra do que cair um til da lei (Luc. 16:17).



2. A lei de Moisés: (Num. 15) Era posta ao lado da arca do conserto: tomai este livro da lei e ponde-o ao lado da arca do Senhor (Deut. 31:26).

A Lei de YHWH: Dentro da arca havia somente as duas tábuas (II Cron. 5:10).

3. A lei de Moisés: Foi escrita em um livro por Moisés: E acabando Moisés de escrever as palavras desta lei num livro (Deut. 31:24 / 4:44).

A Lei de YHWH: Foi escrita por Ele em tábuas de pedra: E deu a Moisés (quando acabou de falar com ele no monte Sinai) as duas tábuas do testemunho, tábuas de pedra escritas pelo dedo do Eterno (Ex. 31:18 / 24:12).


4. A lei de Moisés: E é verdade que pela lei ninguém será justificado diante de YHWH (Gal. 3:10-11,16).

A Lei de YHWH: Porque os que ouvem a lei são justos diante de YHWH, mas os que praticam a lei hão de ser justificados (Rom. 2:12-13).

Os fariseus valorizavam mais as tradições dos homens, e gostavam de ser visto como os melhores crentes, cheios de fé, mas não guardavam os mandamentos de YHWH: (Marcos 7:7-8) Em vão porém me honram, ensinando doutrinas que são mandamentos de homens, porque deixando o mandamento de YHWH, retende a tradição dos homens. Em Atos 15:5 alguns da seita dos fariseus, que tinham crido, se levantaram dizendo que era mister circuncidá-los e mandou que guardassem a lei de Moisés. Porém, Paulo disse que dava graças a YHWH por Yahúshua, que ele mesmo com entendimento servia a lei de YHWH. Então o servo de YHWH deve guardar os mandamentos de YHWH e não a lei de Moisés.

5. A lei de Moisés: Na sua carne (Yahúshua) desfez a inimizade, isto é a lei dos mandamentos, que consistia em ordenação (Ef. 2:13-15).

A Lei de YHWH: O mesmo Paulo diz: Anulamos a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei (Rom. 3:31).

O que Paulo diz aos judeus incrédulos? Tu que te glorias na lei (de Moisés), desonras a YHWH pela transgressão da lei (de YHWH) (Rom. 2:23). Paulo falava aos judeus que tomavam a lei de Moisés como advogado, usando o poder dela para perseguir, prender, apedrejar e matar, e ainda se orgulhavam disso, quando na verdade estavam transgredindo a lei de YHWH. Porque a Lei de YHWH diz: Não dirás falso testemunho (Ex. 20:16) e isso os judeus faziam contra Yahúshua e contra os apóstolos. A lei diz: Não matarás (Ex. 20:13) e os judeus, depois que faziam falsas acusações, matavam.
Paulo ainda fala: a circuncisão é nada e a incircuncisão nada é, mas sim, a observância dos mandamentos de YHWH (I Cor. 7:19). Quando Paulo fala da circuncisão está falando da lei de Moisés, e quando fala dos mandamentos de YHWH se refere à registrada em Ex. 20:1-17.

6. A lei de Moisés: E farei cessar todo o seu gozo, as suas ofertas e suas luas novas, e os seus sábados, e todas as suas festividades (Oz. 2:11 / Lev. 23:26-32).

A Lei de YHWH: Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei, porque eu não conheceria a concupiscência se a lei não dissesse: Não cobiçarás (10º mandamento) (Rom. 7:7 / Deut. 5:7-21 / Isaias 58:13-14 / Ezequiel 22:26). Os seus pastores transgridem a minha lei, não fazem diferença entre o santo e o profano, de meus sábados escondem os seus olhos e assim sou profanado no meio deles.





________libertário_______________

Anônimo disse...

7. A lei de Moisés:… E disseram a Esdras, o escriba, que trouxesse o livro da lei de Moisés, que o Senhor tinha ordenado a Israel (Neemias 8:1). E Moisés escreveu esta lei, e a deu aos sacerdotes, filhos de Levi, que levaram a arca da aliança do Senhor, e a todos os anciãos de Israel (Deut. 31:9). Este texto fala da lei de Moisés e quando cita a arca do conserto, se refere exatamente à lei dos Dez Mandamentos de YHWH.

A Lei de YHWH: Então disse o Senhor a Moisés: Sobe a mim, ao monte e fica lá, e dar-te-ei tábuas de pedra e a lei, e os mandamentos que tenho escrito para os ensinar (Ex. 24:12). A lei e ao testemunho. Se eles não falarem segundo esta palavra, nunca verão a alva (Isaias 8:20).

8. A lei de Moisés: Quem ferir alguém que morra, ele também certamente morrerá (Ex. 21:12, 22-27). Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou e desta sorte é introduzido uma melhor esperança, pela qual chegamos a YHWH. (Heb. 7:19).

A Lei de YHWH: Disse Yahúshua: Não cuideis que vim destruir a lei e os profetas, não vim ab-rogar, mas cumprir (Mat. 5:17). E acrescenta: Porque em verdade vos digo que até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido (v. 18). E abriu-se no céu o templo de YHWH e a arca do seu conserto foi vista no seu templo e houve relâmpagos e grande saraiva (Apoc. 11:19 / II Cron. 5:10).

9. A lei de Moisés: Pelo que também lhes dei estatutos que não eram bons e juízos pelos quais não haviam de viver (Ez. 20:25).



_________Libertário________________

Anônimo disse...

A Lei de YHWH: E assim, a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom (Rom. 7:12). Porque qualquer que guardar toda a lei e tropeçar em um só ponto, torna-se culpado de todos (Tiago 2:8-10). Em Salmo 111:9 o salmista diz que YHWH enviou redenção ao Seu povo, ordenou a Sua aliança para sempre. Por isto, Paulo disse que a lei é espiritual (Rom. 7:14). Disse ainda que tinha prazer na lei de YHWH (Rom. 7:22). Paulo jamais falaria isso com a lei de Ezequiel 20:25 e de Ozeias 2:11. Paulo se referia a Lei de YHWH, de Êxodo 20:3-17, sobre esta Paulo diz: Portanto a lei é santa, o mandamento santo, justo e bom (Rom. 7:12). Paulo viveu como se estivesse sem lei, mas para ganhar os que viviam sem lei, se fez de fraco, mas Paulo não viveu sem a lei (Icor. 9:20-22).

A lei de Moisés mandava apedrejar (João 8:5), como vimos no caso da mulher adúltera. Mas alcançamos em Yahúshua a graça que é o perdão. Mas a orientação de Yahúshua a mulher: Ide e não pequeis mais (João 8:11) mostra que a lei de YHWH deveria continuar sendo obedecida, mas a lei de Moisés não mais, pois Ele trouxe a graça, o perdão mediante o arrependimento. Uma vez perdoados não devemos voltar a pecar.

O certo é que todos que foram agraciados com o privilégio de conhecer a YHWH e os Seus mandamentos, devem passar a obedecer a YHWH como servo, guardando e respeitando os Seus mandamentos.

E João diz: Aquele que diz Eu O conheço, e não guarda os Seus mandamentos é mentiroso e nele não está a verdade (I João 2:4).

Como o salmista orou, tambem observemos: ''Senhor, desvenda os meus olhos para que veja as maravilhas ''da Tua lei'' (Salmo 119:18).

E para isto devemos pedir como os apóstolos: Acrescenta a nossa fé (Luc. 17:5), até porque, somente através da oração é que conheceremos a verdade e a verdade há de nos libertar (João 8:32).

PARA MIM ESTA CLARO QUE EXISTEM 2 LEIS NA ESCRITURA

A LEI DO MESSIAS (Salvador Yahúshua) é a MESMA lei de ''YHWH'' (do Criador) e diferente da ''lei dos homens''= Lei de Moises.

Não aniquilo a graça de YHWH; porque, ''se a justiça provém da lei'', segue-se que o Messias morreu EM VÃO. Gálatas 2:21

Yahúshua nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro; Gálatas 3:13

De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Yahúshua, para que pela fé fôssemos justificados. Gálatas 3:24

Porque a ''lei do Espírito de vida'', em Yahúshua, me livrou da ''lei do pecado e da morte''. Romanos 8:2

Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a ''lei de Yahúshua''. Gálatas 6:2

_________Libertário______________

ExatoVerdade disse...

Guerra nas estrelas

Agora, "Voltarei para minha galáxia"

Abs,
Paulo

Ednilson Sacramento Silva disse...

Amado irmão Rodolfo

Sua pergunta:

Anônimo disse...
Amado irmão Sacramento , me desculpe a franqueza e a curiosidade ;mas quero perguntar se o irmão já tirou a vida de alguém ?

Rodolfo Avolleta

Minha resposta.

Não matei, isto é, não tirei a vida de ninguém, nem de forma direta, e nem de forma indireta.

Agora a minha pergunta para o irmão:
O irmão é justo ou iníquo??

Por favor, me mate esta curiosidade.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Anônimo Liberário
Tu disseste:

A lei de Moisés mandava apedrejar (João 8:5), como vimos no caso da mulher adúltera. Mas alcançamos em Yahúshua a graça que é o perdão. Mas a orientação de Yahúshua a mulher: Ide e não pequeis mais (João 8:11) mostra que a lei de YHWH deveria continuar sendo obedecida, mas a lei de Moisés não mais, pois Ele trouxe a graça, o perdão mediante o arrependimento. Uma vez perdoados não devemos voltar a pecar.
+++++++++++++

Meu amado irmão, Jesus falou que TODA A LEI E OS PROFETAS RESUMIAM O AMOR. Os dois mandamentos. Amar o Pai e amar o próximo.

Jesus falou que veio cumprir a lei.

Jesus apresentou o resumo da lei: faça aos homens aquilo que quereis que os homens vos façam.


Na tua afirmação, Jeová mandou o povo não perdoar nenhuma agressão física contra si mesmo.

Neste caso o "não perdoai" era uma ordem de Jeová.

Matar uma adúltera não era pecado, segundo a lei de Moisés.
Neste caso, o mandamento "NÃO MATARÁS" ficava condicionado.

PODERÁS MATAR desde que haja motivos plenamente válidos.

- Quais são os motivos plenamente válidos para matar alguém??
A lei de Moisés assim define:

Se ele for um iníquo, pode matá-lo livremente, pois o sangue dele está sobre sua cabeça e Jeová odeia os iníquos.

- E quem é que define se a pessoa é iníqua???

O sacerdote julgará e declarará este justo e aquele iníquo.

- Você pode se vingar??
Claro que pode. O mandamento correto é dente por dente. A vingança não é pecado.
- Você pode quardar ressentimento??
Claro que pode?? Davi guardou ressentimento e pediu a Salomão para se vingar no lugar dele.
- Você pode escravizar incircuncisos iníquos??
Claro que pode?? A nação era escravagista. Ser escravagista não era pecado.
- Você pode cobrar juros dos estrangeiros??
Claro que pode?? Cobrar juros do estrangeiro não é pecado.
- Se você cobrar juros do natural da terra, receberás uma pena de morte??
Claro que não. É um pecado leve.
- O estrangeiro deve receber o mesmo tratamento que é dispensado ao natural??
Claro que não, afinal nós é que somos a nação santa.

- Você pode arrebatar em roubo as coisas dos iníquos??
Claro que pode, mas, somente depois de matar todos os machos de suas cidades. Ah, ainda podeis escravizar as mulheres e crianças.

Agora, irmão Liberário, me reponda:
1 - Sendo você o pai de todos estes homens, tanto dos circuncisos quanto dos incircuncisos, seriam estes os mandamentos que você daria a teus filhos para que eles resolvessem problemas de relacionamento do dia a dia???

2 - Que espécie de filhos você estava produzindo??

3 - Poderia você afirmar que estavas produzindo ovelhas??

4 - Com mandamentos como estes, não estaria você produzindo gerações de humanos com coração de pedra de esmeril??

5 - Se o incircunciso cumprisse este mesmíssimo mandamento em relação aos circuncisos (nação santa) poderiam ser rotulados de iníquos ou deveriam ser rotulados de justos??

6 - Quando é que estes teus mandamentos produziriam paz entre os teus filhos??

7 - Não estarias produzindo personalidades iguais a tua??

8 - Não seriam eles as suas cópias?? (cópia e semelhança)

9 - O mandamento criado por você é o reflexo da tua personalidade, não é???

Ednilson Sacramento Silva disse...

CONSTRUÇAO DE UMA CASA cont.

Himeneu e Fileto eram discípulos de Jesus. Eles tinham raciocínios diferentes dos raciocínios de Paulo em relação a quando se daria a ressurreição (DATA).

Em face desta divergência, o que disse Paulo a respeito destes??
(1 Timóteo 1:19-20) 19 mantendo a fé e uma boa consciência, a qual alguns repeliram, sofrendo naufrágio no que se refere à [sua] fé. 20 Himeneu e Alexandre pertencem a tais, e eu os entreguei a Satanás, para que sejam ensinados pela disciplina a não blasfemarem.

Paulo julgou a palavra falada por Himeneu e Alexandre como blasfêmia.

O que faria o Pai em uma situação como esta??
O que Jesus afirmou ser a reação do Pai e em relação a si mesmo quando ofendidos por uma blasfêmia??

(Marcos 3:28) 28 Deveras, eu vos digo que todas as coisas SERÃO PERDOADAS aos filhos dos homens, não importa que pecados e blasfêmias cometam blasfemamente. . .

(Mateus 12:31-32) 31 “Por esta razão, eu vos digo: Toda sorte de pecado e blasfêmia SERÁ PERDOADA aos homens, mas a blasfêmia contra o espírito não será perdoada. 32 Por exemplo, quem falar uma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado; mas quem falar contra o espírito santo, não lhe será perdoado, não, nem neste sistema de coisas, nem no que há de vir.

Se a blasfêmia for contra o Pai, Ele pedoará; se a blasfêmia for contra o Filho, ele perdoará.

Bem, se a blasfêmia fosse contra Paulo, o que ele devia fazer, copiando o seu Mestre Jesus??

Foi Paulo quem tomou a ação contra Himeneu e Fileto. Ele não os perdoou.

Suponhamos que as palavras de Himeneu e Alexandre estivessem erradas em relação ao correto período da ressurreição,(data) será que as palavras de Paulo mostraram estar certas em relação ao tempo da ressurreição (data)???

No que acreditava Paulo?? Que ele ainda estaria vivo quando começasse a ressurreição. Ele contou um segredo (só ele sabia): Nós não morreremos; nós seremos mudados instantaneamente.

Nós quem??
Ora, ele e alguns outros a que ele estava revelando este segredo.

Paulo e aqueles que fizeram das palavras de Paulo uma base para construção de castelos, estavam esperando o cumprimento da palavra de Paulo.


O tempo provou que Paulo estava certo e que Himeneu estava errado??

Ou será que o tempo provou que os dois estavam errados em relação a esta disputa em relação a uma data??


Os que idolatram as palavras e as ações de Paulo deviam falar algo.

Mas muito cuidado, pois se você blasfemar contra ele, ele não vai te perdoar.

No entanto, o teu Mestre Jesus, te perdoa e continuará a te perdoar.

Ednilson Sacramento Silva disse...

CONSTRUÇAO DE UMA CASA cont.

Além de Paulo, existiam os que idolatravam as palavras a as ações de Paulo. Estes passavam a ficar do lado de Paulo, e, comprando o sentimento de Paulo por Himeneu e Fileto, passavam a demosnstrar a mesma inimizade de Paulo por estes homens.
Estes homens passavam a sentir-se leais a Paulo (do lado de Paulo).
Apareceu um primeiro, logo depois outro o acompanhou, e de repende, havia um grande grupo de discípulos de Jesus demonstrando lealdade a Paulo (palavras de Paulo, sentimentos de Paulo, ações de Paulo)

Certamente, lembravam-se das palavras de Paulo: Irmãos, eu estive no terceiro céu, eu falo mais linguas que todos vós.

Ora, alguém assim comprova "estar usando" o espírito santo. Uma pessoa que fala mais linguas que todos os demais realmente comprova que recebeu o espírito santo. Vamos acreditar naquilo que ele fala e vamos copiá-lo.

Desta forma, outros discípulos de Jesus passavam a imitar o sentimento de Paulo por Himeneu e Fileto.

Ora, o espírito santo não mentiria para Paulo. O espírito santo não mentiria para ninguém, afinal ele é santo, logo, de sua boca não provêm nenhuma mentira.

Os sentimentos de Paulo por Himeneu e Fileto não eram os mesmos sentimentos de Jesus.

E quanto a questão da palavra falada pelo espírito santo???
O TEMPO É O ALIADO Nº1 DA VERDADE.

O que o tempo provou em relação as palavras faladas por Paulo??
Formam eles transformados em criaturas espirituais imortais??
O som da trombeta os encontrou vivos para que acontecesse o passe de mágica da transformação??

Exatamente assim como na nossa geração (1914) estes discípulos de Jesus desejavam ardentemente a prometida presença de Jesus.

Datas, datas e datas.
Afirmações, afirmações e afirmações.

O tempo tem pulverizado todas as bombásticas afirmações.

O que isto prova??

Para mim são provas claras de que o espírito santo não soprou qualquer datas para tais humanos.

O desejo era tão grande, que estes humanos começaram a falar coisas de seu próprio coração.

Palavra de Jeová em um momento de desespero dos remanescentes de Jerusalém um pouco antes da destruição da cidade e do templo:

(Ezequiel 13:6-7) 6 “Visionaram o que é inverídico e uma ADIVINHAÇÃO MENTIROSA, os que estão dizendo: ‘A pronunciação de Jeová é’, quando o próprio Jeová não os enviou, e eles esperavam que se cumprisse a palavra. 7 Acaso não é uma visão inverídica a que visionastes e uma adivinhação mentirosa a que dissestes, dizendo: ‘A pronunciação de Jeová é’, quando EU MESMO NÃO FALEI NADA?”’

Este seria um momento de se mostrar o quão perdoadores eles haviam se tornado, no entanto, eles estavam desejando uma "data" em que veriam todos os iníquos que os fustigam serem mortos.

Anônimo disse...

Sou pecador , injusto , e não digno da benignidade Deus , mas amo ao meu próximo , guardo as palavras de Yah e Yahoshua , adoro e temo a Deus de toda a minha mente e me arrependo dos meus pecados , mas não me considero iníquo , quando o Diabo trás a iniquidade pra minha mente eu rebato , embora eu esteja livre de toda duvida e negatividade vinda dos outros ainda estou estou á procurade pérolas , entre o mar , na verdade te digo preciso da pérola do céu.

Rodolfo

Ednilson Sacramento Silva disse...

Palavras do irmão Liberário

Ele trouxe a graça, o perdão mediante o arrependimento.

Será que o arrependimento antecede o perdão??
Será que o arrependimento é uma moeda de troca??

"Olha gente, eu me arrependi. Agora eu tenho direito ao meu perdão". Será que é por aí??

Jesus trouxe um NOVO mandamento de Jeová??

O que é mandamento??
É a forma como um legislador resolve um determinado problema. Daí, o legislador põe por escrito tal solução para um determinado problema.

O que o humano deve fazer ao encontrar-se na condição de ofendido, isto é, uma vítima??

Que mandamento foi dado por Jeová para Moisés praticar e ensinar o povo a praticar??

(Levítico 19:18) 18 “‘Não deves tomar vingança nem ter ressentimento contra os filhos do teu povo; e tens de amar o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou Jeová.

A graça do perdão SEMPRE EXISTIU.

Quando você for uma vítima, não se vingue do ofensor e não guarde ressentimento dele ou de sua ofensa. Ame-o como amas a ti mesmo.


O que você deve fazer??

A vontade de Jeová foi externada em forma de mandamento, não foi??

- Qual é a vontade Dele??
Que eu perdoe, perdoe e perdoe.

- Quando foi??
Muito tempo antes da vinda de Jesus.
- Pra quem foi externada??
Para Moisés.

O perdão foi condicionado ao arrependimento do ofensor??

Existia algum condicionamento para não se vingar e não guardar ressentimento??

COBIÇAR é pecado, não é??

Se a coisa a ser cobiçada for uma boa coisa, então podeis cobiçar??

O Legislador Jeová não apresentou condicionamentos.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Meu amado irmão Rodolfo -
Eu sabia qual seria a tua afirmação, pois eu conheço o teu professor. Ele me ensinou durante muitos anos.

Esta foi a palavra de alguém que via outros humanos como iníquos, enquanto ele mesmo não se via como iníquo:

(Lucas 18:9-14) 9 Mas, ele contou a seguinte ilustração também a alguns que confiavam em si mesmos como sendo justos e que consideravam os demais como nada: 10 “Dois homens subiram ao templo para orar, um sendo fariseu e o outro cobrador de impostos. 11 O fariseu estava em pé e começou a orar as seguintes coisas no seu íntimo: ‘Ó Deus, agradeço-te que NÃO SOU COMO RESTO DOS HOMENS, extorsores, injustos, adúlteros, ou mesmo como este cobrador de impostos. 12 Jejuo duas vezes por semana, dou o décimo de todas as coisas que adquiro.’ 13 O cobrador de impostos, porém, estando em pé à distância, não estava nem disposto a levantar os olhos para o céu, mas batia no peito, dizendo: ‘Ó Deus, sê clemente para comigo pecador.’ 14 Digo-vos: Este homem desceu para sua casa provado mais justo do que aquele homem; porque TODO o que se enaltecer será humilhado, mas quem se humilhar será enaltecido.”

Ele não se sentia um iníquo, afinal de contas ele apedrejava iníquos e não se sentava para comer com iníquos. Ele não cometia aqueles mesmos pecados que ele estava vendo o iníquo praticar.

Quem mente é um iníquo, quem escraviza outro humano é iníquo, quem comeu do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal é iníquo, quem comeu pão e bebeu água em Betel quando recebeu uma mandamento para não fazer foi um iníquo, quem julga seu próximo é iníquo, quem acusa o seu próximo de iniquidade perante Jeová é iníquo, quem fica apontando para Jeová a iniquidade do filho Dele, é iníquo, quem tem o espirito de competição é iníquo, quem cobiçar qualquer coisa é iníquo, quem cobrar juros (receber mais do que emprestou) é iníquo, quem polui o ar com seu lindo automóvel é iníquo, quem se sente melhor que o iníquo é um iníquo.

Quem se sente em melhores condições do que o iníquo, é um iníquo.

O irmão tem certeza que o irmão não é iníquo???

A soberba (espírito de superioridade) Também é uma iniquidade.

Palavras do nosso Mestre Jesus:

(Marcos 7:21-23) 21 pois, de dentro, dos corações dos homens, saem raciocínios prejudiciais: fornicações, ladroagens, assassínios, 22 adultérios, cobiças, atos de iniqüidade, fraude, conduta desenfreada e um olho invejoso, blasfêmia, SOBERBA, irracionalidade. 23 Todas estas COISAS INÍQUAS saem de dentro e aviltam o homem.”

Será que são estas as palavras que falas para o Pai??

Pai, não me dê a mesma coisa que o iníquo merece.

Pai, eu não sou igual a ele.



Se concordar que és um iníquo, junte-se a Daniel a faça a confissão:

(Daniel 9:4-5) 4 E comecei a orar a Jeová, meu Deus, e a fazer confissão e a dizer: “Ai! Jeová, o [verdadeiro] Deus, o Grande e o Atemorizante, que guarda o pacto e a benevolência para com os que o amam e para com os que guardam os seus mandamentos, 5 pecamos e cometemos faltas, e AGIMOS INIQUAMENTE, e nos rebelamos; e houve um desvio dos teus mandamentos e das tuas decisões judiciais.. . .

Se não concordares que és um iníquo, continue com as atuais orações.

Jeová ouve as duas......

A vergonha é de quem reconhece o erro e não de Jeová.
Jeová sempre dá o perdão.

A/C APÓSTOLO TDS disse...

ANÚNCIOS LOCAIS

Segundo noticiado pelos meios de comunicação(fantástico,Rjtv,Record)baseados nas últimas descobertas astronômicas,onde se provou detalhadamente que o Rio de Janeiro, e em potencial outras cidades,está constantemente sendo bombardeado por asteróides,sendo que APENAS A ATMOSFERA é o que impede a colisão terrestre e visto que tal atmosfera encontra-se atualmente seriamente e irreversivelmente prejudicada gostaríamos,nós o corpo desgovernado tds,de fazer o seguinte anúncio:

"QUE FIZESSEM MAIS ESTE ACRÉSCIMO ACIMA EM SEUS COMPÊNDIOS ELETRÔNICOS,NA PÁGINA INTITULADA "O CORPO GOVERNANTE SOFRERÁ PERDAS"

TAMBÉM NO LIVRO ELETRÔNICO DO PROFETA GENTILEZA PAULO VICENTINE,QUE NUM TRANSE HINDU ENQUANTO PASSEAVA CERELEPE NAS FÉRIAS ESCOLARES PELO CAMINHO DE SANTIAGO,TEVE VISÕES EM SUA CABEÇA ONDE "AS ESTRELAS CAÍDAS" COM TODA
CERTEZA SÃO UNGIDOS.

NO LUGAR DE "AS ESTRELAS QUE CAIRÃO SÃO UNGIDOS" ALTEREM PARA: NÃO TEMOS COMO SABER,CONFORME ENSINO ANTERIOR DO CGTJ.


Ao tecerem seus comentários para seus estudantes eletrônicos ou pregar as boas novas montados em jumentos pcs queiram ter em mente este anúncio .

Sem mais para o momento,

aceitem nossos sinceros votos de união cristã.

Corpo desgovernado tds

vasculhando as galáxias insondáveis em prol do Reino vicentiniano.



Wanderley Wandrey,

(Comissão de observação desde a lua,em companhia do pequeno
príncipe)

Ednilson Sacramento Silva disse...

CONSTRUÇAO DE UMA CASA cont.

O nosso amado irmão Paulo apontou o pecado de nossos irmãos Himeneu e Fileto, isto é, a blasfêmia.

Logo depois o nosso amado irmão Paulo apresentou o seu julgamento para um caso como este, revelando sua decisão judicial que deveria valer para todos os que o tivessem como uma autoridade.

Mas, irmão Paulo,o irmão não deveria seguir o teu Mestre Jesus??

O que o Mestre Jesus afirmou??


Tradução Brasileira (Mateus 7:1-2) 1 Não julgueis, para que não sejais julgados;
2 PORQUE com o juízo com que julgais, sereis julgados; e a medida de que usais, dessa usarão convosco.

Bem, o nosso amado irmão Paulo passou a ser juiz para os nossos irmãos Himeneu e Fileto, julgando-os e definindo uma decisão judicial.

Paulo infringiu assim a lei dada por Jeová e repetida por Jesus.

Paulo encontrou motivos plenamente válidos em sua mente para tomar esta atitude, no entanto, independente do motivo válido ou não, ele estava desobedecendo o mandamento.

Qual o mandamento que Paulo estava desobedecendo??
"Não julgueis" - Não te tornes um juiz para o teu próximo.

Uma coisa é bem interessante neste respeito.

Sempre precisa haver alguém que tenha cometido um real pecado à vista daquele que decida agir qual juiz.

Somente depois que a pessoa cometeu o pecado de adultério é que aparece um humano que se coloca na condição de juiz e passa a julgar tal humano, passando ao final a dar uma decisão judicial.

Mas o mandamento afirma: "Não julgueis".

Aquele que não cometeu pecado não é colocado no banco dos réus, apenas quem cometeu um pecado.

Paremos aqui um instante e perguntemos: O que deve fazer o humano que se tornou uma vítima??

O mandamento dado por Jeová e repetido por Jesus foi:
Tradução Brasileira (Mateus 5:38-39) 38 Tendes ouvido que foi dito: Olho por olho, e dente por dente.
39 Eu, porém, vos digo: Não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te dá na face direita, volta-lhe também a outra;

Não há dúvida: A vítima deve perdoar sempre. Perdoe, perdoe e perdoe.

A vítima que não perdoa está desobedecendo um mandamento do Pai.

Ora, ora, se a vítima deve perdoar, então para que serviria um julgamento e uma decisão judicial contra o agressor????

Revelaria ausência de perdão?????

Jesus completou a explicação do mandamento:
(Mateus 7:2) 2 pois, com o julgamento com que julgais, vós sereis julgados; e com a medida com que medis, medirão a vós.

Depois Jesus reexplica a questão do perdão em relação a este julgamento bumerangue.

Ele afirmou:
(Mateus 6:14-15) 14 Pois se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará;
15 mas se não perdoardes aos homens, tão pouco vosso Pai perdoará as vossas ofensas.

Bem, uma coisa ficou bem clara.
Nosso amado irmão Paulo cometeu o pecado de julgar outros discípulos do se Mestre Jesus e passou a sentenciá-los.

No último dia, Jesus conversará com Paulo sobre esta decisão tomada por ele (Paulo) em relação Himeneu e Fileto, discípulos que ele (Jesus) continuava amando, tanto quanto amava Paulo.

Jesus poderá apontar para o restante da explicação do mandamento de não julgar:
(Mateus 7:3-5) 3 Então, por que olhas para o argueiro no olho do teu irmão, mas não tomas em consideração a trave no teu próprio olho? 4 Ou, como podes dizer a teu irmão: ‘Permite-me tirar o argueiro do teu olho’, quando, eis que há uma trave no teu próprio olho? 5 Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu próprio olho, e depois verás claramente como tirar o argueiro do olho do teu irmão.

Anônimo disse...

Jesus usava maconha em curas e milagres ?

Um estudo publicado em uma revista especializada em relatar fatos ligados ao uso da maconha apresenta uma teoria curiosa. Jesus Cristo e seus apóstolos teriam usado maconha em curas e milagres. Antes que alguém comece a pensar besteiras, não, eles não utilizavam
a erva como alguma espécie de alucinógeno.
O estudo mostra que Jesus e os doze apóstolos usavam um óleo retirado da erva para praticar a cura, substância essa que era chamada de kaneh-bosem - link com alguma informação em inglês.

"A rede britânica BBC, que veiculou a informação, identifica a mistura de maconha usada por Cristo como o kaneh-bosem, extrato usado para curar enfermidades físicas e mentais. Os cientistas, que encontraram nas escrituras sagradas referências à utilização do kaneh-bosem, dizem que ao contrário de hoje, as propriedades medicinais da Cannabis sativa eram utilizadas por absorção através da pele.(Terra-Ciência) "

O curioso é que alguns pesquisadores, através de estudos lingüísticos feitos com a bíblia, constataram que a Cannabis sativa (Maconha) era o ingrediente principal de um óleo muito usado para tratar enfermidades na época. O que acaba dando força a teoria.

"Os doentes eram mergulhados na essência, que curava epilepsia, problemas na pele, nos olhos, ou até mesmo menstruais. "

Mesmo nos dias de hoje, em vários países, há vários medicamentos comercializados que usam adotam a maconha como principal ingrediente. Ao que parece, a erva possui mesmo certas propriedades medicinais, o problema é que o pessoal não anda usando da melhor forma.

Fonte:http://neuronioshiperativos.blogspot.com/2008/01/jesus-usava-maconha-em-curas-e-milagres.html


Fernando Galli

Anônimo disse...

Solange disse :

Fiquei muito curiosa para saber qual a Bíblia que que relata o uso da maconha na época de Jesus, pois a Bíblia que eu tenho e "USO" não relata curas e milagres através de nenhum óleo passado em feridas ou pessoas sendo imersas em tanques de óleo. As Curas relatadas na Bíblia que "Uso" são por imersão em rios,lagos, por fé e não maconha.
Vale lembrar que o óleo relatado na Bíblia é o Azeite que todos sabem é extraído da azeitona fruto da oliveira, se possível me informe qual Bíblia relata sobre esse assunto da maconha.
" PS. Uso a BÍBLIA todos os dias pois ela é o caminha da verdade e resposta para várias indagações do ser Humano"

Solange

Anônimo disse...

Acredito que a teoria seja verdadeira pois o oleo da semente de canhamo a muitos se usa na alimentação humana mas e isento de thc parte proibida da planta, então isso não seria um problema para os piseudos conservadores ao contrario do insenso do tabernaculo rico no principio ativo que era amplamente usado em rituais religiosos nos templos inclusive aqueles frequentados por Cristo.
Na biblia a relatos do (insenso do tabernaculo)

Fernando Galli

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Fernando Galli,
Que explicação humana existe em Jesus ter curado à distância???

Ednilson Sacramento Silva disse...

VAMOS MATAR LÁZARO E ACABAR COM A PROVA VIVA DE QUE JESUS RESSUSCITOU ESTE HOMEM.

Em lugar de render-se a uma prova incontestável como esta, aqueles que odiavam as palavras faladas por Jesus, palavras que afrontavam os ensinos violentos e intolerantes de Moisés, estes homens planejavam matar.

Cometeriam o pecado de matar um homem, somente para remover uma prova do poder de Jesus.

No entanto, como poderiam apagar a palavra já falada por Jesus e já gravada na mente de muitas pessoas que já começavam a questionar os violentos ensinos de Moisés??

O uso da violência por parte destes homens era uma real prova de que eles eram realmente discípulos de Moisés.
Basta que o discípulo seja igual a seu mestre........


Joka disse...

Seria bom se o A2 opinasse sobre Jesus usar a canabis nas curas milagosas,o cara é incontestável.
A2,o irmão tem algo a falar sobre esse estudo? gostaria de uma opinião mais aprofundada na bíblia.

Ednilson Sacramento Silva disse...

O INÍQUO - QUEM É ELE??
continuação........

O papel da imparcialidade.

Este é o mandamento de Jeová para mim.
Jeová resumiu uma de suas vontades neste mandamento.

Sabemos que o "mandamento" mostra ser uma solução que o Legislador dá aos legislados para que estes o usem para resolver problemas do dia a dia.

A imparcialidade é um dos mandamentos dados por Jeová para Moisés resolver os problemas do dia a dia daquela nação e para ensinar a como os membros individuais da nação resolvessem problemas do convívio no dia a dia.

Jeová expõe para Moisés a Sua vontade na forma de um mandamento.

Tradução Brasileira (Levítico 19:15) 15 Não farás INJUSTIÇA no juízo; não terás respeito à pessoa do pobre, nem honrarás a pessoa do poderoso; mas com JUSTIÇA julgarás o teu próximo.

Um mandamento simples e sábio.

Este mandamento define um relacionamento tendo por base a IMPARCIALIDADE.

Tratar igualmente; usar de isonomia....

O humano que pratica a injustiça é um iníquo, não é verdade??

O que Jeová pensa sobre isto??

(Ezequiel 18:5-9) 5 “‘E no que se refere ao homem, se ele veio a ser justo e tem praticado o juízo e a justiça;se não comeu nos montes e não elevou seus olhos para os ídolos sórdidos da casa de Israel, e não aviltou a esposa de seu companheiro, e não se chegou a uma mulher na sua impureza; 7 e se não maltratou a nenhum homem; se restituiu o penhor tomado pela dívida; se não arrebatou nada em roubo; se deu o seu próprio pão ao faminto e cobriu com roupa ao que estava nu; 8 se não deu nada em troca de juros e não tomou usura; se retirou sua mão da injustiça; SEe praticou a verdadeira justiça entre homem e homem;se tem andado nos meus estatutos e tem guardado as minhas decisões judiciais para praticar a verdade, ele é justo. Ele positivamente continuará a viver’, é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová.

O HOMEM JUSTO PRATICA VERDADEIRA JUSTIÇA ENTRE HOMEM E HOMEM - Ele atribui valores iguais para todas as pessoas. Ele atribui ao filho dele o mesmo valor que ele atribui ao filho do vizinho. O homem preto tem aos seus olhos, o mesmo valor que qualquer outro homem. A mulher tem aos seus olhos, o mesmo valor que ele atribui a qualquer homem.

Dando continuidade ao mesmo raciocínio, assim falou Jeová:

(Ezequiel 18:24) 24 “‘Ora, quando o justo recuar da sua justiça e realmente fizer injustiça; se estiver fazendo segundo TODAS as coisas detestáveis que o iníquo tem feito e estiver vivendo, não será lembrado nenhum dos seus atos justos que praticou. Por sua infidelidade que praticou e por seu pecado com que pecou, por estes é que morrerá.

Fazer QUALQUER uma das coisas detestáveis que o iníquo faz, leverá o justo a condição de iníquo.

"Justo" não é um cargo definitivo assim como "sacerdote".

Segundo Jeová, justo é a condição que chega aquele que não pratica NENHUMA das coisas detestáveis que o iníquo pratica.

Simples e sem excessões.

Simples e sem excessões, assim como a imparcialidade pede.

(Ezequiel 33:18) 18 “Quando o justo recuar da sua justiça e realmente fizer injustiça, então terá de morrer por tais [atos].

Simples e cristalina como a água.

O justo é aquele que não faz injustiça.
O que é injustiça?? Tudo aquilo que Jeová define como injustiça, afinal de contas, Ele é o único Legislador (de direito) para o humano. Legislador é aquele que cria as leis (mandamentos e decisões judiciais).

O Legislador define:
roubar é pecado.

pegar qualquer coisa que pertença ao próximo é pecado.

Saquear uma cidade é roubar?? Sim, independente de quem seja o saqueador. Trata-se de uma coisa detestável.
Enganar alguém é um pecado; mentir é pecado.
Independente de quem seja o enganado, o ato de mentir continua sendo um pecado, uma coisa detestável.
>>>>>>>>>>>>>>segue>>>>>>

Ednilson Sacramento Silva disse...

O INÍQUO - QUEM É ELE??
continuação........

O papel da imparcialidade.

continuação.....

Vamos colocar em prática aquele mandamento dado por Jeová para Moisés.

Jacó mentiu e enganou um homem cego, seu próprio pai.
O que Jacó mostrou ser??

Não esqueça a imparcialidade.

No caso Diná, os filhos de Jacó usaram o engano, mataram humanos que passaram a confiar neles e depois saquearam suas cidades e escravizaram mulheres e crianças.

O que mostraram ser estes homens??
Não esqueça a imparcialidade.

Muitos humanos, rotulam outros humanos de justos, embora as ações destes homens revele o oposto.

O humano que escraviza outro, independente de quem ele seja está cometendo uma iniquidade.
O escravo é usado para fazer trabalho forçado de escravo.

Agora analise esta informação histórica a respeito da nação santa.

(1 Reis 9:20-22) 20 Quanto a todo o povo que sobrara dos amorreus, dos hititas, dos perizeus, dos heveus e dos jebuseus, que não eram parte dos filhos de Israel, 21 seus filhos que sobraram depois deles no país, os quais os filhos de Israel não puderam devotar à destruição, a estes Salomão continuou a recrutar para trabalho forçado de escravos até o dia de hoje. 22 E a nenhum dos filhos de Israel constituiu Salomão em escravo; pois eram os guerreiros, e seus servos, e seus príncipes, e seus ajudantes-de-ordens, e os chefes dos seus condutores de carros e dos seus cavaleiros.. . .

Assim como o rei, os deste reino também eram escravagistas.

(1 Reis 2:39-40) 39 E sucedeu, ao fim de três anos, que dois escravos de Simei puseram-se a fugir para Aquis, filho de Maacá, rei de Gate; e pessoas vieram contar isso a Simei, dizendo: “Eis que os teus escravos estão em Gate.” 40 Simei levantou-se imediatamente e selou seu jumento, e foi a Gate, a Aquis, procurar seus escravos; depois, Simei foi e trouxe seus escravos de Gate.

Uma nação santa??

Qualquer um que use outros humanos para realizar serviços forçados de escravo revela estar praticando uma iniquidade.

Ele vê e trata o próximo como alguém que é inferior.

NÃO PODEMOS ESQUECER DA IMPARCIALIDADE.

O mandamento de Jeová é aquele que Ele mesmo usa para resolver problemas no dia a dia.

E por causa deles Eu tinha removido o amorreu........

Estas foram as palavras daquele que é a IMPARCIALIDADE em pessoa:

(Amós 2:9-10) 9 “‘Mas eu, por causa deles, tinha aniquilado o amorreu, cuja altura era como a altura dos cedros e que era vigoroso como as árvores maciças; e fui aniquilar seus frutos em cima e suas raízes embaixo. 10 E eu mesmo vos fiz subir da terra do Egito e vos fiz andar através do ermo por quarenta anos, para que tomásseis posse da terra do amorreu.. . .

AGIRAM PIOR DO QUE OS AMORREUS

(2 Reis 21:10-11) 10 E Jeová continuou a falar por meio dos seus servos, os profetas, dizendo: 11 “Visto que Manassés, rei de Judá, fez estas coisas detestáveis, ele agiu de modo mais iníquo DO QUE TODOS os amorreus antes dele, e passou a fazer até mesmo Judá pecar com os seus ídolos sórdidos. . .

O QUE JEOVÁ VIA??

Um povo que agia pior que todos os amorreus.

Embora fosse o povo amado, eram muito iníquos, mas que se achavam justos.

Anônimo disse...

Solange disse :

Olá A2 , vai fazer a vontade do joka?

se tiver como , fico agradecida , pois fiquei curiosa também .

Solange

Anônimo disse...

Não precisa ficar curiosa Solange , eu mesmo vou te ajudar , note o seguinte , Jesus utilizava os princípios ativos da maconha com finalidades medicinais - é o que diz um estudioso Chris Bennett que vem pesquisando usos e costumes da antigüidade partindo da análise dos textos bíblicos. Bennet concluiu que Jesus e seus discípulos usaram a substância em curas ditas miraculosas na forma de um ungüento cuja fórmula continha seis libras um ingrediente chamado "kanesh-bosem" que foi identificado por respeitados etimologistas, lingüístas, antropólogos e botânicos como um extrato de cannabis.
.
O "kanesh-bosem" era misturado com óleo de oliva e outras ervas aromáticas. Também o incenso queimado nas cerimônias religiosas tinha cannabis em sua composição. O professor de mitologia clássica da Boston University que há 30 anos investiga a história das substâncias psicoativas nas religiões, Carl P. Ruck, também acredita na hipótese: "Não há motivo para questionar o uso da maconha no judaísmo primitivo. Há evidências de uma longa tradição de consumo da cannabis entre os judeus primitivos e não há por que duvidar que a substância tenha sido usada também pelos cristãos na elaboração de ungüentos medicinais. O vinho consagrado dos sacerdotes era especialmente "aditivado" com ingredientes como o ópio e a mandrágora."

Fernando Galli

Anônimo disse...

Oi Solange ,tudo , olha eu aquí outra vez:

“E disse Deus: Produza a terra relva, ervas que dêem semente, e árvores frutíferas que, segundo as suas espécies, dêem fruto que tenha em si a sua semente, sobre a terra. E assim foi.
A terra, pois, produziu relva, ervas que davam semente segundo as suas espécies, e árvores que davam fruto que tinha em si a sua semente, segundo as suas espécies. E viu Deus que isso era bom. E foi a tarde e a manhã, o dia terceiro.”
Gênesis 1:11-13
Pois no terceiro dia Deus teria criado as plantas, e entre elas a Cannabis Sativa, erva esta que tem uma antiga história de uso ritual em religiões auxiliando seus usuários a transcender e ficarem mais próximos de Deus. Continuando nas escrituras sagradas do antigo testamento, há uma passagem no livro do Êxodo na qual Deus ensina a Moisés a receita para se criar o Óleo Sagrado para as unções.
"Disse mais o Senhor a Moisés:
Também toma das principais especiarias, da mais pura mirra quinhentos siclos, de canela aromática a metade, a saber, duzentos e cinqüenta siclos, de cálamo aromático duzentos e cinqüenta siclos, de cássia quinhentos siclos, segundo o siclo do santuário, e de azeite de oliveiras um him.
Disto farás um óleo sagrado para as unções, um perfume composto segundo a arte do perfumista; este será o óleo sagrado para as unções.”
Êxodo 30:22-25.

Fernando Galli

Anônimo disse...

cont...

Bem sabemos que as antigas escrituras vem do Hebráico e do Aramáico, e também que diversas das traduções possuem erros e/ou más interpretações dos textos originais que derivaram das primeiras traduções para o cristianismo, e neste trecho acima mencionado já conseguimos notar uma das traduções errôneas. Abaixo temos o original em Hebraico, do Êxodo 30:23.
כג וְאַתָּה קַח-לְךָ, בְּשָׂמִים רֹאשׁ, מָר-דְּרוֹר חֲמֵשׁ מֵאוֹת", וְקִנְּמָן-בֶּשֶׂם מַחֲצִיתוֹ חֲמִשִּׁים וּמָאתָיִם; וּקְנֵה-בֹשֶׂם,חֲמִשִּׁים וּמָאתָיִם."
As palavras grifadas em negrito são lidas Kaneh Bosm (קְנֵה-בֹשֶׂם) o que foi traduzido erroneamente dos textos da Septuangita como Cálamo Aromático. Estudos etimológicos argumentam que a palavra acima deriva do Aramaico KANNABOS que é inclusive um cognato da nossa "moderna" palavra Cannabis, sendo que a base kan dessa palavra significa cânhamo ou cana e bosm significava fragrância.
Fato é que tanto a maconha como o cálamo aromático são plantas que exalam forte fragrância, se assemelham ao gênero das Canáceas em geral devido a suas folhas e flores, e ambas possuem componentes psicoativos. Vale lembrar que em tempos antigos a Cannabis foi um grande problema para os botânicos, que não sabiam como classificá-la; e apesar de hoje as plantas das espécies de Cannabis serem consideradas como uma família a parte, a das Cannabaceae, a Cannabis já foi considerada membro da família das Cannaceae(Canáceas) das Urticaceae(urtigas) e também membro da família Moraceae(figos), fato histórico este que explica por que em tempos bíblicos facilmente se confundia cânhamo com cana. E mesmo que o uso psicoativo da Cannabis não seja aceito universalmente entre escolásticos Judeus, é consenso geral que a Cannabis é mencionada em fontes Talmúdicas referindo-se a fibras de cânhamo, que na época era uma commodity vital, antes de ser substituída pelo linho.
Este mesmo óleo sagrado para as unções contendo Cannabis, era utilizado pelos sacerdotes do começo do Cristianismo, especialmente antes da Grande Cisma do Oriente, no processo de batismo, o que confirmava o perdão dos pecados e o direito de passagem ao reino dos céus. E em especial este óleo era usado na Crisma, que em tempos antigos era um ritual essencial para se tornar Cristão.
A segunda aparição da nossa Kaneh na Bíblia, se faz no Cântico dos Cânticos, uma das mais belas passagens do antigo testamento. Neste livro, contado pelo Rei Salomão, Kaneh é mencionada quando ele descreve sua "noiva", e como bem sabemos os efeitos psicoativos da Cannabis só provém das plantas fêmeas da espécie.
"Vem comigo do Líbano, noiva minha, vem comigo do Líbano. Olha desde o cume de Amana, desde o cume de Senir e de Hermom, desde os covis dos leões, desde os montes dos leopardos. Enlevaste-me o coração, minha irmã, noiva minha; enlevaste-me o coração com um dos teus olhares, com um dos colares do teu pescoço. Quão doce é o teu amor, minha irmã, noiva minha! quanto melhor é o teu amor do que o vinho! e o aroma dos teus ungüentos do que o de toda sorte de especiarias! Os teus lábios destilam o mel, noiva minha; mel e leite estão debaixo da tua língua, e o cheiro dos teus vestidos é como o cheiro do Líbano. Jardim fechado é minha irmã, minha noiva, sim, jardim fechado, fonte selada. Os teus renovos são um pomar de romãs, com frutos excelentes; a hena juntamente com nardo, e o açafrão, o cálamo, e a canela, com toda sorte de árvores de incenso; a mirra e o aloés, com todas as principais especiarias."
Cântico dos Cânticos 4:8-14

Fernando Galli

Anônimo disse...

cont....

Novamente aqui reparamos na menção ao cálamo, e novamente tomo textos originais para uma referência cruzada
יד נֵרְדְּ וְכַרְכֹּם, קְנֵה וְקִנָּמוֹן, עִם, כָּל-עֲצֵי לְבוֹנָה";
"מֹר, וַאֲהָלוֹת, עִם, כָּל-רָאשֵׁי בְשָׂמִים.
Cântico dos Cânticos 4:14
Reparem que aqui foi utilizada somente a palavra Kaneh, sem o seu sufixo Bosm (fragrância), o que de fato deixa mais evidente o uso da Cannabis como planta nos textos antigos.
A próxima referência vem do livro de Isaías, o profeta a quem é atribuída a previsão da chegada de Jesus. Neste trecho podemos perceber a utilização do termo cana na tradução, seguida de seu original abaixo. E nesse texto percebemos que Deus está reprimindo os Israelitas por, entre outras coisas, por não estarem lhe fornecendo a erva sagrada apropriadamente.
“Não me compraste por dinheiro cana aromática, nem com a gordura dos teus sacrifícios me satisfizeste; mas me deste trabalho com os teus pecados, e me cansaste com as tuas iniqüidades.”
כד לֹא-קָנִיתָ לִּי בַכֶּסֶף קְנֵה-בֹשֶׂם, וְחֵלֶב זְבָחֶיךָ לֹא" הִרְוִיתָנִי; אַךְ, הֶעֱבַדְתַּנִי בְּחַטֹּאותֶיךָ, הוֹגַעְתַּנִי,
"בַּעֲו‍ֹנֹתֶיךָ.
Isaías 43:24

Outra passagem em Isaías demonstra que previamente o apetite de Deus era controlado e nesses momentos "a casa se enchia de fumaça".
“E as bases dos limiares moveram-se à voz do que clamava, e a casa se enchia de fumaça.
Então disse eu: Ai de mim! pois estou perdido; porque sou homem de lábios impuros, e habito no meio dum povo de impuros lábios; e os meus olhos viram o rei, o Senhor dos exércitos! Então voou para mim um dos serafins, trazendo na mão um carvão aceso, que tirara do altar com uma tenaz;
e com a brasa tocou-me a boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniqüidade foi tirada, e purgado teu pecado.”
Isaías 6:4-7
Povos antigos acreditavam que plantas psicoativas eram portais vivos para outros mundos, e as viam como Anjos. O equivalente de Anjo no Hebraico bíblico na verdade significa mensageiro. Antigos rituais xamânicos do oriente médio geralmente envolviam o uso de fantasias aladas para representar a caminhada entre dois planos, e em seus rituais era comum o uso de Cannabis, Mandrágora e Amanita Muscaria, entre outros.
Serafim se traduz como "bebedor de fumaça", e para quem tem familiaridade com o Haxixe sabe que sua maneira de queimar é semelhante à de um carvão ou a de um incenso. Existem mais algumas referências na Bíblia, a nossa sagrada Kaneh, mas essas próximas menções tem histórias tão complexas por trás, que é melhor deixar elas pra uma próxima visita a santa igreja.

E aí joka será q1ue o A2 faz melhor?

Fernando Galli

Ednilson Sacramento Silva disse...

Meu amado irmão Fernando Galli -
Tua palavra inicial foi decisiva para a minha fé, muito obrigado.

"Bennet CONCLUIU QUE Jesus e seus discípulos usaram a substância em curas"

BENNET CONCLUIU QUE.....

AAISSMMAANN CONCLUIU QUE....

Paulo concluiu que.....

Assim concluímos que....

Tudo leva a crer que.......

O "escravo" que afirma ser fiel e discreto CONCLUIU QUE.....

O espírito santo e nós mesmos concluímos que.... (pareceu bem ao espírito santo e a nós mesmos)

O que todos os humanos acima fizeram??
ELES PRESUMIRAM.

O que é presumir??

O dicionário Houaiss assim descreve

presumir
v. (sXIII) 1 t.d. tirar uma conclusão antecipada, baseada em indícios e suposições, e não em fatos comprovados; conjecturar, supor [p. o melhor para todos] 2 t.d. supor antecipadamente; prever, pressupor, achar 3 t.d. m.q. pressupor ('fazer supor') 4 t.d. desconfiar de; suspeitar 5 t.d. formar ideia sem base real; imaginar, pensar, supor 6 t.i. e pron. ter presunção ou vaidade; vangloriar(-se) [p.(-se) de intelectual] ¤ etim lat. praesúmo,is,praesumpsi,praesumptum,ère 'tomar antes do tempo, fazer juízo antecipado, conjecturar, suspeitar, julgar, presumir' ¤ sin/var ver sinonímia de achar


Os humanos presumiam que a terra não podia ser redonda.
Apresentavam suas razões lógicas e suas conclusões lógicas.
Os indícios apontam para....

Isto é muito normal e natural do ser humano, isto é nós. Isto tem a ver com a nossa formação.

Vejamos o que o Pai afirmou a respeito de Efraim, Seu amado filho composto de milhares de humanos.
(Jeremias 31:18-19) 18 “Ouvi positivamente Efraim lastimar-se: ‘Corrigiste-me, para que eu ficasse corrigido, como o bezerro que não foi treinado. Faze-me voltar e eu voltarei prontamente, porque tu és Jeová, meu Deus. 19 Pois, após a minha volta senti lástima; e depois que se me fez saber bati na coxa. Fiquei envergonhado e senti-me também humilhado, porque eu levara o vitupério da minha mocidade.’”


Assim reza na Tradução Brasileira:

(Jeremias 31:18-19) 18 Na verdade ouvi a Efraim queixando-se e dizendo: Castigaste-me, e sofri o castigo como novilho ainda não domado. Converte-me, e serei convertido; pois tu és Jeová, meu Deus.
19 Certamente depois que me converti, arrependi-me; depois que fui instruído, bati na coxa. Fiquei envergonhado e confundido, porque suportei o opróbrio da minha mocidade.

, BATI NA COXA.

Depois de instruído ele diz a si mesmo: Como não percebi isto antes??

Cada ser humano deve estar ciente disto em relação a si mesmo e a TUDO o ele passa a aprender.

O somatório das informações que ele tiver no seu cérebro o farão chegar a uma CONCLUSÃO.

No entanto, isto não significa que ele tenha encontrado a verdade sobre aquele assunto.

Basta uma informação errada e todas as conclusões que cruzem com aquela informação deturpada, o levarão a uma conclusão deturpada.

USAR A CONCLUSÃO DE OUTRO HUMANO PARA FORMAR NOVAS CONCLUSÕES - Isto pode levar o humano a um círculo vicioso de conclusões erradas.

Se este humano confiar em seu pai, sua mãe, um amigo, um sacerdote, um anjo ou um livro como sendo infalível nas informações que este lhe passou, ele nunca sairá sozinho deste círculo vicioso.

Ednilson Sacramento Silva disse...

O PAI AFIRMA EM RELAÇÃO ÀS FOLHAS DAS ÁRVORES -

(Revelação 22:1-2) 22 E ele me mostrou um rio de água da vida, límpido como cristal, correndo desde o trono de Deus e do Cordeiro, 2 pelo meio de sua rua larga. E deste lado do rio e daquele lado [havia] árvores da vida, produzindo doze safras de frutos, dando os seus frutos cada mês. E as folhas das árvores [eram] para a cura das nações.

E AS FOLHAS DAS ÁRVORES ERAM PARA A CURA DAS NAÇÕES.

Esta é uma informação dada pelo Pai para o humano.

O humano já tem usado as folhas das árvores para a cura de muitos males físicos.

Isto é uma informação.

Requer aprender a relação entre as folhas e o bem que elas fazem ao humano.

O humano foi criado depois das plantas. Jeová foi o criador das plantas. Isto é interessante, não é??

Ligar esta informação e misturá-la com as ações de Jesus é o mesmo que querer atribuir a Jesus o mesmo olhar que o homem do século XX tem em relação a uma mulher.

Os humanos "justos" tinham uma visão em relação ao iníquo - tratava-se de alguem nojento, repulsivo a ser separado, odiado e morto.

A visão de Jesus deste mesmo iníquo era uma visão de um médico plenamente sabedor da doença deste humano. Jesus buscava este doente, objetivando curá-lo.

Um médico nunca deve ter nojo do paciente.

Anônimo disse...

Olá amado irmão Sacramento , me diga o que tu "concluiste" em relação á conspiração referente á tradução da palavra "kadesh bosem " ser traduzido por canhamo ou calamo, e quanto á questão do linho fino que os sacerdotes usavam citado várias vezes nas escrituras sejam de fato cannabis e que os mesmos não podiam aparecer na frente de jah sem ele senão os morreriam ?

Fernando Galli

Apóstolo TDS disse...

Muito bom, irmão Sacramento. O irmão 'não falou isso de sua própria iniciativa, mas pelo "espírito dos Deuses santos".' - Daniel 4:8.

O teu progresso espiritual aqui tem sido essencial para o enriquecimento de nossa fé.

Apóstolo TDS

Ednilson Sacramento Silva disse...

QUAL É O TEU SENTIMENTO PELO INÍQUO??

Sentimento é algo pessoal e intransferível. O sentimento pode ser copiado.

Jeová falou: Façamos o homem à nossa imagem e semelhança.

Como um humano pode copiar o sentimento do seu pai para tornar-se um com seu pai??

Será que basta um comando "copíar" e logo após um comando "colar"??

Que visão tinha Jesus do homem iníquo??

(Mateus 9:10-13) 10 Mais tarde, enquanto estava recostado à mesa, na casa, eis que vieram muitos cobradores de impostos e pecadores, e começaram a recostar-se com Jesus e seus discípulos. 11 Vendo isso, porém, os fariseus começaram a dizer aos discípulos dele: “Por que é que o vosso instrutor come com os cobradores de impostos e os pecadores?” 12 Ouvindo-os, ele disse: “As pessoas com saúde não precisam de médico, mas sim os enfermos. 13 Ide, pois, e aprendei o que significa: ‘Misericórdia quero, e não sacrifício.’ Pois eu não vim chamar os que são justos, mas pecadores.”

Mateus, os demais cobradores de impostos (desonestos), as prostitutas, os adúlteros, os idólatras, os hipócritas e todos os demais pecadores - o que o olho de Jesus via??

Que sentimento tinha Jesus por tais iníquos com os quais ele convivia todos os dias, o dia inteiro??

(Mateus 9:13) 13 Ide, pois, e aprendei o que significa: ‘Misericórdia quero, e não sacrifício.’ Pois eu não vim chamar os que são justos, mas pecadores.”

O médico vê o doente, sente misericórdia dele, vai atrás dele. Para que?? Para curá-lo.

O iníquo é um homem doente que necessita ser curado.

Jesus sentia misericórdia do iníquo.

Eu e o Pai somos um - afirmou Jesus.

O Pai fazia o mesmo e Jesus copiava as ações do Pai.
O Pai buscava os iníquos e ficava perto deles visando curá-los.

Agora veja o que o humano pensa sobre o que Jeová deve sentie pelo iníquo:

(Jó 27:13-23) 13 Este é o quinhão do homem iníquo, da parte de Deus; E a herança dos tiranos, eles receberão do próprio Todo-poderoso. 14 Se os seus filhos se tornarem muitos, será para a espada; E seus próprios descendentes não terão bastante alimento. 15 Seus próprios sobreviventes serão enterrados durante uma praga mortífera, E as próprias viúvas deles não chorarão. 16 Se ele amontoasse prata como o próprio pó E preparasse vestuário como se fosse barro, 17 Ele prepararia, mas o justo seria quem se vestiria, E o inocente partilharia na prata. 18 Construiu a sua casa como alguma traça, E como a guarita construída pela sentinela. 19 Deitar-se-á rico, mas nada será ajuntado; Abre os olhos, mas não há nada. 20 Quais águas o alcançarão terrores repentinos; Durante a noite o furtará um tufão. 21 Um vento oriental carregará com ele e ele se irá, E de roldão o levará do seu lugar. 22 E lançar-se-á sobre ele e não terá compaixão; E ele, sem falta, tentará fugir do seu poder. 23 Bater-se-ão palmas contra ele E assobiar-se-á contra ele do seu lugar.


Maldades e mais maldades, inimizade duradoura, inexistência de compaixão para os iníquos e para os filhos dos iníquos???

Qual é o verdadeiro Pai?? Jesus afirmou ser um com o Pai.
Certamente não foi com este descrito por Jó.

O sentimento de Jesus foi revelado de forma prática, assim como o relacionamento de Jeová com os iníquos.

Os iníquos tê odiado e desprezado os iníquos.
O Justo Jesus mostrou qual é o verdadeiro sentimento que se deve ter pelo iníquo.

OS VERDADEIROS MÉDICOS SEMPRE SENTIRÃO MISERICÓRDIA PELO INÍQUO E NUNCA SENTIRÃO DESPREZO PELO INÍQUO.

Anônimo disse...

discussão interminável?

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Fernado Galli -
Tu me perguntates:

Olá amado irmão Sacramento , me diga o que tu "concluiste" em relação á conspiração referente á tradução da palavra "kadesh bosem " ser traduzido por canhamo ou calamo, e quanto á questão do linho fino que os sacerdotes usavam citado várias vezes nas escrituras sejam de fato cannabis e que os mesmos não podiam aparecer na frente de jah sem ele senão os morreriam ?

Fernando Galli

Minha resposta deveria se algo proveniente da minha observação.

No entanto, torno minhas as palavras de Jeová em relação a atuação de nós humanos em relação ao manuseio das coisas sagradas:

(Ageu 2:10-14) . . .: 11 “Assim disse Jeová dos exércitos: ‘Por favor, pergunta aos sacerdotes a respeito [da] lei, dizendo: 12 “Se um homem levar carne sagrada na aba da sua veste e ele realmente tocar com a [aba da] sua veste em pão, ou cozido, ou vinho, ou azeite, ou em qualquer tipo de alimento, tornar-se-á este santo?”’” E os sacerdotes passaram a responder e a dizer: “Não!” 13 E Ageu prosseguiu, dizendo: “Se alguém que ficou impuro por uma alma falecida tocar em alguma destas coisas, tornar-se-á ela impura?” Os sacerdotes, por sua vez, responderam e disseram: “Tornar-se-á impura.” 14 Concordemente, Ageu respondeu e disse: “‘Assim é este povo e assim é esta nação diante de mim’, é a pronunciação de Jeová, ‘e assim é TODO o trabalho das suas mãos e TUDO o que apresentam ali. É IMPURO.’

Jeová observava o humano e informava ao humano sobre o seu próprio comportamento.

Neste caso, eu apenas estou usando esta informação dada por Jeová como base para tecer um comentário sobre o que me perguntaste.

Em adição a esta informação de Jeová sobre nossas ações, podemos ver esta outra:

Tradução Brasileira (Jeremias 8:8-9) Como dizeis: Nós somos sábios, e a lei de Jeová está conosco? Mas, na verdade, eis que a falsa pena dos escribas a converteu em mentira.
9 Os sábios são envergonhados, espantados e presos; rejeitaram a palavra de Jeová, e que sabedoria é essa que eles têm?

Faziam-se tais violências contra a "Escritura"????

Sim faziam-se.

Estes humanos colocavam sua sabedoria ali.

O que Jeová fazia??
Esperava pacientemente.

Porque???

Porque esta sabedoria ali registrada precisava ser provada como sabedoria humana.
Na verdade, havia uma guerra de sabedorias.

Veja, meu amado irmão Fernando Galli, onde está o erro original em relação a esta ou aquela palavra que foi traduzida ou modificada ainda no original??

Este original é original em relação a que??
O que a corrente do tempo testemunhou em relação a traduções e traduções de traduções??

Acusações e defesas; mudanças e mudanças das mudanças anteriormente feitas.

Em face da resposta a esta pergunta acima, precisamos SABER IDENTIFICAR a palavra saída da boca de Jeová, exatemente como precisamos SABER IDENTIFICAR a palavra saída da boca de Jesus.

Minhas ovelhas conhecem a minha voz...

Cada um de nós deve buscar desenvolver a correta forma de identificar a palavra saída da boca de Jeová.

Jesus sabia identificar.
Ele mostrou para nós como se faz através de seu exemplo prático no diálogo que teve com o Diabo.

Ednilson Sacramento Silva disse...

FALAMOS MUITO E DE FORMA AGRADÁVEL - daquilo que amamos falar.

Entra ano e sai ano e as discusões sobre futebol, moda, fim do mundo e outras, não param.

Anônimo disse...

obrigado!
então, eu vou falar
que tipo de religião que você é / ou acreditar?

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 209   Recentes› Mais recentes»